Filmes por gênero

RACHEL, RACHEL (1968)

Rachel, Rachel
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Raquel, Raquel (Portugal, Espanha)
La prima volta di Jennifer (Itália)
Die Liebe eines Sommers (Alemanha)
Rachelo, Rachelo (Polônia)
Rachel, Rachel - haluan rakastaa (Finlândia)
Rachel, Rachel - en jomfru på 35 (Dinamarca)
Рэйчел, Рэйчел (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Romance
Direção: Paul Newman
Roteiro: Stewart Stern
Produção: Paul Newman
Música Original: Jerome Moross
Direção Musical: Jerome Moross
Fotografia: Gayne Rescher
Edição: Dede Allen
Direção de Arte: Robert Gundlach
Figurino: Domingo A. Rodriguez
Guarda-Roupa: Bev Langer
Maquiagem: Robert Philippe
Efeitos Sonoros: Jack C. Jacobsen, Alan Heim, Dick Vorisek
Nota: 9.0
Filme Assistido em: 1969

Elenco

Joanne Woodward Rachel Cameron
James Olson Nick Kazlik
Kate Harrington Sra. Cameron
Estelle Parsons Calla Mackie
Terry Kiser Pregador
Geraldine Fitzgerald Reverenda Wood
Donald Moffat Niall Cameron
Frank Corsaro Hector Jonas
Bernard Barrow Leighton Siddley
Nell Potts Rachel, quando criança
Tod Engle Nick, quando criança
Shawn Campbell James
Violet Dunn Verla
Beatrice Pons Florence
Dortha Duckworth Mae
Bruno Engler Barman
Connie Robinson .
Sylvia Shipman .
Larry Fredericks .

Prêmios

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Direção (Paul Newman)

Prêmio de Melhor Atriz em um Drama (Joanne Woodward)

Círculo dos Críticos de Cinema de Kansas City, USA

Prêmio de Melhor Atriz (Joanne Woodward)

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante (Estelle Parsons)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Atriz (Joanne Woodward)

Prêmio de Melhor Direção (Paul Newman)

National Board of Review, USA

Prêmio NBR dos 10 Melhores Filmes

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Atriz (Joanne Woodward)

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Estelle Parsons)

Oscar de Melhor Roteiro Adaptado (Stewart Stern)

Oscar de Melhor Filme (Paul Newman)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Atriz (Joanne Woodward)

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Paul Newman)

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Atriz em um Drama (Joanne Woodward)

Sociedade Nacional dos Críticos de Cinema dos Estados Unidos

Prêmio de Melhor Atriz (Joanne Woodward)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Roteiro de um Drama Americano (Stewart Stern )

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Rachel Cameron, uma professora solteirona de 35 anos, acha que sua vida não tem sentido. Ela mora em uma pequena cidade da Nova Inglaterra, com sua mãe viúva, em um apartamento em cima da funerária que pertenceu ao seu pai. Assombrada com lembranças de sua infância, quando seu pai era um agente funerário, ela passa seus dias cuidando de sua mãe e trabalhando com as crianças da escola.

Sua amiga mais próxima é Calla Mackie, outra professora solteira que a convence a participar de uma reunião liderada pela reverenda Wood. Lá, para espanto de Rachel, todas as suas frustrações reprimidas são liberadas quando um pregador visitante a incita a expressar tais emoções. Apesar de um esgotamento nervoso e de sua repulsa ao amor lésbico de Calla, Rachel percebe que só se expondo à vida poderá experimentá-lo.

Ela, assim, se entrega a um ex-colega do colégio, Nick Kazlik, que se encontra na cidade para uma visita aos seus pais. Confundindo seu primeiro encontro sexual com amor, ela fantasia sobre um futuro com Nick. Suas esperanças, no entanto, são perdidas quando Nick, desencorajado por sua seriedade, termina abruptamente o caso. Pouco tempo depois, Rachel descobre que pode estar grávida. Determinada a aceitar as consequências de suas ações, ela decide ir embora e ter o filho.

Depois que Calla a ajuda a encontrar um emprego como professora, no Oregon, Rachel descobre que sua esperada gravidez é apenas um cisto que exige uma pequena cirurgia. Embora se mostre desapontada com sua perda, seu novo respeito por si mesma permanece, e ela decide se mudar para o Oregon. Quando ela viaja com sua mãe, um tanto relutante, ela especula sobre o que o futuro pode lhe reservar.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Paul Newman, a partir de um roteiro escrito por Stewart Stern, ”Rachel, Rachel” é um filme norte-americano produzido pela Kayos Productions em 1968. Sua trama, baseada no romance “A Jest of God”, de Margaret Laurence, chama a atenção para o fato de, em 1968, ser abordado o tema do lesbianismo, embora rapidamente.

Estreando como diretor, Newman realiza um excelente trabalho ao dirigir sua esposa, Joanne Woodward, no papel de Rachel Cameron, uma professora solteirona de 35 anos. Por outro lado, embora não tenha sido indicada a qualquer premiação, a fotografia assinada por Gayne Rescher é de muito boa qualidade.

No elenco, Joanne Woodward brilha no papel de Rachel Cameron, seguida pelas boas atuações de Estelle Parsons e James Olson.

CAA