Filmes por gênero

FANNY (1961)

Fanny
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Eine Liebe in Marseille (Alemanha)
Marsilya asiklari (Turquia)
Фанни (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Romance
Direção: Joshua Logan
Roteiro: Julius J. Epstein
Produção: Joshua Logan, Ben Kadish
Música Original: Harold Rome
Direção Musical: Morris Stoloff
Fotografia: Jack Cardiff
Edição: William Reynolds
Direção de Arte: Rino Mondellini
Figurino: Anne-Marie Marchand
Maquiagem: Michel Deruelle
Efeitos Sonoros: Jean Monchablon, Dick Vorisek
Nota: 9.0
Filme Assistido em: 1969

Elenco

Leslie Caron Fanny
Maurice Chevalier Panisse
Charles Boyer Cesar
Horst Buchholz Marius
Georgette Anys Honorine, mãe de Fanny
Salvatore Baccaloni Escartifique, comandante do ferry-boat
Lionel Jeffries Sr. Brun
Raymond Bussières O almirante
Joël Flateau Cesario
Victor Francen Irmão mais velho de Panisse
Paul Bonifas O carteiro
Germaine Delbat Esposa de Louis Panisse'
Jack Ary Marinheiro
Dominique Davray Mulher no Mercado de Peixes
Clément Harari .
Moustache .

Prêmios

National Board of Review, USA

Prêmio NBR dos 10 Melhores Filmes

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme (Joshua Logan)

Oscar de Melhor Ator (Charles Boyer)

Oscar de Melhor Fotografia a Cores (Jack Cardiff)

Oscar de Melhor Edição (William Reynolds )

Oscar de Melhor Trilha Sonora de uma Comédia ou Drama (Morris Stoloff, Harry Sukman)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama

Prêmio de Melhor Ator em um Drama (Maurice Chevalier)

Prêmio de Melhor Atriz em um Drama (Leslie Caron)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Harold Rome)

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Joshua Logan)

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Fotografia a Cores (Jack Cardiff)

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Ator em um Drama (Charles Boyer)

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Atriz em um Drama (Leslie Caron)

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Drama ( 4º lugar)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Roteiro de um Drama Americano (Julius J. Epstein)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Fanny, filha de Honorine, uma pobre vendedora de peixes no porto de Marselha nos anos 1930, sempre amou Marius, o belo filho de Cesar, proprietário de um bar à beira-mar. Marius,no entanto, sonha apenas com o mar e, secretamente, faz planos para partir em uma escuna e desbravar diversas ilhas oceânicas.

Na véspera de sua partida, ele e Fanny confessam seu amor um pelo outro e passam a noite juntos. Quando chega a manhã, Marius se dispõe a não mais viajar, mas Fanny, sabendo que ele nunca seria feliz em terra, o incentiva a seguir com seu plano. Algumas semanas depois, a jovem descobre que está carregando o filho de Marius, e se volta para o idoso, Panisse, um rico comerciante de velas. Encantado com a possibilidade de se casar com Fanny e finalmente ter um filho para manter o nome da família e os negócios, Panisse se casa com a jovem.

Um ano depois, decepcionado por ter encontrado nas ilhas visitadas nada mais que "cinzas vulcânicas", Marius retorna à Marselha e tenta reivindicar seu filho Cesario. Fanny e Cesar, no entanto, explicam a ele que o pequeno Cesario pertence a Panisse, pois foi ele quem deu à criança o cuidado amoroso que somente um pai pode dar. Triste, Marius deixa Marselha, desta vez para se tornar um mecânico em uma cidade próxima.

Com o passar dos anos, o pequeno Cesario herda a paixão do pai pelo mar e, no seu 9º aniversário, um amigo de Marius leva a criança para visitar o pai. Quando Marius abraça seu filho, Fanny chega com a notícia de que Panisse está morrendo. De seu leito de morte, o velho dita uma carta a Cesar na qual ele pede a Marius que se case com Fanny.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Joshua Logan, a partir de um roteiro escrito por Julius J. Epstein, “Fanny” é um filme norte-americano produzido pela Warner Brothers, juntamente com a Mansfield Productions em 1961. Sua trama, baseada numa peça de Joshua Logan e S. N. Behrman, se mostra um pouco piegas ao retratar a história de amor dos dois jovens amantes, Fanny e Marius, embora tal fato não desmereça o belo trabalho realizado por seus idealizadores.

Na direção, Logan realiza um ótimo trabalho, no que é ajudado pela bela fotografia a cargo de Jack Cardiff e pela excelente trilha sonora assinada por Harold Rome.

No elenco, Charles Boyer, Leslie Caron e Maurice Chevalier brilham em seus respectivos papéis, seguidos pela boa atuação de Horst Buchholz.

CAA