Filmes por gênero

NUNCA TE VI, SEMPRE TE AMEI (1987)

84 Charing Cross Road
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: A Rua do Adeus (Portugal)
La carta final (Espanha)
Nunca te vi, siempre te amé (Argentina)
Zwischen den Zeilen (Alemanha)
Egy ház Londonban (Hungria)
Rakas vanha kirja (Finlândia)
Чаринг Кросс Роуд, 84 (União Soviética)
Pais: Reino Unido, Estados Unidos
Gênero: Drama, Romance, Biográfico
Direção: David Hugh Jones
Roteiro: Hugh Whitemore
Produção: Geoffrey Helman
Música Original: George Fenton
Direção Musical: George Fenton
Fotografia: Brian West
Edição: Chris Wimble
Guarda-Roupa: Roseann Milano, Joyce Stoneman, Lindy Hemming e outros
Maquiagem: Lynda Armstrong, Peter Frampton, Leslie Fuller
Efeitos Sonoros: Reilly Steele, David John, Gary Alper e outros
Efeitos Visuais: Simon Dowling
Nota: 8.7
Filme Assistido em: 1987

Elenco

Anne Bancroft Helene Hanff
Anthony Hopkins Frank P. Doel
Judi Dench Nora Doel
Jean De Baer Maxine Stuart
Maurice Denham George Martin
Eleanor David Cecily Farr
Mercedes Ruehl Kay
Daniel Gerroll Brian
Wendy Morgan Megan Wells
Ian McNeice Bill Humphries
J. Smith-Cameron Ginny
Tom Isbell Ed
Anne Dyson Sra. Boulton
Connie Booth Senhora de Delaware
Sam Stoneburner Livreiro de Nova York
Bernie Passeltiner Willie
Michael John McGann Gerente de Palco do Maxine's
John Bardon Cabo eleitoral do Partido Trabalhista
James Eckhouse Joey, o dentista
Zoe Hodges Mary Doel, aos 4 anos
Kate Napier Brown Mary Doel, aos 21 anos
Rebecca Bradley Sheila Doel, aos 12 anos
Barbara Thorn Sheila Doel, aos 29 anos
Danielle Burns Filha de Cecily Farr
Lee Burns Filho de Cecily Farr
Nelson Aspen Líder estudantil

Prêmios

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Atriz (Anne Bancroft)

Festival Internacional de Cinema de Moscou, Rússia

Prêmio de Melhor Ator (Anthony Hopkins)

Indicações

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Roteiro Adaptado (Hugh Whitemore )

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Judi Dench)

Festival Internacional de Cinema de Moscou, Rússia

Prêmio de Ouro (David Hugh Jones)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

1949 marca o início de um caso de amor não convencional e de longa distância entre Helene Hanff e Frank P. Doel. Ela é uma aspirante à escritora de Nova York, que trabalha como editora de roteiros. Ela é uma leitora voraz, principalmente de livros de não ficção. Por outro lado, Frank é um funcionário eficiente e experiente da Marks & Co., uma livraria de segunda mão localizada na Charing Cross Road, nº 84, em Londres.
 
Incapaz de encontrar os livros esgotados, nas livrarias da cidade de Nova York, ela escreve para a Marks & Co., na esperança de que eles possam atender seu pedido a preços razoáveis. Frank e a equipe da livraria são capazes de fornecer à Helene a maior parte do que ela deseja a preços mais que razoáveis, incluindo o frete.
 
Dessa forma, ela passa a enviar, com bastante frequência, solicitações para mais e mais livros. Com o passar do tempo, a correspondência deles passa a lidar não apenas com os pedidos de mais livros, mas também com o que está ocorrendo em suas vidas e no mundo ao seu redor, o de Frank que inclui seu casamento amoroso com sua esposa, Nora, e com seus dois filhos. Helene, por sua vez, sonha um dia ter a oportunidade de viajar para Londres, a fim de conhecer Frank e os demais funcionários da Marks & Co., pessoas que foram capazes de satisfazer uma importante necessidade em sua vida.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta David Hugh Jones, a partir de um roteiro escrito por Hugh Whitemore, "Nunca te vi, sempre te amei" é um filme produzido em 1987 pela Columbia Pictures, juntamente com a Brooksfilms.

Sua trama é baseada no livro de Helene Hanff e na versão de James Roose-Evans. Na direção, David Jones realiza um ótimo trabalho, no que é ajudado pelas excelentes atuações de Anne Bancroft, Anthony Hopkins e Judi Dench.

Enfim, "Nunca te vi, sempre te amei" é um filme que merece ser visto.

CAA