Filmes por gênero

EU TE MATAREI, QUERIDA! (1952)

My Cousin Ra
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Mi prima Raquel (Argentina)
Mi prima Rachel (Espanha)
A Minha Prima Raquel (Portugal)
Kusin Rachel (Suécia)
Meine Cousine Rachel (Alemanha)
Mia cugina Rachele (Itália)
Моя кузина Рэйчел (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Mistério, Romance
Direção: Henry Koster
Roteiro: Nunnally Johnson
Produção: Nunnally Johnson
Música Original: Franz Waxman
Direção Musical: Franz Waxman, Edward B. Powell
Fotografia: Joseph LaShelle
Edição: Louis R. Loeffler
Direção de Arte: John DeCuir, Lyle R. Wheeler
Figurino: Dorothy Jeakins
Guarda-Roupa: Charles Le Maire, Ed Ware
Maquiagem: Ben Nye, Frank Prehoda
Efeitos Sonoros: Alfred Bruzlin, Roger Heman Sr.
Efeitos Visuais: Ray Kellogg
Nota: 8.6
Filme Assistido em: 1999

Elenco

Olivia de Havilland Rachel Ashley
Richard Burton Philip Ashley
Audrey Dalton Louise Kendall
Ronald Squire Nicholas Kendall
George Dolenz Guido Rainaldi
John Sutton Ambrose Ashley
Tudor Owen Seecombe
J.M. Kerrigan Rev. Pascoe
Margaret Brewster Sra. Pascoe
Hamilton Camp Philip, aos 15 anos
Nicolas Koster Philip, aos 10 anos
Lumsden Hare Tamblyn

Prêmios

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Revelação Masculina (Richard Burton)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Ator Coadjuvante (Richard Burton)

Oscar de Melhor Fotografia em Preto e Branco (Joseph LaShelle)

Oscar de Melhor Direção de Arte - Decoração de Cenários (Lyle R. Wheeler, John DeCuir, Walter M. Scott)

Oscar de Melhor Figurino em Branco e Preto (Charles Le Maire, Dorothy Jeakins)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Atriz em um Drama (Olivia de Havilland)

Sinopse

O órfão Philip Ashley foi criado por seu primo solteiro, Ambrose. Eles moram em uma propriedade na Cornualha, que Philip espera herdar um dia. Ele ainda não tinha completado a idade quando Ambrose adoeceu. Para fugir do clima úmido, seu médico recomendou que ele passasse o inverno no exterior. Ambrose decide ir para a Itália. Philip deve ficar para administrar a propriedade.
 
Algum tempo depois, Ambrose escreve dizendo que conheceu Rachel, uma viúva e prima distante da família Ashley. Logo eles se casam. O advogado de Ashley, Sr. Kendall, avisa Philip que o casamento de Ambrose muda tudo. Assim, se ele e Rachel tiverem um filho, o filho herdará em vez de Philip.
 
Philip começa a se preocupar quando Ambrose deixa de escrever para ele. Dias depois, Philip recebe uma carta de Ambrose, com uma caligrafia muito trêmula. Nela, Ambrose comenta que está tendo terríveis dores de cabeça, bem como, que não confia mais em Rachel e acredita que ela está tendo um caso com Guido Rainaldi, um amigo de longa data. No final, ele implora a Philip que o resgate antes que seja tarde demais. Kendall lembra que o pai de Ambrose morreu de uma doença semelhante.
 
Philip pega o primeiro barco para a Itália, mas é tarde demais. A vila onde Ambrose e Rachel moravam está deserta, exceto por um criado que fala pouco inglês. Ambrose está morto. Após o funeral, Rachel fez as malas e saiu para ficar com os amigos. Philip visita o túmulo de Ambrose e também conhece Rainaldi, de quem ele não gosta imediatamente. Mais do que nunca, ele está convencido de que Rachel assassinou Ambrose para que ela pudesse colocar as mãos em seu dinheiro.
 
Ao chegar em casa, Philip descobre que Ambrose morreu antes que ele pudesse mudar seu testamento. Isso significa que Rachel não recebe nada. O Sr. Kendall não acredita que Ambrose foi assassinado. Ele acha mais provável que ele tenha morrido da mesma doença que matou seu pai, provavelmente um tumor cerebral.
 
Rachel quer vir fazer uma visita para poder devolver os pertences de Ambrose. A princípio, Philip se recusa a recebê-la. Ele é reprovado pelo Sr. Kendall, que diz que tudo que a mulher quer é ver a casa onde morava seu marido. Se ela não for bem-vinda lá, os Kendalls vão deixá-la ficar em sua casa.
 
Em seguida, Philip traça um plano para que Rachel o visite e ele possa confrontá-la com suas suspeitas. Ele está propositalmente longe de casa quando ela chega. Quando eles finalmente se encontram, ele fica surpreso com sua beleza e charme. Na ocasião, ela lhe fala sobre os últimos dias de Ambrose, quando ele estava delirando e acusando-a de espioná-lo. Philip pergunta sobre seus planos futuros. Ela realmente não tem nenhum, exceto o desejo de retornar à Itália. Philip percebe que ela tem muito pouco dinheiro e decide dar-lhe uma mesada.
 
 Embora o Sr. Kendall aprove o plano, ele acha que Philip está oferecendo muito à ela. Ele fez um trabalho investigativo e descobriu que Rachel é uma gastadora habitual. Mas Philip não se importa com isso. Ele agora quer que Rachel fique por muito tempo. Louise, filha do Sr. Kendall e amiga de Philip, não gosta de Rachel. Ela acha que primeiro Ambrose e agora Philip estão sendo enganados por uma mulher perigosa.
 
Com o passar do tempo, Philip fica obcecado por Rachel. O Sr. Kendall informa que Rachel está mandando toda a mesada para a Itália e está com o saldo negativo no banco. Philip prontamente ordena que ele aumente sua mesada. Ele e Rachel passam quase todo o tempo juntos. Ela pergunta se ele e Louise estão apaixonados e parece desapontada quando a resposta é não.
 
Philip já é maior de idade e um jantar comemorativo está planejado. Depois que ele e Rachel se beijam emocionados, ele decide entregar toda a propriedade a ela. O Sr. Kendall tenta impedi-lo, mas insiste que ela receba o que ela teria recebido se Ambrose tivesse vivido para mudar seu testamento. Rachel fica surpresa, mas concorda com o plano de Philip. Ela faz um testamento deixando tudo para Philip.  Louise diz a Philip que ele está se fazendo de idiota, mas ele não dá ouvidos. Na noite do jantar, ele presenteia Rachel com as joias da família Ashley que estavam guardadas no Banco. Ele também anuncia que eles vão se casar. Seus convidados ficam tão chocados que não sabem o que dizer. É óbvio que Philip está bêbado.
 
Na manhã seguinte, ele acorda se sentindo mal. Rachel devolveu as joias ao Sr. Kendall para que ele possa colocá-las de volta no Banco. Ela está muito zangada com Philip por fazer um espetáculo de si mesmo e constrangê-la. De alguma forma, Philip acredita que ela concordou em se casar com ele. Seu comportamento em relação a ela se torna feio e ameaçador. Rachel então contrata a filha do vigário, Mary Pascoe, para ser sua companheira durante o resto de sua estada. Ela não permitirá que Philip a veja sozinha.
 
Logo Philip adoece com febre alta. Ele sonha que agora ele e Rachel estão casados. Ela cuida dele durante a doença. Quando a febre finalmente cede, Rachel está sentada ao lado da cama. Ela oferece a ele uma bebida gelada feita de limão que ela mandou de Londres. Sua doença confundiu o médico local, que nunca tinha visto um caso de meningite. Rachel tinha visto isso muitas vezes na Itália e conhecia o tratamento adequado. No final, Philip pergunta a Rachel quando eles podem anunciar seu casamento.
 
 

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Henry Koster, a partir de um roteiro escrito por Nunnally Johnson, "Eu te Matarei, Querida" é um filme norte-americano produzido em 1952 pela Twentieth Century Fox.
 
Sua trama, baseada  num romance de Daphne du Maurier, tem como pano de fundo a costa selvagem e rochosa da Cornualha. Richard Burton, em seu primeiro papel no cinema americano, faz o papel de um jovem inglês angustiado, dividido entre a suspeita sombria e a paixão incontrolável pela viúva de seu tutor, a sedutora e misteriosa Rachel, interpretada maravilhosamente pela inesquecível Olivia de Havilland.
 
CAA