Filmes por gênero

À PROCURA DO DESTINO (1965)

Inside Daisy Clover
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: O estranho mundo de Daisy Clover (Portugal)
Daisy Clover (França)
Daisy Clover, la jeune rebelle (Bélgica)
Lo strano mondo di Daisy Clover (Itália)
La rebelde (Espanha)
Intimidades de una adolescente (México)
Verdammte süße Welt (Alemanha)
En ung stjernes verden (Noruega)
Внутренний мир Дэйзи Кловер (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Música, Romance
Direção: Robert Mulligan
Roteiro: Gavin Lambert
Produção: Alan J. Pakula
Design Produção: Robert Clatworthy
Música Original: André Previn
Fotografia: Charles Lang
Edição: Aaron Stell
Figurino: Edith Head, Bill Thomas
Guarda-Roupa: Edith Head
Maquiagem: George Bau
Efeitos Sonoros: M.A. Merrick
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 1966

Elenco

Natalie Wood Daisy Clover
Christopher Plummer Raymond Swan
Robert Redford Wade Lewis / Lewis Wade
Ruth Gordon Sra. Clover
Roddy McDowall Walter Baines
Katharine Bard Melora Swan
Peter Helm Milton Hopwood
Betty Harford Gloria Clover Goslett
John Hale Harry Goslett
Harold Gould Policial
Ottola Nesmith Dolores
Edna Holland Cynara
Dee Carroll Enfermeira da Sra. Clover
Gertrude Flynn Enfermeira de Daisy
George N. Neise Diretor
Jeffrey Sayre Técnico

Prêmios

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Ruth Gordon)

Prêmio de Melhor Revelação Masculina (Robert Redford)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Ruth Gordon)

Oscar de Melhor Direção de Arte - Decoração de Cenários (Robert Clatworthy, George James Hopkins)

Oscar de Melhor Figurino (Edith Head, Bill Thomas)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Atriz em um Musical ou Comédia (Natalie Wood)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em 1936, na Califórnia, Daisy Clover, uma jovem rebelde de 15 anos, vive com sua mãe, em extrema pobreza, num velho trailer perto da praia. Às vezes, ela consegue ganhar alguns trocados vendendo fotografias de estrelas do cinema com autógrafos falsificados por ela mesma.

Como gosta de cantar, certo dia ela grava uma música em um rudimentar disco e o envia para um grande estúdio de Hollywood, onde o produtor Raymond Swan, após ouvi-lo, se mostra interessado e manda seu motorista buscá-la para submetê-la a um teste. Em seguida, ele resolve apostar no talento da jovem, mas impõe como condição, esconder sua origem humilde. Sua mãe é, então, internada num sanatório e Daisy é proibida de visitá-la.

Terminado seu primeiro filme, Daisy é lançada como a nova namoradinha da América, ganhando fama imediata. Quando Swan prepara uma festa em sua homenagem, ela conhece Wade Lewis, um ídolo das telas, e os dois terminam passando a noite juntos. Ao tomar conhecimento do ocorrido, Swan os chama em seu escritório para que expliquem tal comportamento, ocasião em que Wade anuncia sua intenção de se casar com Daisy.

Assim, os dois se casam, mas quando Daisy acorda na primeira manhã de sua lua de mel, Wade já não mais se encontra. Ao retornar à Hollywood, Daisy encontra-se com Melora, esposa de Swan, que lhe diz que Wade prefere os homens. De coração partido, Daisy tira sua mãe do sanatório e a leva para morar consigo em sua nova casa de praia, aonde dias depois ela vem a falecer.

Ao voltar a participar de um novo filme, Daisy sofre um esgotamento nervoso e o abandona. Swan a procura na casa da praia, para lhe falar sobre sua responsabilidade em relação ao novo filme, mas ela não lhe dá uma palavra. Depois que ele sai, ela tenta se matar ao inalar o gás de seu fogão, mas seu telefone a interrompe por três vezes. Na última vez, falando sozinha, ela diz que o príncipe das trevas pegou-lhe em seus braços e, por pouco, ela não se entregou. Afirmando que continua sendo a mesma jovem feliz, ajustada e educada, ela sai da casa e, ao caminhar pela praia, ouve uma forte explosão provocada pelo gás que esquecera de fechar.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Robert Mulligan, a partir de um roteiro escrito por Gavin Lambert, “À Procura do Destino” é um filme produzido pelas empresas Warner Brothers e Park Place Production em 1965. Sua trama, baseada num romance de Lambert, é muito bem construída e, na direção, Mulligan imprime um ritmo razoavelmente lento à narrativa.

A fotografia, a cores, assinada por Charles Lang é de muito boa qualidade, o mesmo ocorrendo com seu belo figurino, a cargo de Edith Head e Bill Thomas. No elenco, Ruth Gordon brilha no papel da mãe de Daisy Clover, seguida pelas ótimas atuações de Natalie Wood, Christopher Plummer, Robert Redford e Katharine Bard.

CAA