Filmes por gênero

DUNKIRK (2017)

Dunkirk
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Dunkerque (Argentina)
Batalia de la Dunkirk (România)
Cuộc Di Tản Dunkirk (Vietnã)
敦克爾克大行動 (Taiwan)
Dunkierka (Polônia)
Diunkerkas (Lituânia)
Дюнкерк (Rússia)
Pais: Reino Unido, Estados Unidos, França, Holanda
Gênero: Ação, Drama, Guerra, Histórico
Direção: Christopher Nolan
Roteiro: Christopher Nolan
Produção: John Bernard, Erwin Godschalk, Jake Myers e outros
Design Produção: Nathan Crowley
Música Original: Hans Zimmer
Fotografia: Hoyte Van Hoytema
Edição: Lee Smith
Direção de Arte: Toby Britton, Oliver Goodier, Kevin Ishioka e outros
Figurino: Jeffrey Kurland
Guarda-Roupa: Mark Almond, John Casey, Beth Herd e outros
Maquiagem: Luisa Abel, Jessica Brooks e outros
Efeitos Sonoros: Peter Albrechtsen, David Bach, Andrew Bock e outros
Efeitos Especiais: Matthew G. Armstrong, Karine Branco, Ian Corbould e outros
Efeitos Visuais: Aditi Agrawal, Dale Alexander, Daniel Arkin e outros
Nota: 9.3
Filme Assistido em: 2018

Elenco

Fionn Whitehead Tommy
Damien Bonnard Soldado francês
Aneurin Barnard Gibson
Lee Armstrong Granadeiro
James Bloor Soldado
Barry Keoghan George
Mattew Marsh Almirante
James D'Arcy Coronel Winnant
Kenneth Branagh Comandante Bolton
Adam Long Sub-tenente
Tom Nolan Tenente
Miranda Nolan Enfermeira
Michel Biel Soldado francês
Mark Rylance Sr. Dawson
Tom Glynn-Carney Peter
Billy Howle Oficial Petty
Tom Hardy Farrier
Constantin Balsan Soldado
Mikey Collins Soldado
Luke Thompson Warrent
Jack Lowden Collins

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Edição (Lee Smith)

Oscar de Melhor Edição de Som (Richard King e Alex Gibson)

Oscar de Melhor Edição de Efeitos Sonoros (Richard King e Alex Gibson)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhores Efeitos Sonoros (Richard King, Gary Rizzo, Alex Gibson e outros)

Academia Australiana do Cinema e Televisão, Austrália

Prêmio AACTA de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Prêmios AFI, Los Angeles, Estados Unidos

Prêmio AFI de Melhor Filme do Ano

Editores do Cinema Americano, USA

Prêmio Eddie de Melhor Edição de um Drama (Lee Smith)

Prêmios da Sociedade de Críticos de Cinema de Atlanta, USA

Prêmio de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmios da Associação Catalã de Críticos de Arte - Barcelona

Prêmio ACCA de Melhor Trilha Sonora (Hans Zimmer)

Prêmio de Melhores Efeitos Sonoros (Mark Weingarten, Gregg Landaker, Gary A. Rizzo)

Prêmio ACCA de Melhor Edição (Lee Smith)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Boston

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmios Capri - Capri, Itália

Prêmio Capri de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Diretor (Christopher Nolan)

Prêmios David di Donatello, Itália

David de Melhor Filme Estrangeiro (Christopher Nolan)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Denver, Colorado, EUA

Prêmio de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original (Hans Zimmer)

Círculo dos Críticos de Cinema de Dublin, Irlanda

Prêmio de Melhor Filme (Christopher Nolan)

Prêmio de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Festival da Ilha de Faro - Suécia

Prêmio Golden Carp Internacional de Melhores Efeitos Visuais e Sonoros

Círculo dos Críticos de Cinema da Flórida, USA

Prêmio de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Prêmio de Melhor Filme

Fotogramas de Plata, Madrid, Espanha

Fotogramas de Plata de Melhor Filme Estrangeiro (Christopher Nolan)

Prêmios Gaudi, Barcelona, Espanha

Prêmio Gaudi de Melhor Filme Europeu (Christopher Nolan)

Associação dos Críticos de Cinema da Georgia, EUA

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original (Hans Zimmer)

Prêmios Gold Derby

Prêmio de Melhor Edição (Lee Smith)

Prêmio Gold Derby de Melhores Efeitos Sonoros (Gregg Landaker, Gary A. Rizzoe outros)

Prêmios Golden Trailer, Estados Unidos

Prêmio Golden Trailer de Melhor Drama (Paramount e Buddha Jones)

Sociedade dos Críticos de Cinema do Hawaii

Prêmio de Melhor Edição (Lee Smith)

Círculo de Críticos de Cinema de Londres, Inglaterra

Prêmio Filme Britânico do Ano

Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles, EUA

Prêmio de Melhor Edição (Lee Smith)

National Board of Review, USA

Prêmio NBR dos 10 Melhores Filmes

Sociedade dos Críticos de Cinema de Phoenix, Arizona, USA

Prêmio de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Sociedade dos Críticos de Cinema de San Diego, USA

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmios Satellite, Los Angeles

Prêmio Golden Satellite de Melhores Efeitos Sonoros (Mark Weingarten, Gregg Landaker, Gary A. Rizzo)

Associação dos Críticos de Cinema do Sudeste, Estados Unidos

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Associação dos Críticos de Cinema de Utah, USA

Prêmio de Melhor Diretor (Christopher Nolan)

Associação dos Críticos de Cinema de Washington DC

Prêmio de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme (Emma Thomas e Christopher Nolan)

Oscar de Melhor Trilha Sonora (Hans Zimmer)

Oscar de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Oscar de Melhor Design de Produção (Nathan Crowley e Gary Fettis)

Oscar de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama (Christopher Nolan)

Prêmio de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original (Hans Zimmer)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Edição (Lee Smith)

Prêmio de Melhor Filme (Christopher Nolan e Emma Thomas)

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmio de Melhores Efeitos Visuais Especiais (Scott R. Fisher e Andrew Jackson)

Prêmio David Lean de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Prêmio de Melhor Música (Hans Zimmer)

Prêmio de Melhor Design de Produção (Nathan Crowley e Gary Fettis)

Academia Australiana do Cinema e Televisão, Austrália

Prêmio AACTA de Melhor Filme

Prêmio AACTA de Melhor Ator Coadjuvante (Tom Hardy)

Prêmio AACTA de Melhor Roteiro Original (Christopher Nolan)

Academia de Filmes de Ficção Científica, Fantasia e Horror, USA

Prêmio de Melhor Filme de Ação, Aventura e Suspense

Grêmio dos Diretores de Arte, Los Angeles, Califórnia, USA

Prêmio Excelência em Design de Produção (Nathan Crowley, Kevin Ishioka e outros)

Prêmios da Sociedade de Críticos de Cinema de Atlanta, USA

Prêmio de Melhor Filme (2º lugar)

Associação dos Críticos de Cinema de Austin, USA

Prêmio de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Hans Zimmer)

Prêmio dos 10 Melhores Filmes (6º lugar)

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Academia Japonesa de Cinema, Japão

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira

Prêmios Bodil - Copenhague, Dinamarca

Bodil de Melhor Filme Não Americano (Christopher Nolan)

Prêmios da Broadcast Film Critics Association, USA

Prêmio da Crítica de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Design de Produção (Nathan Crowley e Gary Fettis)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original (Hans Zimmer)

Prêmio de Melhores Efeitos Visuais

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original (Hans Zimmer)

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmio de Melhor Edição (Lee Smith)

Prêmio de Melhor Direção de Arte / Design de Produção

Grande Prêmio Brasileiro de Cinema, Brasil

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Christopher Nolan)

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Filme Estrangeiro (Christopher Nolan)

Associação dos Críticos de Cinema de Dallas-Fort Worth - USA

Prêmio de Melhor Filme (6º lugar)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Hans Zimmer (2º lugar))

Prêmio de Melhor Direção (Christopher Nolan (3º lugar))

Prêmios Robert da Dinamarca - Copenhague

Prêmio Robert de Melhor Filme Não Americano (Christopher Nolan)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Denver, Colorado, EUA

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhores Efeitos Visuais

Sociedade dos Críticos de Cinema de Detroit, EUA

Prêmio de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Christopher Nolan)

Círculo dos Críticos de Cinema de Dublin, Irlanda

Prêmio de Melhor Roteiro (Christopher Nolan)

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmios Empire, Reino Unido

Prêmio Empire de Melhor Filme Britânico

Prêmio Empire de Melhor Design de Produção

Festival da Ilha de Faro - Suécia

Prêmio Golden Carp Internacional de Melhor Ator Coadjuvante (Tom Hardy)

Prêmio Golden Carp Internacional de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmio Golden Carp Internacional de Melhor Design de Produção (Gary Fettis e Nathan Crowley)

Círculo dos Críticos de Cinema da Flórida, USA

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmio de Melhores Efeitos Visuais

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Hans Zimmer)

Prêmio de Melhor Direção de Arte/Design de Produção (Nathan Crowley e Gary Fettis)

Associação dos Críticos de Cinema da Georgia, EUA

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Design de Produção (Nathan Crowley e Gary Fettis)

Prêmio de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Prêmios Globes de Cristal, França

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Christopher Nolan)

Prêmios Gold Derby

Prêmio Gold Derby de Melhor Filme (Emma Thomas e Christopher Nolan)

Prêmio Gold Derby de Melhor Design de Produção (Nathan Crowley e Gary Fettis)

Prêmio Gold Derby de Melhor Trilha Sonora (Hans Zimmer)

Prêmio Gold Derby de Melhores Efeitos Visuais (Scott R. Fisher, Andrew Jackson e outros)

Prêmio Gold Derby de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Prêmio Gold Derby de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmios Golden Eagle, Rússia

Prêmio Golden Eagle de Melhor Filme Estrangeiro

Prêmios Golden Schmoes

Prêmio Golden Schmoes de Filme Favorito do Ano

Prêmio de Melhor Diretor do Ano (Christopher Nolan)

Prêmio de Melhor Música em um Filme

Prêmios Grammy, EUA

Grammy de Melhor Trilha Sonora Original (Hans Zimmer)

Sociedade dos Críticos de Cinema do Hawaii

Prêmio de Melhor Direção de Arte (Nathan Crowley e Gary Fettis)

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmio de Melhores Efeitos Visuais

Sociedade dos Críticos de Cinema de Houston, EUA

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Hans Zimmer)

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmio de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Prêmios dos Críticos de Cinema de Iowa, USA

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Las Vegas

Prêmio Sierra de Melhor Filme (6º lugar)

Prêmio Sierra de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Círculo de Críticos de Cinema de Londres, Inglaterra

Prêmio Filme do Ano

Prêmio Diretor do Ano (Christopher Nolan)

Editores de Som de Filmes, Estados Unidos

Prêmio Golden Reel de Melhor Edição de Som (Hugo Weng, David Bach e Russell Farmarco)

Associação dos Críticos de Cinema de North Texas

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Mark Rylance)

Prêmio de Melhor Direção (Christopher Nolan (3º lugar))

Prêmio de Melhor Filme (5º lugar)

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema (3º lugar))

Círculo dos Críticos de Cinema de Oklahoma, USA

Prêmio de Melhor Filme (4º lugar)

Prêmios PGA, Los Angeles, Califórnia, USA

Prêmio PGA de Melhor Produção para a Televisão (Emma Thomas e Christopher Nolan)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Phoenix, Arizona, USA

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Fotografia

Prêmio de Melhor Design de Produção

Associação dos Críticos de Cinema de Washington DC

Prêmio de Melhor Direção (Christopher Nolan)

Sinopse

Durante a 2ª Guerra Mundial, os exércitos britânico e francês têm mais de 400.000 soldados presos em Dunquerque, enquanto esperam pelo milagre de um resgate, ou até morrerem.
 
1. The Mole (uma semana)
 
Seis soldados britânicos caminham pelas ruas desertas de Dunquerque. Eles estão procurando comida, suprimentos e água em casas abandonadas quando são alvejados por soldados alemães invisíveis. Cinco dos homens são mortos, exceto um, Tommy. Ele escapa do tiroteio e chega à praia, onde milhares de soldados britânicos se enfileiram nas praias esperando para serem evacuados, enquanto algumas centenas de outros soldados estão mortos, espalhados pela praia. Tommy tenta encontrar um local para se aliviar, quando vê um jovem soldado, Gibson, enterrando outro soldado na areia. Tommy vai ajudá-lo.
 
Os outros soldados olham para cima enquanto os aviões bombardeiros de mergulho alemães Stuka Ju.87 voam sobre sua cabeça e começam a lançar bombas. Muitos homens são atingidos e mortos ou feridos, e Tommy se prepara para cair também, mas as bombas não o acertam. Em seguida, ele encontra um soldado ferido deixado para morrer. Ele e Gibson fingem ser médicos para carregar o soldado a bordo do navio que cuida dos feridos para que possam ser evacuados. Eles passam por um grupo de soldados franceses que tentam entrar, mas estão sendo impedidos. Tommy e Gibson não têm permissão para entrar no barco com o soldado ferido que carregavam, mas eles conseguem se esconder até que a próxima embarcação chegue para eles. O barco no qual eles estavam tentando embarcar é atacado por mais aeronaves alemães e afundado, mas eles salvam um soldado, chamado Alex, de ser esmagado. 
 
Enquanto isso, o Comandante Bolton da Marinha Real e o Coronel Winnant estão nas docas para negociar o resgate e o retorno seguro dos soldados. Eles optam por usar barcos para trazê-los de volta, mas determinam que uma toupeira é o único caminho viável para os destruidores.
 
Tommy, Gibson e Alex se reúnem em outro navio da Cruz Vermelha britânica. Eles recebem um pouco de comida e água. Alex encontra Tommy e percebe Gibson andando por aí, parecendo inquieto. O barco é atingido por um torpedo e a água começa a inundar o convés inferior. Enquanto o navio afunda, Gibson sai do navio e consegue abrir a escotilha para Tommy, Alex e outros homens saírem em segurança.
 
De volta à praia, os soldados britânicos sobreviventes se juntam a um pequeno grupo de soldados escoceses que se dirigem a um barco. Os soldados britânicos se escondem lá, mas como estão tecnicamente em terras alemães, logo são atingidos por balas de soldados alemães, usando o barco como alvo. Os buracos começam a vazar na água. Alex sugere que joguem Gibson para aliviar o barco, chegando a acusá-lo de ser um espião alemão, já que ele não falou o tempo todo, possivelmente para disfarçar seu sotaque. Falando pela primeira vez, Gibson se revela francês e que tirou o uniforme e que etiquetou outro soldado, que estava enterrando, para que pudesse ser evacuado. O barco flutua para fora de Dunquerque, mas logo começa a afundar. Os soldados conseguem escapar, exceto Gibson, que se afoga. 
 
2. O Mar (um dia)
 
A Marinha Real começa a assumir o controle de barcos particulares em um esforço para resgatar os soldados presos em Dunquerque. Um marinheiro, chamado Sr. Dawson, embarca em seu próprio navio com seu filho adolescente Peter, em vez de permitir que os oficiais da Marinha o comandem por conta própria. Os dois se juntam a seu jovem ajudante George, que garante ao Sr. Dawson que ele pode ser útil para eles.
 
O barco passa por um navio britânico naufragado. Eles encontram um soldado em estado de choque na água. O Sr. Dawson pergunta seu nome, mas o soldado fica em silêncio. George tenta cuidar dele com um pouco de chá, mas o soldado o arranca de sua mão.  Quando o soldado descobre com o Sr. Dawson que eles estão indo para Dunquerque, o soldado tenta desesperadamente tomar o controle do barco do Sr. Dawson. A luta que se segue faz com que George caia no fundo do barco e bata com a cabeça com força. Peter vai cuidar de seus ferimentos, enquanto o soldado para e fica quieto. George, gradualmente, começa a perder sua visão. Peter conta a seu pai, mas o Sr. Dawson diz que eles vieram de muito longe para pedir ajuda.
 
3. O Ar (uma hora)
 
Três pilotos Spitfire voam sobre o mar para fornecer apoio aéreo às tropas. O líder do esquadrão, mais os pilotos Farrier e Collins, avistam ME 109 caças alemães no céu e vão atrás deles. Um dos alemães atira no líder do esquadrão, deixando Farrier e Collins por conta própria. O medidor de combustível de Farrier está quebrado, obrigando-o a economizar combustível e derrubar o avião inimigo. Por outro lado, o avião de Collins é abatido e ele se dirige para a água. Ele tenta se libertar da cabine, mas quase se afoga. Collins é libertado por Peter, pois o barco de seu pai conseguiu alcançá-lo a tempo e eles trazem Collins para bordo.
 
Mais barcos britânicos particulares aparecem nas águas para resgatar os soldados. Os soldados avistam um caça-minas e seguem em direção a ele até  serem atingidos por um dos bombardeiros alemães. A água se enche de óleo à medida que os soldados passam por ela, nadando, e se cobrem antes de pegar fogo, matando vários homens. Farrier consegue abater o bombardeiro alemão, enquanto ele fica sem combustível, seguindo em direção à praia para fazer um pouso seguro. Enquanto isso, Peter, Collins e o soldado trêmulo puxam tantos homens quanto podem para o barco, incluindo Alex e Tommy.
 
Depois de destruir outro bombardeiro alemão, Farrier pousa seu avião lentamente na costa. Em seguida, ele ateia fogo em seu avião e logo é capturado por soldados alemães. Os Dawsons voltam para casa após o resgate. Peter pega uma foto de George e a leva ao jornal local, para que ele seja lembrado como um herói. Por outro lado, Bolton e Winnant mencionam ter salvado 338.000 homens depois de planejarem resgatar apenas 30.000.
 
Na Inglaterra, os soldados britânicos são mandados para casa em um trem. Alex acha que eles serão recebidos com desprezo ao retornarem derrotados. Ele vê um jornal com uma mensagem de Winston Churchill sobre a evacuação e, incapaz de lidar com o desprezo, pede a Tommy que leia. Enquanto Tommy o lê ao entrar na estação, um homem se aproxima da janela e entrega duas cervejas a Alex. Outras pessoas acolhem os soldados com aplausos.  Tommy termina de ler a declaração de Churchill, que elogia a bravura e os esforços dos soldados e a fuga milagrosa de que acabaram de participar. No entanto, a citação continua para lembrar ao público que evacuações por si só não ganham guerras, mas concluem com o voto de nunca se render.

imagem

Comentários

Escrito e dirigido pelo cineasta Christopher Nolan, "Dunkirk" é um filme produzido em 2017 pelas empresas Warner Bros., Dombey Street Productions, dentre outras.
 
Na direção, Nolan realiza um trabalho marcado por uma boa dose de suspense, embora, em algumas sequências, o espectador toma conhecimento antecipado do que vai ocorrer. O filme conta, ainda, com uma bela fotografia, a cargo de Hoyte Van Hoytema, e uma ótima trilha sonora assinada por Hans Zimmer. No elenco, com ótimas atuações, destacam-se Cillian Murphy, Mark Rylance e Tom Hardy.
 
CAA