Filmes por gênero

ATENTADO AO PUDOR (1967)

Les risques du métier
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Os ossos do ofício (Portugal)
Attentato al pudore (Itália)
Riesgos del oficio (Espanha)
Verleumdung (Alemanha)
Risky business (USA, UK)
De risico's van het vak (Holanda)
Dlaczego klamaly? (Polônia)
Yrkets risker (Suécia)
Pais: França
Gênero: Drama
Direção: André Cayatte
Roteiro: André Cayatte
Produção: Alain Poiré
Música Original: Jacques Brel, François Rauber
Fotografia: Christian Matras
Edição: Hélène Plemiannikov
Maquiagem: Jacqueline Pipard
Efeitos Sonoros: Jean Labussière
Nota: 8.3
Filme Assistido em: 1969

Elenco

Jacques Brel Jean Doucet
Emmanuelle Riva Suzanne Doucet
René Dary Prefeito
Nadine Alari Sra. Arnaud
Christine Fabréga Sra. Roussel
Jacques Harden Sr. Arnaud
Gabriel Gobin Juiz de instrução
Muriel Baptiste Martine
Christine Simon Brigitte
Chantal Martin Josette
Nathalie Nell Hélène Arnaud
Delphine Desyeux Catherine Roussel
Claudine Berg Sra. Cault
Michel Buades Miguel
Janine Darcey Mulher do Prefeito
Christine Delpin Annette
Roland Demongeot Gérard
Nicole Desailly Sra. Thomas
Jacques Dynam Inspetor Michaux
Michel Ferrand Sr. Monnier
Gilberte Géniat Sra. Monnier
Marius Laurey Sr. Roussel
Robert Le Béal Advogado
Jean Mauvais Inspetor Lambert
Maurice Nasil Médico
Catherine Wagener Sylvie
Robert Piatte Bourgeon
Michel Dietch Philippe Augier
Roger Trapp Thomas

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Jean Doucet, professor em uma pequena cidade da Normandia, é acusado pela filha do garagista, Catherine Roussel, de 14 anos, de ter tentado violá-la. O prefeito, alertado pela família, mostra-se cético pelo fato de Doucet e sua esposa, Suzanne, professores há muitos anos, gozarem de ótima reputação.
Doucet nega as acusações. Os Roussels prestam queixa à polícia. Ao longo do inquérito instaurado pelos inspetores Lambert e Michaux, estes são informados por uma aluna que no dia da festa da cidade, uma de suas colegas, Hélène Arnaud, teria saído logo depois do Sr. Doucet, indo na mesma direção.

Interrogada, Hélène começa por negar o fato, mas ameaçada de um exame médico, termina por admitir ser amante do professor, o qual nega tal acusação. Doucet é, então, preso.

Por outro lado, sua esposa Suzanne realiza sua própria pesquisa. Contradições começam a surgir. Hélène confessa ser na realidade amante de um operário de seu pai. Catherine, por sua vez, é desacreditada quando da reconstituição do crime. O professor é inocentado e decide deixar a cidade juntamente com sua esposa.

imagem

Comentários

Baseado num livro homônimo de Jean e Simone Cornec, ‘’Atentado ao Pudor” é um ótimo filme do grande cineasta francês André Cayatte. Sua trama gira em torno do drama vivido por um pacato professor do 2º grau, acusado injustamente por uma de suas alunas de tê-la estuprado.

Antigo advogado de Toulouse, Cayatte procura mostrar a hipocrisia de uma pequena aldeia, mas também e, sobretudo, as falhas da justiça francesa, ao adaptar o livro dos Cornec, advogados e ferrenhos defensores da presunção da inocência.

Além do belo trabalho realizado por Cayatte, o grande destaque desse filme é a brilhante estreia no cinema do conhecido Jacques Brel. Após encerrar sua carreira de cantor, no Olympia de Paris, Brel recebeu o convite de Cayatte para estrelar o filme, demonstrando possuir um imenso talento para o cinema.

CAA