Filmes por gênero

CINQUENTA TONS DE CINZA (2015)

Fifty Shades of Grey
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: 50 Sombras de Grey (México)
Cincuenta sombras de Grey (Espanha, Argentina)
Cinquanta sfumature di grigio (Itália)
Cinquante nuances de Grey (França, Canadá)
Pięćdziesiąt twarzy Greya (Polônia)
Пятьдесят оттенков серого (Rússia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Romance, Suspense
Direção: Sam Taylor-Johnson
Roteiro: Kelly Marcel
Produção: Dana Brunetti, Michael De Luca, E.L. James, Jeb Brody
Design Produção: David Wasco
Música Original: Danny Elfman
Direção Musical: Dana Sano, Celeste Chada, Pete Anthony
Fotografia: Seamus McGarvey
Edição: Anne V. Coates, Lisa Gunning, Debra Neil-Fisher
Direção de Arte: Laurel Bergman, Michael Diner, Tom Reta
Figurino: Mark Bridges
Guarda-Roupa: Dawn Climie, Barbara Inglehart, Kurtis Reeves e outros
Maquiagem: Sandy Lindala, Victoria Down, Naomi Bakstad, Toby Lindala
Efeitos Sonoros: Kelly Oxford, Matteo Marciano, Becky Sullivan e outros
Efeitos Especiais: Alex Burdett, Alok Ogale, Chris Hatchwell
Efeitos Visuais: Janelle M. Bell, Lara Berners, Ann Chow e outros
Nota: 4.7
Filme Assistido em: 2015

Elenco

Dakota Johnson Anastasia Steele
Jamie Dornan Christian Grey
Jennifer Ehle Carla
Eloise Mumford Kate
Victor Rasuk José
Luke Grimes Elliot Grey
Marcia Gay Harden Sra. Grey
Rita Ora Mia Grey
Max Martini Taylor
Callum Keith Rennie Ray
Andrew Airlie Sr. Grey
Dylan Neal Bob
Elliat Albrecht Olivia
Rachel Skarsten Andrea
Emily Fonda Martina
Anthony Konechny Paul Clayton
Bruce Dawson Sr. Clayton
Tom Butler Presidente da Universidade de WSU
Chris Shields Professor da Universidade
Anne Marie DeLuise Dra. Greene

Prêmios

Prêmios Internacionais do Cinema Online

Prêmio de Melhor Canção Original (Max Martin, Savan Kotecha, Ali Payami, Ilya Salmanzadeh)

Prêmios Yoga, Espanha

Prêmio Yoga de Pior Filme Estrangeiro (Sam Taylor-Johnson)

Prêmios Razzie, Los Angeles, California, Estados Unidos

Prêmio Razzie de Pior Filme

Prêmio Razzie de Pior Ator (Jamie Dornan)

Prêmio Razzie de Pior Atriz (Dakota Johnson)

Prêmio Razzie de Pior Roteiro (Kelly Marcel)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Canção Original (Canção: "Earned It")

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Canção Original (Max Martin, Savan Kotecha, Ali Payami, Ilya Salmanzadeh)

Prêmios Black Reel, Washington, USA

Prêmio Black Reel de Melhor Canção Original (Canção: "Earned It")

Prêmios Gold Derby

Prêmio Gold Derby de Melhor Canção (Max Martin, Savan Kotecha, Ali Payami, Ilya Salmanzadeh)

Prêmios Golden Schmoes

Prêmio de Pior Filme do Ano

Prêmios Grammy, EUA

Grammy de Melhor Album da Trilha Sonora de um Filme

Grammy de Melhor Canção Escrita para um Filme, Televisão ou Outra Mídia Visual ((Canção: "Love Me Like You Do") )

Sociedade dos Críticos de Cinema de Houston, EUA

Prêmio de Melhor Canção Original ((Canção: "Love Me Like You Do") )

Prêmios Satellite, Los Angeles

Prêmio Golden Satellite de Melhor Canção Original ((Canção: "Love Me Like You Do") )

Críticos de Cinema de Seattle, USA

Prêmio de Melhor Canção Original (Canção: "Earned It")

Prêmios Razzie, Los Angeles, California, Estados Unidos

Prêmio Razzie de Pior Direção (Sam Taylor-Johnson)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Anastasia Steele é uma estudante de literatura da Universidade do Estado de Washington. Quando sua companheira de quarto, Kate Kavanagh, fica doente e não consegue ir à Seattle para entrevistar, para o jornal da Faculdade, o rico empresário de 27 anos, Christian Grey, ela concorda em ir em seu lugar.

Christian se mostra interessado nela e, logo depois, visita a loja de ferragens onde ela trabalha. Na ocasião, ele concorda com o pedido de Anastasia para uma sessão de fotos, que deverão fazer parte da entrevista. Tiradas as fotos, ele a convida para tomar um café, mas a deixa abruptamente, deixando-a confusa.

Ao terminarem as provas na Faculdade, quando Anastasia e sua colega Kate se preparam para comemorarem em um Bar, ela recebe um presente de Christian. Trata-se das primeiras edições do romance “Tess of the d'Urbervilles’, de Thomas Hardy. Horas depois, no Bar, após beber bastante, Anastasia liga espontaneamente para Christian que, preocupado, vai até o local para encontrá-la.

Ele chega ao Bar no exato momento em que Anastasia está sendo assediada por um colega, José. Ele a defende do assédio e a leva para casa, passando a cuidar dela. Na manhã seguinte, ela acorda no quarto do hotel de Christian e fica aliviada quando ele lhe diz que não fizeram sexo. Os dois passam a se ver com freqüência e, dias depois, ela assina um acordo que a impede de revelar qualquer coisa sobre o relacionamento deles. Na ocasião, ele comenta que só tem relações no estilo “bondage”, um tipo específico de fetiche, geralmente relacionado com sadomasoquismo, em que ele é o dominador e as mulheres com as quais se relaciona são submissas. Na ocasião, Anastasia revela que ainda é virgem, deixando-o estupefato e indeciso.

Enquanto ela ainda está considerando o acordo e negociando seus termos, os dois iniciam um relacionamento que inclui algumas das práticas com as quais Christian está acostumado. Ele a presenteia com um carro novo e, pouco tempo depois, com um laptop.

Após se mudar para Seattle com Kate, Anastasia fica mais perto de Christian e os dois passam a se encontrar com uma maior freqüência. Certa noite, ela o acompanha em uma visita aos pais dele e, durante o jantar, quando ela menciona que viajará no dia seguinte para visitar sua mãe, na Geórgia, ele fica enfurecido por ela não ter lhe contado sobre a viagem.

Pouco tempo depois de chegar à casa de sua mãe, Anastasia fica chocada quando ele chega inesperadamente para tomar satisfações. No entanto, ele não demora por ser obrigado a retornar à Seattle, em face de uma emergência.

Dias depois de voltar para casa, Ana continua a ver Christian, mas este se mostra interessado apenas em um relacionamento baseado em sexo. Inicialmente, ela concorda, mas se mostra perturbada por vê-lo emocionalmente distante. Num esforço para tentar compreendê-lo, ela lhe pergunta como ele gostaria de puni-la por violação do acordo firmado por eles. Como resposta, ele bate seis vezes nela com um cinto, deixando-a extremamente chocada e decepcionada.

Percebendo que a relação deles está longe de atender suas expectativas, Anastasia, finalmente, conclui que ele não é a pessoa que ela deseja para si, desistindo de tentar compreendê-lo e se afastando definitivamente dele.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Sam Taylor-Johnson, a partir de um roteiro escrito por Kelly Marcel, “Cinquenta Tons de Cinza” é um filme produzido pelas empresas Focus Features, Michael De Luca Productions e Trigger Street Productions em 2015. Sua trama, baseada num livro de E.L. James, se mostra frágil ao desenvolver uma relação abusiva, mascarada de romance com um forte apelo erótico. Tal fato se agrava, ainda mais, com a completa falta de química entre os atores principais, Dakota Johnson e Jamie Dornan.

Enfim, como ponto positivo, eu citaria apenas sua trilha sonora, com mais de vinte belas músicas, duas ganhadoras de diversos prêmios, além de contar com “Prelúdio, Opus 28, nº 4, de Frédéric Chopin.

CAA