Filmes por gênero

SELMA: UMA LUTA PELA IGUALDADE (2014)

Selma

Ficha Técnica

Outros Títulos: Selma: El poder de un sueño (Argentina)
Selma - La strada per la libertà (Itália)
Селма (Bulgária)
Сельма (Ucrânia)
Selma: A Marcha da Liberdade (Portugal)
Özgürlük Yürüyüşü (Turquia)
グローリー 明日への行進 (Japão)
逐夢大道 (Taiwan)
Pais: Estados Unidos, Reino Unido, França
Gênero: Biográfico, Drama, Histórico
Direção: Ava DuVernay
Roteiro: Paul Webb
Produção: Christian Colson, Dede Gardner, Jeremy Kleiner e outros
Design Produção: Mark Friedberg
Música Original: Jason Moran
Direção Musical: Morgan Rhodes, Tracy McKnight, Matthias Gohl e outros
Fotografia: Bradford Young
Edição: Spencer Averick
Direção de Arte: Kim Jennings
Figurino: Ruth E. Carter
Guarda-Roupa: Josie Works, Dana Kay Hart, Ricardo Richard e outros
Maquiagem: Beverly Jo Pryor, Kierston Clark, Vonda K. Morris e outros
Efeitos Sonoros: Christopher Assells, Willie D. Burton, Mark Coffey e outros
Efeitos Especiais: Scott Willis, Caius Man, Tim Burton e outros
Efeitos Visuais: Karina Benesh, Wayne Billheimer, Justin Tatsuo Chan e outros
Nota: 9.0
Filme Assistido em: 2015

Elenco

David Oyelowo Dr. Martin Luther King, Jr.
Carmen Ejogo Coretta Scott King
Jim France Gunnar Jahn
Trinity Simone Adolescente
Mikeria Howard Adolescente
Jordan Rice Adolescente
Ebony Billups Adolescente
Nadej K. Bailey Adolescente
Oprah Winfrey Annie Lee Cooper
Tom Wilkinson Presidente Lyndon B. Johnson
Haviland Stillwell Secretária do Presidente
Giovanni Ribisi Lee White
André Holland Andrew Young
Ruben Santiago-Hudson Bayard Rustin
Colman Domingo Ralph Abernathy
Omar J. Dorsey James Orange
Tessa Thompson Diane Nash
Lorraine Toussaint Amelia Boynton
David Dwyer Wilson Baker
E. Roger Mitchell Frederick Reese
Dylan Baker J. Edgar Hoover
Ledisi Young Mahalia Jackson
Kent Faulcon Sullivan Jackson
Stormy Merriwether Filha de Jackson
Niecy Nash Richie Jean Jackson
Corey Reynolds Rev. C.T. Vivian
Wendell Pierce Rev. Hosea Williams
John Lavelle Roy Reed
Stephan James John Lewis
Trai Byers James Forman
LaKeith Stanfield Jimmie Lee Jackson
Henry G. Sanders Cager Lee
Charity Jordan Viola Lee Jackson
Stan Houston Sheriff Jim Clark
Tim Roth Gov. George Wallace
Nigel Thatch Malcolm X
Stephen Root Coronel Al Lingo
Michael Papajohn Major Cloud
Jeremy Strong James Reeb
Elizabeth Diane Wells Marie Reeb
Tara Ochs Viola Liuzzo
Harry Belafonte Ele próprio
Tony Bennett Ele próprio
Sammy Davis Jr. Ele próprio
Ken Dohse Repórter

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Canção Original (John Legend, Lonnie Lynn)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Canção Original (John Legend, Lonnie Lynn)

Prêmios AFI, Los Angeles, Estados Unidos

Prêmio AFI de Melhor Filme do Ano (Ava DuVernay)

Prêmios BET - Estados Unidos

Prêmio BET de Melhor Filme

Prêmios da Broadcast Film Critics Association, USA

Prêmio de Melhor Canção (Common, John Legend, Canção: "Glory")

Associação dos Críticos de Cinema de Ohio, USA

Prêmio de Melhor Direção (Ava DuVernay)

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Paul Webb)

Prêmio de Melhor Filme

Associação dos Críticos de Cinema da Georgia, EUA

Prêmio de Melhor Canção Original (Glory)

Prêmio de Melhor Canção Original (Ava DuVernay, Paul Webb)

Prêmios Gold Derby

Prêmio de Melhor Canção Original (Common, John Legend, por "Glory")

Prêmios Golden Trailer, Estados Unidos

Prêmio Golden Trailer de Melhor Drama (Paramount Pictures, Buddha Jones)

Prêmios Grammy, EUA

Grammy de Melhor Canção Escrita para um Filme, Televisão ou Outra Mídia Visual (Common, John Legend, por "Glory")

Festival Internacional de Hampton, East Hampton, Nova York

Prêmio de Melhor Atuação (Tessa Thompson)

Prêmios Imagem, Estados Unidos

Prêmio Imagem de Melhor Filme

Prêmio Imagem de Melhor Ator (David Oyelowo)

Prêmio Imagem de Melhor Ator Coadjuvante (Common)

Prêmio Imagem de Melhor Atriz Coadjuvante (Carmen Ejogo)

Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles, EUA

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Ava DuVernay)

National Board of Review, USA

Prêmio Liberdade de Expressão

Festival de Palm Springs, USA

Prêmio de Melhor Performance (David Oyelowo)

Prêmio do Público de Melhor Narrativa (Ava DuVernay)

Festival do Cinema Internacional de Santa Barbara, EUA

Prêmio Virtuoso (David Oyelowo)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme (Christian Colson, Oprah Winfrey, Dede Gardner, Jeremy Kleiner)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Direção (Ava DuVernay)

Prêmio de Melhor Ator em um Drama (David Oyelowo)

Associação dos Críticos de Cinema de Austin, USA

Prêmio de Melhor Filme (7º lugar)

Prêmios da Associação Catalã de Críticos de Arte - Barcelona

Prêmio ACCA de Melhor Filme (Christian Colson, Dede Gardner, Jeremy Kleiner, Oprah Winfrey)

Prêmio ACCA de Melhor Ator (David Oyelowo)

Prêmio ACCA de Melhor Direção (Ava DuVernay)

Prêmios Black Reel, Washington, USA

Prêmio Black Reel de Melhor Ator (André Holland e Stephan James)

Prêmios da Broadcast Film Critics Association, USA

Prêmio da Crítica de Melhor Filme

Prêmio da Crítica de Melhor Direção (Ava DuVernay)

Prêmio de Melhor Ator (David Oyelowo)

Associação dos Críticos de Cinema de Ohio, USA

Prêmio de Melhor Edição (Spencer Averick)

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Ator (David Oyelowo)

Associação dos Críticos de Cinema de Dallas-Fort Worth - USA

Prêmio de Melhor Filme (8º lugar)

Prêmio de Melhor Direção (Ava DuVernay (5º lugar))

Sociedade dos Críticos de Cinema de Denver, Colorado, EUA

Prêmio de Melhor Canção Original ((Canção Glory))

Associação dos Críticos de Cinema da Georgia, EUA

Prêmio de Melhor Filme (Ava DuVernay)

Prêmio de Melhor Ator (David Oyelowo)

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Paul Webb)

Prêmios Gold Derby

Prêmio Gold Derby de Melhor Filme (Christian Colson, Oprah Winfrey, Dede Gardner, Jeremy Kleiner)

Prêmio Gold Derby de Melhor Direção (Ava DuVernay)

Prêmios Grammy, EUA

Grammy de Melhor Trilha Sonora

Sociedade dos Críticos de Cinema de Houston, EUA

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Canção Original (Glory)

Prêmios Imagem, Estados Unidos

Prêmio Imagem de Melhor Ator Coadjuvante (André Holland)

Prêmio Imagem de Melhor Ator (Wendell Pierce)

Prêmio Imagem de Melhor Atriz Coadjuvante (Oprah Winfrey)

Prêmio Imagem de Melhor Direção (Ava DuVernay)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Las Vegas

Prêmio Sierra de Melhor Filme (7º lugar)

Prêmios de Melhor Edição de Som, Estados Unidos

Prêmio Golden Reel de Melhor Edição de Som (Julie Pearce e Clint Bennett)

Associação dos Críticos de Cinema de North Carolina, EUA

Prêmio de Melhor Direção (Ava DuVernay)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Phoenix, Arizona, USA

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Ator (David Oyelowo)

Sociedade dos Críticos de Cinema de San Diego, USA

Prêmio de Melhor Filme

Prêmios Satellite, Los Angeles

Prêmio Satellite de Melhor Filme

Prêmio Satellite de Melhor Direção (Ava DuVernay)

Prêmio Satellite de Melhor Roteiro Original (Paul Webb)

Prêmio Golden Satellite de Melhor Ator em um Drama (David Oyelowo)

Críticos de Cinema de Seattle, USA

Prêmio de Melhor Canção Original (Gloria)

Village Voice Film Poll

Prêmio de Melhor Ator (David Oyelowo (6º lugar))

Prêmio de Melhor Atuação Coadjuvante (Carmen Ejogo (10º lugar))

Sinopse

 1965. Após o fim da segregação, o Dr. Martin Luther King recebe o Prêmio Nobel em meio ao ainda acalorado sul dos Estados Unidos, com o então recente bombardeio de uma igreja que custou a vida de cinco meninas. O Dr. King se encontra com o presidente Lyndon Johnson, exigindo que ele aja pelo direito de voto dos negros.

Quando Johnson foge de afirmar que sua guerra contra a pobreza precisa ter prioridade, o Dr. King vai para Selma, Alabama, onde os negros são mais de cinquenta por cento da população, mas ainda não podem votar. Os supremacistas brancos se acham incorporados juntos ao xerife Jim Clark. Na ocasião, Dr. King diz que o movimento precisa de drama para atrair a atenção de Johnson.

Inicialmente, eles ficam em frente ao registro do condado, que termina em prisões. Enquanto o Dr. King está na prisão, sua esposa se encontra com Malcolm X , o líder do outro polo do movimento negro. Na ocasião, Malcolm diz à ela que suas opiniões sobre o Dr. King mudaram e ele está disposto a ajudar, embora de uma forma dura.

Quando o Dr. King deixa a prisão e se encontra em Selma, uma reunião não oficial  acontece à noite, que termina em violência quando os soldados dispersam a multidão. Nesse incidente, um menino, Jimmy Lee Jackson, é morto. Em seguida, o grupo decide fazer uma marcha de Selma à Montgomery, Alabama.  

A marcha termina em violência, onde os participantes são espancados e as imagens captadas na televisão e nos jornais. Dr. King não caminhou com eles, pois era esperado que terminasse em violência, segundo um assessor de Johnson. Na ocasião, ele clama a todas as pessoas, negros, brancos, para se juntarem à próxima marcha. Como resultado, chegam para se juntar, negros, brancos, a maioria clérigos.

Quando a marcha realmente começa, apesar da tentativa de Johnson de fazer um acordo com o Dr. King, os soldados se retiram  de sua guarda. Naquela noite, um membro do clero que participou da marcha foi espancado e morto. Finalmente, quando o tribunal concede a legalidade para a marcha, o presidente Johnson envia ao Congresso um projeto de lei para acabar com as restrições de voto.


Comentários

Realizado pela cineasta Ava DuVernay, a partir de um roteiro escrito por Paul Webb, "Selma: Uma Luta Pela Igualdade" é um filme produzido em 2014 pelas empresas Pathé, Pathé UK, Harpo Films, dentre outras.
 
Na direção, DuVernay realiza um excelente trabalho, no que é ajudada pelo ótimo roteiro escrito por Webb, e por uma linda trilha sonora, onde se destaca a canção "Glory". No elenco, com excelentes atuações, destacam-se David Oyelowo e Carmen Ejogo, seguidos pelas boas atuações de Tom Wilkinson, André Holland, Oprah Winfrey, dentre outros.
 
CAA