Filmes por gênero

A PANTERA COR-DE-ROSA (1963)

The Pink Panther
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: La panthère Rose (França)
La pantera rosa (Itália, Espanha, Argentina, México)
Der rosarote Panther (Alemanha)
Den Rosa Pantern (Suécia)
Pantera roz (Romênia)
Rózowa Pantera (Polônia)
Den lyserøde panter (Dinamarca)
Розовая пантера (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia
Direção: Blake Edwards
Roteiro: Maurice Richlin, Blake Edwards
Produção: Martin Jurow, Dick Crockett
Música Original: Henry Mancini
Coreografia: Hermes Pan
Fotografia: Philip H. Lathrop
Edição: Ralph E. Winters
Direção de Arte: Fernando Carrere
Guarda-Roupa: Annalisa Nasalli-Rocca, Yves Saint-Laurent, William Ware Theiss
Maquiagem: Euclide Santoli, Michele Trimarchi
Efeitos Sonoros: Gilbert D. Marchant, Sash Fisher
Efeitos Especiais: Lee Zavitz
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1965

Elenco

Peter Sellers Inspetor Jacques Clouseau
David Niven Sir Charles Lytton
Claudia Cardinale Princesa Dahla
Capucine Simone Clouseau
Robert Wagner George Lytton
Brenda De Banzie Angela Dunning
John Le Mesurier Advogado de defesa
Colin Gordon Tucker
James Lanphier Saloud
Guy Thomajan Artoff
Michael Trubshawe Felix Townes
Riccardo Billi Aristotle Sarajos
Meri Welles Monica Fawn
Martin Miller Pierre Luigi, fotógrafo
Fran Jeffries Prima grega
Mario Fabrizi Gerente do Hotel
John Bartha Policial
William Bryant Policial

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Trilha Sonora (Henry Mancini )

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Ator Britânico (Peter Sellers)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Ator em um Musical ou Comédia (Peter Sellers)

Prêmios Grammy, EUA

Grammy de Melhor Trilha Sonora (Henry Mancini )

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Ator em uma Comédia (Peter Sellers)

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Comédia

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Roteiro de uma Comédia Americana (Maurice Richlin, Blake Edwards)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Sir Charles Lytton, que na realidade é o famoso ladrão de jóias, conhecido como o “Fantasma”, deseja a “Pantera Cor-de-rosa”, uma jóia inestimável de propriedade da bela princesa Dahla. Por outro lado, o inspetor Jacques Clouseau deseja ardentemente pôr as mãos no “Fantasma”, que ele persegue, sem sucesso, há quinze anos. Clouseau deseja também prender sua cúmplice, sem desconfiar de que se trata de sua própria esposa, amante do “Fantasma”.

Quando a princesa visita a famosa estação de esqui de Cortina D’Ampezzo, Sir Charles, Clouseau e Simone também aparecem por lá. George, sobrinho de Sir Charles, que supostamente frequentou a escola na América, às expensas do tio, mas que na verdade é um amador na mesma profissão, também chega inesperadamente à Cortina.

Depois de muitas complicações, Clouseau descobre que Sir Charles é o “Fantasma”, mas ele não consegue capturá-lo. Mais tarde, quando a princesa Dahla planeja dar uma festa de fantasia em sua casa em Roma, Clouseau adverte que o “Fantasma”, sem dúvida, tentará roubar a “Pantera Cor-de-rosa” durante a festa. Sir Charles e George chegam igualmente à festa, ambos vestidos de gorilas, e ao conseguirem ter acesso ao cofre, eles o encontram vazio, apenas com um lenço branco, a marca registrada do “Fantasma”. Quando as luzes se apagam, minutos depois elas voltam a acender, ocasião em que é anunciada a falta da “Pantera Cor-de-rosa”. Depois de uma forte perseguição, finalmente Clouseau consegue prender Sir Charles e o sobrinho. Preocupada, Simone procura a princesa, a quem pede ajuda para libertá-los.

Durante o julgamento, Clouseau testemunha que esteve presente em cada um dos roubos do “Fantasma”, o que o torna suspeito de ser o verdadeiro ladrão. Sua situação se complica ainda mais quando, ao puxar um lenço do bolso, o mesmo contém a insígnia do “Fantasma”, fruto do trabalho de Simone e da princesa para libertar Sir Charles. Como consequência, o inspetor Clouseau é preso, enquanto Sir Charles e George são libertados e levados por Simone para a América do Sul. Durante a viagem, Sir Charles promete à Simone que, tão logo eles estejam em segurança, ele enviará uma carta ao governo italiano inocentando Clouseau.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Blake Edwards, a partir de um roteiro por ele escrito, juntamente com Maurice Richlin, “A Pantera Cor-de-Rosa” é uma comédia norte-americana produzida pela empresa Mirisch G-E Productions em 1963. Sua trama conta a história de um atrapalhado inspetor da polícia e suas inúmeras tentativas para prender um famoso ladrão de joias.

Partindo de um ótimo roteiro, do qual ele é um dos responsáveis, Blake Edwards realiza um excelente trabalho de direção. Adicionalmente, o filme nos brinda com maravilhosos cenários, principalmente aqueles que retratam a beleza de Cortina d'Ampezzo, na Itália. Na área técnica, merecem ainda destaques, seus belos figurinos e a deliciosa trilha sonora, a cargo do grande Henry Mancini.

No elenco, Peter Sellers brilha no papel do atrapalhado inspetor de polícia, seguido pelas ótimas atuações de David Niven, Capucine, Claudia Cardinale e Robert Wagner.

CAA