Filmes por gênero

UM LANCE NO ESCURO (1975)

Night moves
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: La fugue (França)
Bersaglio di notte (Itália)
La noche se mueve (Espanha)
Die heiße Spur (Austria, Alemanha)
Dödligt utspel (Suécia)
W mroku nocy (Polônia)
Natten skjuler alle spor (Noruega)
Skakmat (Dinamarca)
Ночные ходы (Rússia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Suspense, Crime, Mistério
Direção: Arthur Penn
Roteiro: Alan Sharp
Produção: Robert M. Sherman, Gene Lasko
Design Produção: George Jenkins
Música Original: Michael Small
Direção Musical: Michael Small
Fotografia: Bruce Surtees
Edição: Dede Allen, Stephen A. Rotter
Guarda-Roupa: Rita Riggs, Arnie Lipin
Maquiagem: Bob Stein
Efeitos Sonoros: Richard Cirincione, Dick Vorisek, Robert Reitano, Craig McKay
Efeitos Especiais: Joe Day, Marcel Vercoutere
Nota: 8.5
Filme Assistido em: 1976

Elenco

Gene Hackman Harry Moseby
Jennifer Warren Paula
Edward Binns Joey Ziegler
Harris Yulin Marty Heller
Kenneth Mars Nick
Janet Ward Arlene Iverson
James Woods Quentin
Anthony Costello Marv Ellman
John Crawford Tom Iverson
Melanie Griffith Delly Grastner
Ben Archibek Charles
Susan Clark Ellen Moseby
John Moio Policial
Victor Paul Policial
Carey Loftin Policial
Dennis Dugan Garoto no Bar
C.J. Hincks Garota no Bar
Max Gail Stud
Susan Barrister .
Larry Mitchell .

Indicações

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Ator (Gene Hackman)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Harry Moseby é um ex-jogador profissional de futebol que se tornou um investigador particular de Los Angeles. Certo dia, ele é procurado pela obscura atriz de Hollywood, Arlene Iverson, para encontrar sua filha desaparecida de 16 anos, Delly Grastner. Ele, então, descobre que a jovem tem uma vida promíscua e usa drogas. Ao viajar para a Flórida a fim de encontrá-la, ele começa a ver uma conexão entre a garota desaparecida, o mundo dos dublês de Hollywood e um mecânico suspeito, quando um assassinato não resolvido vem à luz.
 
Por outro lado, ele descobre que sua esposa o está traindo, o que o deixa com dificuldades para lidar com a situação. Em seguida, ele visita a dublê Mary Ellman e o coordenador de dublês Joey Ziegler, viajando em seguida para Florida Keys, onde Dolly está morando com seu padrasto, Tom Iverson. Em suas investigações, ele descobre que o verdadeiro motivo que levou a Sra. Arlene a querer sua filha de volta não foi seu amor materno, e sim o considerável fundo fiduciário de sua filha, deixado por seu primeiro marido, o pai de Delly.
 
Ao chegar à Florida, ele é recebido por Paula, que trabalha com Iverson em um barco e tem um relacionamento aberto com ele. Surpreendentemente, a relutante Delly concorda em voltar para Los Angeles com Harry para morar com a mãe. Pouco tempo depois, no entanto, ao descobrir que Delly morreu em um acidente de carro, Harry imediatamente suspeita de Quentin. Ao confrontá-lo, ele o acusa de ter matado Delly porque ela havia descoberto que ele havia matado Ellman por ciúme. Os dois lutam, mas Quentin consegue escapar. Logo depois, ao encontrar Ziegler, Harry comenta que acha que Quentin e Iverson estão envolvidos em algum crime, mas não sabe o porque. Em seguida, ele retorna à Florida Keys para tentar descobrir o que realmente ocorreu.
 
Ao chegar lá, ele encontra Quentin morto, ocasião em que Iverson confessa que o matou porque Quentin achava que ele havia matado Ellman para obter uma parcela maior do dinheiro do contrabando. Em seguida, Harry luta contra Iverson e, depois de nocauteá-lo, pede que Paula o ajude a localizar os artefatos roubados.
 
 

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Arthur Penn, a partir de um roteiro escrito por Alan Sharp, "Um Lance no Escuro" é um filme norte-americano produzido em 1975. Quando de seu lançamento, não foi um filme de sucesso nas bilheterias, mas ganhou muito respeito posteriormente.
 
Na direção, Penn realiza um bom trabalho, no que é ajudado pela bela fotografia de Bruce Surtees, bem como por sua trilha sonora. No elenco, Gene Hackman brilha no papel principal, seguido pelas boas atuações de James Woods, Jennifer Warren e Melanie Griffith, estreando no cinema com apenas 17 anos de idade.
 
CAA