Filmes por gênero

REFÉM DO SILÊNCIO (2001)

Don't say a word
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Pas un mot... (França)
Ne dites rien (Canadá francês)
Ni una palabra (Espanha, Argentina)
Sag' kein Wort (Alemanha)
Nem uma palavra (Portugal)
Pais: Estados Unidos, Austrália
Gênero: Suspense, Crime
Direção: Gary Fleder
Roteiro: Patrick Smith Kelly, Anthony Peckham
Produção: Anne Kopelson, Arnold Kopelson, Arnon Milchan
Design Produção: Nelson Coates
Música Original: Mark Isham
Direção Musical: Peter Afterman
Fotografia: Amir M. Mokri
Edição: William Steinkamp, Armen Minasian
Direção de Arte: Dennis Davenport
Figurino: Ellen Mirojnick
Guarda-Roupa: Fran Allgood, Cori Burchell, Lisa R. Frucht e outros
Maquiagem: Linda Dowds, Tricia Sawyer
Efeitos Sonoros: Leonel Pedraza, Wylie Stateman, Brian Miksis e outros
Efeitos Especiais: Bob Hall, Steven Kirshoff, Ted Ross e outros
Efeitos Visuais: Matthew Gratzner, Ian Hunter, David Sanger e outros
Nota: 6.5
Filme Assistido em: 2003

Elenco

Michael Douglas Dr. Nathan R. Conrad
Sean Bean Patrick Koster
Brittany Murphy Elisabeth Burrows
Skye McCole Bartusiak Jessie Conrad
Guy Torry Dolen
Jennifer Esposito Detetive Sandra Cassidy
Victor Argo Sydney Simon
Oliver Platt Dr. Louis Sachs
Shawn Doyle Russel Maddox
Famke Janssen Aggie Conrad
Conrad Goode Max
Paul Schulze Jake
Lance Reddick Arnie
Aidan Devine Leon Edward Croft
Alex Campbell Jonathan
Judy Sinclair Zelda Sinclair
Daniel Kash Detetive Garcia
Lucie Laurier Vanessa
Isabella Fink Elisabeth, aos 8 anos
Patricia Mauceri Sofia

Sinopse

Proeminente psiquiatra nova-iorquino, o Dr. Nathan Conrad tem uma clínica de sucesso no Upper West Side, uma mulher muito bonita e uma filha encantadora.  A caminho de casa para dar início a um tranqüilo feriado de Ação de Graças, Conrad é abordado por um colega para examinar uma jovem.  Elisabeth Burrows apresenta uma história de violência inexplicável e uma seqüência de tratamentos falhos e diagnósticos errados.  Em resumo, Elisabeth é o tipo de caso que Nathan vivia esperando antes de ir para "Uptown".  Agora, ele é a última chance de Elisabeth - antes que ela seja enviada para um purgatório sob a forma de instituição governamental.

As habilidades e intuições de Nathan fazem o caso de Elisabeth progredir e sua curiosidade é atiçada ainda mais pelas primeiras e misteriosas palavras que ela lhe diz: "Você quer o que eles querem, não é?… Eu nunca direi… a nenhum de vocês."

Nathan nem suspeita que Elisabeth e sua mensagem codificada estão ligadas a um perigo que se aproximou dele e da sua família.  A filha do renomado psiquiatra é seqüestrada por criminosos cruéis e, para salvá-la, ele precisa reaver um número de seis dígitos que se acha armazenado na mente perturbada de Elisabeth.  Não há discussão, nem negociação.  Com os raptores de sua filha observando cada movimento seu, Nathan está preso a um pesadelo que nunca poderia imaginar.  E ele é sempre lembrado disso: se quiser ver a filha viva, que não se atreva a dizer uma única palavra.

imagem imagem imagem

Comentários

"Refém do Silêncio" é um bom filme de suspense psicológico, apesar do roteiro não ser dos melhores.  Realizado pelo cineasta  Gary Fleder, o filme apresenta algumas reviravoltas e consegue manter o clima de tensão ao longo de quase toda a trama.

Um dos pontos mais fortes de "Refém do Silêncio" é o desempenho dos atores principais, com grande destaque para Brittany Murphy, como a adolescente complicada.  Com ótimas atuações, encontram-se Famke Janssen e Skye McCole Bartusiak, respectivamente como a mulher e a filha de Douglas.  Embora não apresentem excelentes performances, Douglas e Sean Bean estão, pelo menos, convincentes.

 CAA