Filmes por gênero

BEIJA-ME, IDIOTA (1964)

Kiss me, stupid
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Embrasse-moi, idiot! (França)
Baciami, stupido (Itália)
Bésame, tonto (Espanha, Colômbia)
Küss mich, Dummkopf (Alemanha)
Kyss mej, dumbom (Suécia)
Pocaluj mnie, gluptasie (Polônia)
Kys mig, fjols! (Dinamarca)
Поцелуй меня, глупенький (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia, Romance
Direção: Billy Wilder
Roteiro: Billy Wilder, I.A.L. Diamond
Produção: Billy Wilder, I.A.L. Diamond, Doane Harrison
Design Produção: Alexandre Trauner
Música Original: André Previn
Coreografia: Wally Green
Fotografia: Joseph LaShelle
Edição: Daniel Mandell
Direção de Arte: Robert Luthardt
Guarda-Roupa: Wesley Jeffries, Bill Thomas, Irene Caine
Maquiagem: Emile LaVigne, Loren Cosand
Efeitos Sonoros: Robert Martin, Clem Portman, Wayne Fury
Efeitos Especiais: Milt Rice
Nota: 8.5
Filme Assistido em: 1993

Elenco

Dean Martin Dino
Kim Novak Polly the Pistol
Ray Walston Orville Jeremiah Spooner
Felicia Farr Zelda Spooner
Cliff Osmond Barney
Barbara Pepper Big Bertha
Skip Ward Leiteiro
Doro Merande Sra. Pettibone
Tom Nolan Johnnie Mulligan
Alice Pearce Sra. Mulligan
John Fiedler Reverendo Carruthers
Arlen Stuart Rosalie Schultz
Howard McNear Sr. Pettibone
Cliff Norton Mack Gray
Mel Blanc Dr. Sheldrake
Alan Dexter Wesson
Henry Gibson Smith
Bobo Lewis Garçonete
Henry Beckman Camioneiro
Eileen O'Neill .
Susan Wedell .

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Dino, um cantor, após concluir sua temporada em Las Vegas, pega a estrada para participar de um programa especial numa televisão. No meio da viagem, ele é obrigado a mudar sua rota, pois ocorreu um acidente e a rodovia se encontra bloqueada. Dessa forma, ele terá que passar por Climax, Nevada, uma pequena cidade onde mora Orville J. Spooner, um professor de piano clássico que é muito ciumento com sua mulher, Zelda.
 
Como está difícil viver dando aulas de piano, ele e Barney, um frentista que trabalha próximo, estão tentando escrever uma canção que seja aceita por algum grande cantor. A dupla já escreveu sessenta e duas canções, mas até agora nada. Ao chegar à Climax, Dino resolve reabastecer o veículo, sendo reconhecido por Barney, que acredita que esta pode ser a grande chance dele e de Orville.
 
Barney sugere que precisam fazer Dino se interessar por alguma canção deles, o que deve ser feito sutilmente, fazendo com que Dino ache Orville estranho. Por outro lado, vendo que Dino está louco para ir embora, Barney alega que não verificou o óleo e, então, sabota o carro, desconectando a passagem de gasolina. Assim, pouco tempo depois que ele parte, ele retorna rebocado e, para retê-lo o máximo de tempo possível, Barney o informa que é um defeito sério e que a peça terá de ser encomendada. Barney também diz que talvez dê um jeito, mas o carro só ficaria pronto no dia seguinte.
 
Em seguida, os dois alegam que o hotel da cidade é péssimo, e convidam Dino para passar a noite na casa de Orville, que o instala no quarto de costura de Zelda. Ao vê-lo, Zelda confessa que sempre foi louca por ele. Mais uma vez, Orville é dominado pelo ciúme e quer Dino fora de sua casa. Barney, então,  diz a Orville que ele só tem que provocar uma briga, fazendo com que ela vá passar a noite na casa de sua mãe. Assim, Dino é apresentado à "esposa" de Orville, que na verdade é Polly, uma prostituta que trabalha no Umbigo, um bar com péssima reputação.
 
 

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Billy Wilder, a partir de um roteiro escrito por ele, juntamente com I.A.L. Diamond, "Beija-me Idiota" é um filme produzido em 1964 pelas empresas The Mirisch Corporation, Phalanx Productions e Claude Productions.
 
Na direção, Wilder realiza um bom trabalho. O filme conta ainda com uma boa fotografia e uma bela trilha sonora, onde se destacam as canções 'S Wonderful, Sophie, I'm a Poached Egg, All the Livelong Day, além da bela "Bagatelle Nº 25 in A Minor", de Ludwig van Beethoven. No elenco, com ótimas atuações, destacam-se Kim Novak, Dean Martin e Felicia Farr.
 
CAA