Filmes por gênero

LANÇA PARTIDA (1954)

Broken lance
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: A lança quebrada (Portugal)
La lance brisée (França, Bélgica)
La lancia che uccide (Itália)
Lanza rota (Espanha)
Lo que la tierra hereda (México)
Die gebrochene Lanze (Austria, Alemanha)
Den brutna lansen (Suécia)
Den brudte lanse (Dinamarca)
Сломанное копье (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Faroeste
Direção: Edward Dmytryk
Roteiro: Richard Murphy
Produção: Sol C. Siegel, Darryl F. Zanuck
Música Original: Leigh Harline
Direção Musical: Lionel Newman
Fotografia: Joseph MacDonald
Edição: Dorothy Spencer
Direção de Arte: Lyle R. Wheeler, Maurice Ransford
Figurino: Travilla
Guarda-Roupa: Charles Le Maire
Maquiagem: Ben Nye
Efeitos Sonoros: W.D. Flick, Roger Heman Sr.
Efeitos Visuais: Ray Kellogg
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 1970

Elenco

Spencer Tracy Matt Devereaux
Robert Wagner Joe Devereaux
Jean Peters Barbara
Richard Widmark Ben Devereaux
Katy Jurado Señora Devereaux
Hugh O'Brian Mike Devereaux
Eduard Franz Two Moons
Earl Holliman Denny Devereaux
E.G. Marshall Horace, o Governador
Carl Benton Reid Clem Lawton
Philip Ober Van Cleve
Robert Burton Mac Andrews
Robert Adler O'Reilly
Nacho Galindo Francisco
Russell Simpson Juiz
Forbes Murray Advogado
Julian Rivero Manuel
Franklyn Farnum Jurado
Marco López Índio

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor História para um Filme (Philip Yordan)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme a Promover a Paz entre os Povos

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Katy Jurado)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Na década de 1880, logo depois de ser libertado de uma prisão, o rancheiro Joe Devereaux volta para a casa abandonada de seus pais. Uma vez lá, ele recorda os eventos ocorridos anos antes, quando seu pai era um poderoso rancheiro.

Ele se recorda do dia em que seu pai descobriu que seus irmãos Mike e Denny faziam parte de uma gangue de bandidos que roubavam seu gado. Ele se recorda, também, do conflito com os mineradores que poluíam os rios e prejudicavam seu gado, principalmente dos responsáveis pela mina de cobre Associated Western . Na época, seu pai foi processado e ele, Joe, teve que assumir a culpa, ficando preso por vários anos.

Nesse período em que esteve preso, seu pai perdeu o controle sobre os três outros irmãos mais velhos. Eles largaram o gado, abandonaram sua mãe e não tentaram tirá-lo da prisão. Algum tempo depois, quando seu pai morreu, Joe obteve permissão para deixar a prisão e assistir ao seu funeral, ocasião em que rompeu com seus irmãos e prometeu vingança.

Agora, livre, seus irmãos temem que ele se vingue, como era o desejo de seu pai. Sua mãe, no entanto, ao chegar em casa, o convence a esquecer a vingança e a deixar a região. Atendendo ao seu pedido, ele decide ir embora, mas é interceptado por Ben, que tenta matá-lo. A luta corpo-a-corpo que se segue termina quando Two Moons, o capataz do rancho, interfere e mata Ben.

Algum tempo depois, já casado com Barbara, a filha do governador, Joe visita o túmulo de seu pai e, ao ver a lança virada para baixo, símbolo de uma disputa de sangue, ele a quebra ao meio, terminando assim a luta para sempre.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Edward Dmytryk, a partir de um roteiro escrito por Richard Murphy, “Lança Partida” é um faroeste norte-americano produzido pela Twentieth Century Fox em 1954. Sua trama, baseada numa estória de Philip Yordan, é contada em flashback e começa com a libertação do personagem vivido por Robert Wagner.    

A direção de Dmytryk se mostra apenas razoável, pecando principalmente pelo ritmo por ele imposto à narrativa. Por outro lado, a fotografia em CinemaScope, a cargo de Joseph MacDonald, é de muito boa qualidade, além de conseguir captar os belos cenários do Arizona. Na área técnica, merece igualmente ser lembrada a trilha sonora assinada pelo pouco conhecido Leigh Harline.

No elenco, destacam-se as atuações de Spencer Tracy, Richard Widmark e Katy Jurado, seguidas pelas de Robert Wagner e Jean Peters.

CAA