Filmes por gênero

TORMENTA NO PARAISO (1958)

Raw wind in Eden
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Orage au paradis (França)
Vento di passioni (Itália)
Sturm über Eden (Alemanha, Austria)
Romance en el paraíso (Venezuela)
Han kom för att döda (Suécia)
Raakaa tuulta Eedenissä (Finlândia)
Cennette bir firtina (Turquia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama
Direção: Richard Wilson
Roteiro: Elizabeth Wilson
Produção: William Alland
Música Original: Hans J. Salter
Direção Musical: Joseph Gershenson
Fotografia: Enzo Serafin
Edição: Russell Schoengarth
Direção de Arte: Alexander Golitzen, Alfred Ybarra
Maquiagem: Bud Westmore
Nota: 7.4
Filme Assistido em: 1960

Elenco

Esther Williams Laura
Jeff Chandler Mark Moore / Scott Moorehouse
Rossana Podestà Costanza Varno
Carlos Thompson Wally Drucker
Rik Battaglia Gavino
Eduardo de Filippo Urbano Varno

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Laura, uma bela 'top model', volta ao seu hotel em Roma após uma sessão de fotos, onde encontra Wally Drucker, amigo de seu milionário amante, William Lathrop III.  Depois de dizer à Laura que William jamais se separará da mulher, Wally a convida para um cruzeiro de três semanas à bordo de um iate do milionário Axel Jenson.

Receosa de que não tenha realmente futuro ao lado de William, ela aceita o convite na esperança de vir a conquistar Jenson.  Assim, Laura e Wally viajam para Majorca no jato particular dele, mas uma tempestade os obriga a tentarem uma aterrissagem forçada numa isolada ilha do Mediterrâneo.  Os únicos habitantes da ilha são Mark Moore, Urbano Varno e sua filha Costanza.  Ao ouvir o barulho do impacto da aeronave contra o solo, Costanza corre até o local, onde encontra Wally ferido numa coxa e Laura sem nenhum arranhão.

Moore, que a princípio reluta em se encontrar com os estranhos, carrega Wally para dentro da casa e cuida de seu ferimento.  O encontro entre Laura e Moore faz com que ambos se sintam mutuamente atraídos, provocando ciúmes em Wally e Costanza.

Dias depois, Laura pergunta a Moore por que ele permanece numa ilha deserta mas, embora responda de forma polida, termina não explicando seus motivos.  Por outro lado, Wally encontra um iate necessitando de reparos.  Ao fazer uma ligeira vistoria na embarcação, acha uma medalha de condecoração militar.  Em seguida, convence Laura a pedir a Moore que lhes empreste o iate.  Este, concorda imediatamente em ceder a embarcação aos dois.  Nos dias que se seguem, Wally e Laura executam os reparos que se fazem necessários.

Certo dia, Laura vê Gavino, um homem que periodicamente chega de barco à ilha, onde troca tiros com Moore.  Urbano explica então, à Laura, que Costanza tinha sido prometida a Gavino e que este tenta eliminar Moore por ter ele seduzido a jovem.  Quando Wally flagra Moore beijando Laura, ele o fere com uma peça de metal.  Furioso, Moore dá um nocaute em seu agressor e declara à Laura que pretende continuar solitário.

Dias depois, Wally e Laura terminam os reparos do iate e, durante o jantar de despedida, esta e Moore trocam palavras duras.  Mais tarde, ela rouba uma arma de Moore e encontra o antigo diário de bordo da embarcação, descobrindo que seu verdadeiro nome é Scott Moorehouse, um famoso playboy suspeito de ter matado sua jovem esposa.

Enquanto Wally tenta seduzir Costanza, no iate, Moore explica à Laura que, como um paramédico durante a 2ª Guerra Mundial, casou-se com a filha de um missionário e a levou para os Estados Unidos.  Lá, ao velejarem embriagados, sua mulher caiu no mar, morrendo.  Laura percebe que ele se escondeu na ilha para escapar de sua culpa e o acusa de tentar arruinar Costanza como fizera com sua esposa.

No dia seguinte, enquanto lança o iate ao mar e se afasta da ilha, Wally lembra-se que, após a morte de sua mulher, Moore resolveu doar sua fortuna a hospitais de caridade na Carolina do Norte.  Ao tomar conhecimento de atitude tão dignificante, Laura pede a Wally que retorne à ilha, mas ele se recusa a atendê-la.  Logo a seguir, ela vê o barco de Gavino aproximando-se da ilha e se dá conta que, ao roubar a arma de Moore, o deixou sem condições de se autodefender.  Diante da posição tomada por Wally, Laura joga-se ao mar e nada de volta à ilha.  Uma vez na praia, pede à Costanza que procure Gavino e acabe com essa rixa, mas a jovem despreza seu apelo.  Enquanto isso, Wally aproxima-se do barco de Gavino e com ele negocia a troca da arma de Moore por um rifle de maior alcance.

Na ilha, Gavino encontra Moore e os dois lutam.  Laura nada de volta ao barco de Wally, onde tenta convencê-lo a não atirar em Moore.  Quando este domina Gavino, Urbano intervém pedindo-lhe que não mate o homem errado.  Em seguida, lhe diz que seu lugar não é naquela ilha e o incita a ir atrás de Laura.  Moore pede o barco de Gavino emprestado e vai até o iate, onde encontra Laura amarrada em um dos mastros da embarcação.  Wally tenta atirar nele, mas o velho rifle emperra.  Moore joga Wally no mar, desamarra Laura e, juntos, partem rumo à Carolina do Norte.

imagem

Comentários

Adaptado de um livro de Dan Lundberg e Elizabeth Wilson, "Tormenta no Paraiso" não se acha entre os melhores filmes de Esther Williams.  Seu roteiro foi elaborado pela própria Elizabeth Wilson, em parceria com seu marido, Richard Wilson, responsável pela direção.

A condução da trama por Wilson é razoável, uma vez que ele não consegue manter um bom ritmo ao longo de toda a projeção. Merece destaque a fotografia de Enzo Serafin, tirando proveito do belo cenário proporcionado por uma pequena ilha mediterrânea. 

No que tange às interpretações, Jeff Chandler, que sempre foi um ator mediano, tendo recebido apenas uma indicação ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, em "Flechas de Fogo", de 1950, estrelado por James Stewart e Debra Paget, acha-se completamente apagado.  Quanto à Esther Williams, ela nos apresenta uma atuação mediana. Embora a ilha não disponha de uma bela piscina, ela mostra seus dotes de exímia nadadora ao nadar em pleno mar.

CAA