Filmes por gênero

O MERCADOR DE ALMAS (1958)

The long, hot summer
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Paixões que escaldam (Portugal)
Les feux de l'été (França, Canadá)
La lunga estate calda (Itália)
El largo y cálido verano (Espanha)
Un largo y ardiente verano (Venezuela)
Noche larga y febril (Uruguai)
Der lange heiße Sommer (Alemanha)
Lång, het sommar (Suécia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama
Direção: Martin Ritt
Roteiro: Irving Ravetch, Harriet Frank Jr.
Produção: Jerry Wald
Música Original: Alex North
Direção Musical: Lionel Newman
Fotografia: Joseph LaShelle
Edição: Louis R. Loeffler
Direção de Arte: Lyle R. Wheeler, Maurice Ransford
Figurino: Adele Palmer
Guarda-Roupa: Charles Le Maire
Maquiagem: Ben Nye
Efeitos Sonoros: Harry M. Leonard, E. Clayton Ward
Efeitos Especiais: Ray Deter
Efeitos Visuais: L.B. Abbott
Nota: 8.5
Filme Assistido em: 1960

Elenco

Paul Newman Ben Quick
Joanne Woodward Clara Varner
Anthony Franciosa Jody Varner
Orson Welles Will Varner
Lee Remick Eula Varner
Angela Lansbury Minnie Littlejohn
Richard Anderson Alan Stewart
Sarah Marshall Agnes Stewart
Mabel Albertson Elizabeth Stewart
J. Pat O'Malley Ratliff
Bill Walker Lucius
Robert Adler Motorista da Ambulância
Val Avery Wilk
Brian Corcoran Harry Peabody
Lee Erickson Tom Shortly
Byron Foulger Harris
I. Stanford Jolley Houston
Nicholas King John Fishe
Victor Rodman Juiz de Paz
Steve Widders Buddy Peabody

Prêmios

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio de Melhor Ator (Paul Newman)

Indicações

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio Palma de Ouro (Martin Ritt)

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Martin Ritt)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Roteiro de um Drama Americano (Irving Ravetch, Harriet Frank Jr.)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Ben Quick é um jovem de boa aparência com atitude rebelde e amoral, obrigado a ter que deixar uma cidade por ser considerado um incendiário. Num escaldante verão, ele chega à Frenchman's Bend, no Estado do Mississippi, pegando carona na estrada com as irmãs Clara e Eula Varner.

Uma vez lá, ele pergunta a um grupo de moradores "como um homem poderia ganhar a vida ali", ocasião em que lhe indicam a fazenda do pai das duas jovens, Will Varner, que controla a região. Na fazenda, ele reencontra as irmãs que lhe deram carona e fala com o irmão mais velho delas, Jody. Este lhe propõe um acordo que não envolve salário: ele irá trabalhar como meeiro e deverá usar uma conta no armazém dos Varner, no qual Jody é o gerente.

Ao retornar do Hospital, Will Varner fica sabendo desse acordo e briga com o filho, humilhando-o, pois conhecia a fama de Ben como incendiário. Em seguida, Varner vai ao encontro do jovem, mas não o expulsa pois simpatiza com ele, que dentre outras coisas lhe pergunta: "quem quer que eu mate?".

Varner, então, coloca Ben como gerente da loja no lugar de Jody e, ao notar o interesse dele por Clara, pressiona a filha para que se case de uma vez com seu refinado vizinho, com quem namora há seis anos, ou então fique com Ben.

Jody e Clara resolvem confrontar Ben e o pai. E o ódio de Jody parece ser mortal.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta nova-iorquino Martin Ritt, “O Mercador de Almas” é um ótimo filme do cinema americano do final dos anos 50. Por trás de sua câmera, Ritt nos brinda com uma excelente direção. Por outro lado, Alex North nos oferece uma bela trilha sonora, com ênfase para a canção-título escrita por Sammy Cahn e interpretada por Jimmie Rodgers. Entre os demais quesitos técnicos, devo ainda citar a esplêndida fotografia de Joseph LaShele.

Quanto ao elenco, o mesmo é de primeiríssima grandeza, com nomes como os de Orson Welles, Paul Newman, Joanne Woodward, Angela Lansbury e Lee Remick. Por sua interpretação, Newman foi agraciado com o Prêmio de Melhor Ator do Festival Internacional de Cannes.

A título de curiosidade, na época os atores Paul Newman e Joanne Woodward viveram um romance na vida real.

CAA