Filmes por gênero

DELA GUARDEI UM BEIJO (1955)

Bedevilled
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Aventura em Paris (Portugal)
Boulevards de Paris (França)
Il dubbio dell'anima (Itália)
Nachts auf den Boulevards (Austria, Alemanha)
Natt på boulevarden (Suécia)
Bulevardien öitä (Finlândia)
Uwiklany (Polônia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Crime, Drama
Direção: Mitchell Leisen
Roteiro: Jo Eisinger
Produção: Henry Berman
Música Original: William Alwyn
Direção Musical: Muir Mathieson
Fotografia: Freddie Young
Edição: Frank Clarke
Direção de Arte: Alfred Junge
Figurino: Helen Rose, Jean Desses
Maquiagem: Charles E. Parker
Efeitos Sonoros: A.W. Watkins
Efeitos Visuais: Tom Howard
Nota: 6.9
Filme Assistido em: 1966

Elenco

Anne Baxter Monica Johnson
Steve Forrest Gregory Fitzgerald
Simone Renant Francesca
Maurice Teynac Trevelle
Robert Christopher Tony Lugacetti
Joseph Tomelty Padre Cunningham
Victor Francen Padre Du Rocher
Jean Ozenne Padre no Seminário
John Van Dreelen Michel Trevelle
Ina de la Haye Mama Lugacetti
Jacques Hilling Motorista de táxi
Olivier Hussenot Gerente do Hotel Remy
Raymond Bussières Porteiro
Joseph Cotten Anunciador de vôos no Aeroporto (voz)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

No aeroporto de Nova York, Gregory Fitzgerald e Tony Lugacetti preparam-se para viajar para Paris, a caminho do estudo do sacerdócio em Montmarte. Enquanto Tony se despede de sua grande família, Gregory admite ao padre Cunningham, que ainda tem suas dúvidas e que se acha mais assustado do que quando esteve prisioneiro na guerra da Coréia.

No avião, Gregory encontra a famosa designer francesa, Francesca, que flerta com ele e, sem saber de seus planos para o sacerdócio, lhe dá seu endereço. Ao chegarem à Paris, Gregory e Tony ligam para o padre Du Rocher antes de se instalarem em um hotel. Mais tarde, enquanto Tony se recupera de seu enjoo, Gregory vai ao encontro do padre Du Rocher para um jantar. Ele compartilha um táxi com a americana Monica Johnson que, nervosa, ao sair do táxi às pressas, deixa cair sua medalha de São Cristóvão.

Gregory a segue até a boate onde ela trabalha como cantora e a procura para devolver-lhe a medalha. Na ocasião, ela é questionada pela polícia, quando afirma ter passado as últimas horas em companhia dele. Depois que os policiais se retiram, Gregory a confronta a respeito de sua mentira, enquanto ela apressadamente arruma uma mala, sem lhe dar uma única palavra.

Em seguida, ao saírem furtivamente por um beco, um homem tenta agarrar Monica, mas Gregory o afasta. Ela, então, lhe implora para acompanhá-la até o aeroporto, pedindo-lhe para permanecer ao seu lado até ela conseguir deixar a cidade. Ao pararem em seu hotel, no entanto, ela desaparece enquanto três homens questionam Gregory sobre seu paradeiro e, em seguida, o deixam desacordado. No início da manhã seguinte, Tony chama Francesca, preocupado por Gregory não ter retornado ao hotel.

O padre Du Rocher suspeita que Francesca esteja mentindo ao dizer que não viu Gregory, e questiona a aptidão moral dele para o sacerdócio. Enquanto isso, no hotel de Monica, o marido da zeladora diz a Gregory que ela telefonou e que se encontra no túmulo de Napoleão. Preocupado, ele pega um taxi e se dirige para o local onde se encontra o túmulo, nos Invalides. Ao chegar lá, ela lhe diz que, na noite anterior, testemunhara um assassinato e que está sendo perseguida por um homem chamado Trevelle, que erroneamente acredita que ela possa identificar o assassino.

Gregory exorta-a a ir à polícia, mas Monica acredita que não tem chances contra o bem-conectado Trevelle. Depois de tentar em vão embarcar Monica em um voo para fora de Paris, Gregory a leva até seu hotel, onde um funcionário lhe dá o endereço de uma pousada nas favelas de Paris, onde, por uma pequena taxa, ela poderá se esconder anonimamente. Naquela noite, Monica revela sua atração por Gregory, mas ele resiste aos seus avanços sem lhe falar sobre sua vocação.

Preocupado, Tony procura Gregory e o aconselha a pedir os conselhos do padre Du Rocher ou de Francesca, mas ele insiste em resolver a situação sozinho. De volta ao quarto, Monica se agarra a Gregory, com medo, e ele sucumbe brevemente a um abraço. No dia seguinte, ele procura Francesca, a quem pede ajuda para que Monica consiga chegar à fronteira. Enquanto isso, Tony retorna ao esconderijo em companhia do padre Du Rocher, ocasião em que informa Monica que ele e Gregory estão prestes a entrar para o Seminário.

No dia seguinte, Francesca leva Gregory para ver Trevelle, ocasião em que este informa que seu irmão Michael foi assassinado duas noites antes, enquanto Monica se encontrava em seu apartamento. Trevelle assegura a Gregory que ele não será mais seguido, mas envia seus homens depois que ele sai, para preocupação de Francesca. Gregory retorna ao esconderijo e fala à Monica sobre seu encontro com Trevelle, ocasião em que ela admite que se envolveu com o irmão dele até descobrir que ele era casado e, friamente, o chama de Padre Fitzgerald e o reprova por deixá-la se apaixonar por ele.

Ao verem os homens de Trevelle se aproximarem do hotel, os dois se refugiam numa igreja, onde o padre Du Rocher encontra-se celebrando uma missa. Os homens de Trevelle os seguem e, ao final da missa, Gregory se aproxima do sacerdote e pede refúgio para Monica. O padre a coloca sob os cuidados de sua governanta e aconselha Gregory a ouvir seu coração, a fim de descobrir o que ele realmente pretende fazer de sua vida.

Ao visitar Monica, ela finalmente confessa que matou o irmão de Trevelle, Michael. No entanto, explica que, depois de se separar de Michael, ela se tornou noiva de outro homem que, procurado por ele, terminou acabando com seu relacionamento. Indignada, ela o enfrentou e, ao ser ameaçada por ele, o matou usando sua própria arma.

No meio da noite, enquanto Gregory dorme do lado de fora do quarto dela, Monica deixa a igreja e é abatida na rua. Gregory corre ao seu encontro e ela morre em seus braços.

Finalmente, no seminário, ele pensa no futuro de sua nova vida.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Mitchell Leisen, a partir de um roteiro escrito por Jo Eisinger, “Dela Guardei um Beijo” é um filme norte-americano produzido pela Metro-Goldwyn-Mayer (MGM) em 1955. Sua trama, baseada numa estória do próprio Eisinger, conta o drama vivido por um ex-militar norte-americano, que lutara na guerra da Coreia, ao viajar com um amigo para Paris, onde pretende entrar para um seminário com a intenção de seguir uma vida religiosa.

Na direção, Leisen realiza um trabalho apenas razoável, pecando principalmente pelo ritmo por ele imposto à narrativa. Por outro lado, a fotografia de Freddie Young é de muito boa qualidade, tirando proveito das deslumbrantes vistas de Paris. O suspense, apresentado pela trama, não está ligado a situações de risco de vida, mas à expectativa em relação ao futuro do ex-militar, ou seja, se ele manterá sua intenção de seguir uma vida religiosa, ou se desistirá da mesma por conta de uma mulher. No elenco, destacam-se as atuações de Ann Baxter e Steve Forrest, embora a química entre eles seja basicamente inexistente.

CAA