Filmes por gênero

UMA ESTRANHA ENTRE NÓS (1992)

A stranger among us
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: O assassino está entre nós (Portugal)
Une étrangère parmis nous (França, Canadá francês)
Una estranea fra noi (Itália)
Una extraña entre nosotros (Espanha)
Un extraño entre nosotros (Argentina, Uruguai)
Sanfte Augen lügen nicht (Alemanha)
En främling mitt ibland oss (Suécia)
En morder iblandt os (Dinamarca)
Чужой среди нас (Rússia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Crime, Drama, Romance
Direção: Sidney Lumet
Roteiro: Robert J. Avrech
Produção: Steve Golin, Howard Rosenman, Sigurjon Sighvatsson
Design Produção: Philip Rosenberg
Música Original: Jerry Bock
Direção Musical: Jack Elliott
Fotografia: Andrzej Bartkowiak
Edição: Andrew Mondshein
Direção de Arte: W. Steven Graham
Figurino: Ann Roth, Gary Jones
Guarda-Roupa: Timothy Alberts
Maquiagem: Carl Fullerton, Craig Lyman, Naomi Donne, A.Weisinger
Efeitos Sonoros: Sara Corrigan, Maurice Schell, Neil Kaufman e outros
Efeitos Especiais: Gregory Tippie
Nota: 7.5
Filme Assistido em: 1993

Elenco

Melanie Griffith Emily Eden
Eric Thal Ariel
John Pankow Levine
Tracy Pollan Mara
Lee Richardson Rabino
Mia Sara Leah
James Sheridan Nick
Jake Weber Yaakov Klausman
David Rosenbaum Sr. Klausman
Ruth Vool Sra. Klausman
David Margulies Tenente Oliver
Edward Rogers III Detetive Tedford
Maurice Schell Detetive Marden
James Gandolfini Tony Baldessari
Chris Latta Chris Baldessari
Burtt Harris Pai de Emily
Ira Rubin Rabino francês
Rena Sofer Shayna
Steve Hamilton Paramédico
Drew Eliot Inspetor
John Louis Fischer Yussel
Jack Beers Assistente do Rabino
Sasha Pasmur Filho de Klausman
Paul Zim Cantor
Shifra Lerer Mulher ídiche
Eleanor Reissa Mulher ídiche

Indicações

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio Palma de Ouro (Sidney Lumet)

Fantasporto, Cidade do Porto, Portugal

Prêmio Internacional de Melhor Filme de Fantasia (Sidney Lumet)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Emily Eden e seu colega Nick, policiais de Nova York, encontram-se juntos quando dois marginais iniciam um assalto.  Dando voz de prisão, Nick começa a desarmá-los e a algemá-los.  Depois de ter seu revólver apreendido, um dos assaltantes puxa uma faca e a crava contra o peito do policial, correndo em seguida.  Não conseguido fazê-lo parar, Emily puxa o gatilho e o mata.  Levada à Corregedoria, por conta da morte do marginal, Emily é afastada de suas rondas externas e passa a cuidar de casos rotineiros, banais, mas a ela não é dada outra escolha.

É assim que é deslocada para esclarecer o desaparecimento de um jovem comerciante de jóias da fechada comunidade hassídica de Nova York, Yaakov Klausman.  Ao chegar ao Brooklyn, é recebida com uma velada hostilidade e, em princípio, acredita que o jovem deu um desfalque de US$ 720 mil em diamantes, na loja, e sumiu.  Ao contrário do que pensava, ela termina por descobrir que o rapaz fora assassinado e, por esclarecer o caso em tempo recorde, começa a ser respeitada pelos membros da comunidade.

Ela procura o rabino, a quem diz que precisa passar uma temporada com eles, pois acredita que o assassino de Yaakov seja alguém em que eles confiam e só poderá pegá-lo se estiver próxima.  O rabino concorda com seu plano desde que, enquanto permanecer na comunidade, ela se comporte de acordo com os costumes deles.  Para tanto, Emily passa a contar com a orientação e o apoio de seus dois filhos, Ariel e Leah.

Para melhor trabalhar em sua investigação, ela começa a se vestir como as demais mulheres da comunidade, fingindo ser uma delas.  Durante o dia, ela passa a maior parte de seu tempo na joalheria da família, onde instala um circuito fechado de televisão.

Embora não exteriorizem, Ariel e Emily sentem uma certa atração um pelo outro, a ponto dela se sentir incomodada quando o rabino comunica o noivado de Ariel com a filha de um rabino que mora em Paris.  Esse incômodo torna-se ainda maior quando descobre que os noivos nem se conhecem.

Na joalheria, surgem dois mafiosos, Tony e Chris Baldessari, procurando extorquir dinheiro da família em troca de uma suposta segurança.  Seguindo orientação de Emily, eles juntam a quantia exigida e, no dia em que voltam para pegar o dinheiro, a policial os prende em flagrante.  Todos, em princípio, acreditam serem os Baldessari os responsáveis pelo assassinato de Yaakov.

Entretanto, quando Emily começa a juntar uma série de fatos, chega à conclusão que a provável assassina e ladra é Mara, uma jovem que foi acolhida pela família.  Ao procurá-la, em companhia de Ariel, a encontra se preparando para fugir, tendo Leah como refém.  Os dois apelam para que ela solte Leah e fuja sozinha com as jóias roubadas, mas ela não os ouve.  Ao vê-la saindo com uma arma apontada para a cabeça de sua irmã, Ariel a mata com o revólver de Emily.

O rabino francês e sua família chegam para o casamento de Ariel.  Emily comparece à cerimônia e se retira em seguida.

imagem

Comentários

Embora não se trate de nada excepcional, "Uma Estranha Entre Nós" é um bom filme.  Realizado pelo cineasta Sidney Lumet, o filme acompanha as ações de uma policial de Nova York no seio de uma comunidade hassídica do Brooklyn, a fim de desvendar o mistério do desaparecimento de um jovem da comunidade.

Lumet realiza um ótimo trabalho, embora parta de um roteiro cheio de altos e baixos.  A primeira metade do filme é melhor que a segunda.  As cenas que envolvem os rituais religiosos são bem interessantes, principalmente para aqueles que não os conhecem.  Em contrapartida, aquelas que dizem respeito às ações policiais são as mais fracas.

No elenco, Lee Richardson e Mia Sara estão ótimos em seus pequenos papéis.  Embora seja difícil imaginar Melanie Griffith como uma policial de Nova York, ela não chega a desapontar.  Eric Thal, no papel de Ariel, apresenta altos e baixos em sua atuação.

CAA