Filmes por gênero

X, Y e Z (1972)

Zee and Company
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Une belle tigresse (França)
X Y e Zi (Itália)
Salvaje y peligrosa (Espanha)
X, Y und Zee (Alemanha)
Inget spel för nybörjare (Suécia)
X, Y i Zet (Polônia)
Kolme rakkautta (Finlândia)
X, Y og Zee (Dinamarca)
Той, тя и Зи (Bulgária)
Pais: Reino Unido
Gênero: Drama
Direção: Brian G. Hutton
Roteiro: Edna O'Brien
Produção: Alan Ladd Jr., Jay Kanter
Música Original: Stanley Myers
Fotografia: Billy Williams
Edição: Jim Clark
Direção de Arte: Peter Mullins
Figurino: Beatrice Dawson
Guarda-Roupa: Beatrice Dawson
Maquiagem: Alex Garfath
Efeitos Sonoros: Cyril Swern, Bob Jones, Stan Fiferman
Nota: 8.1
Filme Assistido em: 1973

Elenco

Elizabeth Taylor Zee Blakeley
Michael Caine Robert Blakeley
Susannah York Stella
Margaret Leighton Gladys
John Standing Gordon
Mary Larkin Rita
Michael Cashman Gavin
Gino Melvazzi Chefe dos Garçons
Richard O'Brien Convidado na festa
James Payne Motorista de Taxi
Hilary West Shaun

Prêmios

Prêmios David di Donatello, Itália

David de Melhor Atriz Estrangeira (Elizabeth Taylor)

Indicações

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro de Língua Inglesa

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Robert Blakeley é um renomado arquiteto que mora em Londres. Por se sentir infeliz no seu casamento, ele vive em uma permanente disputa com sua mulher, Zee. Certa noite, ao conhecer Stella, uma jovem e conceituada designer de moda, ele sucumbe aos seus encantos e se apaixona. Por sua vez, ela, que é viúva e bastante reservada, corresponde aos seus sentimentos e os dois se tornam amantes.

Ao sentir seu marido escapando de suas mãos, Zee, atormentada por um ciúme doentio que mal pode dissimular, torna-se uma megera perversa capaz de tudo para tê-lo de volta. Ela começa, então, a perseguir Stella, a revelar-lhe intimidades de seu casamento, a ameaçá-la por telefone e, finalmente, usa uma tentativa de suicídio para tentar extrair informações a respeito da amante de Robert.

Finalmente, ao descobrir que, no passado, Stella havia tido um relacionamento amoroso com uma colega de escola, Zee decide seduzi-la com a intenção de ir para a cama com ela.

imagem imagem imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Brian G. Hutton, “X,Y e Z” é um bom filme britânico do início dos anos 70. Sua trama gira em torno de uma bela mulher que, ao tomar conhecimento que seu marido se acha apaixonado por outra mulher, faz de tudo para infernizar a vida desta última. Para ela, a traição em si até que não teria maior importância, mas saber que o marido tem um sentimento de amor para com a amante é algo simplesmente impensável.

Embora não se trate de uma obra-prima, o filme merece ser visto, principalmente pela grande interpretação dramática de Elizabeth Taylor. Michael Caine se apaga inteiramente diante dela. Já Susannah York se sai muito bem, mas sem chance de ser comparada ao monstro sagrado.

CAA