Filmes por gênero

O ESCÂNDALO (2019)

Bombshell
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Bombshell: O Escândalo (Portugal)
El escándalo (Argentina, México, Espanha)
Scandale (França)
Bombshell - La Voce Dello Scandalo (Itália)
Bombshell - Das Ende des Schweigens (Áustria)
Bombshell - När tystnaden bryts (Suécia)
Skandalas (Lituânia)
Gorący temat (Polônia)
Сенсація (Ucrânia)
Скандал (Rússia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Biográfico, Drama
Direção: Jay Roach
Roteiro: Charles Randolph
Produção: Jason Cloth, A.J. Dix, Megan Ellison e outros
Design Produção: Mark Ricker
Música Original: Theodore Shapiro
Direção Musical: Jonathan Bartz, Gabriel Cabezas, Richard Ford e outros
Fotografia: Barry Ackroyd, Chris W. Johnson
Edição: Jon Poll
Direção de Arte: Christopher Brown
Figurino: Colleen Atwood
Guarda-Roupa: Amy Arnold, Jay Cheng, Michael Crow e outros
Maquiagem: Kazu Hiro, Anne Morgan, Vivian Baker e outros
Efeitos Sonoros: Davi Aquino, Chelsea Body, Sandra Fox e outros
Efeitos Especiais: Michael Kay, Brendon O'Dell, Joaquin Ornelas
Efeitos Visuais: David D. Johnson, Kiruba Nanthan, Ken Dackermann e outros
Nota: 8.3
Filme Assistido em: 2020

Elenco

Charlize Theron Megyn Kelly
Nicole Kidman Gretchen Carlson
Margot Robbie Kayla Pospisil
John Lithgow Roger Ailes
Allison Janney Susan Estrich
Malcolm McDowell Rupert Murdoch
Kate McKinnon Jess Carr
Connie Britton Beth Ailes
Liv Hewson Lily Balin
Brigette Lundy-Paine Julia Clarke
Rob Delaney Gil Norman
Mark Duplass Doug Brunt
Stephen Root Neil Mullin
Robin Weigert Nancy Smith
Amy Landecker Dianne Brandi
Mark Moses Bill Shine
Nazanin Boniadi Rudi Bakhtiar
Ben Lawson Lachlan Murdoch
Josh Lawson James Murdoch
Alanna Ubach Juiza Jeanine Pirro
Andy Buckley Gerson Zweifach
Brooke Smith Irena Briganti
Bree Condon Kimberly Guilfoyle
D'Arcy Carden Rebekah
London Fuller Yardley Brunt
Kevin Dorff Bill O'Reilly
Richard Kind Rudy Giuliani
Michael Buie Bret Baier
Marc Evan Jackson Chris Wallace
Anne Ramsay Greta Van Susteren
Jennifer Morrison Juliet Huddy
Ashley Greene Abby Huntsman
Ahna O'Reilly Julie Roginsky
Lisa Canning Harris Faulkner
Elisabeth Röhm Martha MacCallum

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Maquiagem (Kazu Hiro, Anne Morgan, Vivian Baker)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Maquiagem/Cabeleireiro (Vivian Baker Kazu Hiro Anne Morgan)

Academia Australiana do Cinema e Televisão, Austrália

Prêmio AACTA de Melhor Atriz Coadjuvante (Margot Robbie)

Prêmios da Associação Catalã de Críticos de Arte - Barcelona

Prêmio ACCA de Melhor Maquiagem (Kazu Hiro, Anne Morgan, Vivian Baker)

Prêmios da Broadcast Film Critics Association, USA

Prêmio da Crítica de Melhor Maquiagem (Kazu Hiro, Anne Morgan, Vivian Baker)

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Maquiagem (Kazu Hiro, Anne Morgan, Vivian Baker)

Prêmios Gold Derby

Prêmio Gold Derby de Melhor Maquiagem/Cabeleireiro (Kazu Hiro, Anne Morgan, Vivian Baker)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Las Vegas

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Margot Robbie)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Nevada, Estados Unidos

Prêmio de Melhor Atriz (Charlize Theron)

Associação dos Críticos de Cinema de North Texas

Prêmio de Melhor Atriz (Charlize Theron)

Festival Internacional do Cinema de Palm Springs, California

Prêmio de Melhor Atriz Internacional (Charlize Theron)

Prêmios PGA, Los Angeles, Califórnia, USA

Prêmio Stanley Kramer

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Atriz (Charlize Theron)

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Margot Robbie)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Atriz em um Drama (Charlize Theron)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Margot Robbie)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Margot Robbie)

Prêmio de Melhor Atriz (Charlize Theron)

Screen Actors Guild Awards, Los Angeles, California, USA

Prêmio de Melhor Performance de um Elenco

Melhor Performance de uma Atriz (Charlize Theron)

Melhor Performance de uma Atriz Coadjuvante (Nicole Kidman)

Melhor Performance de uma Atriz Coadjuvante (Margot Robbie)

Academia Australiana do Cinema e Televisão, Austrália

Prêmio AACTA de Melhor Atriz (Charlize Theron)

Prêmio AACTA de Melhor Atriz Coadjuvante (Nicole Kidman)

Prêmio AACTA de Melhor Ator Coadjuvante (John Lithgow)

Prêmios AARP de Filmes para Adultos

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Nicole Kidman)

Prêmio AARP de Melhor Filme para Adultos

Prêmios da Broadcast Film Critics Association, USA

Prêmio da Crítica de Melhor Atriz (Charlize Theron)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Margot Robbie)

Prêmio da Crítica de Melhor Elenco

Associação dos Críticos de Cinema de Dallas-Fort Worth - USA

Prêmio de Melhor Atriz (Charlize Theron)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Margot Robbie)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Denver, Colorado, EUA

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (John Lithgow)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Detroit, EUA

Prêmio de Melhor Atriz (Charlize Theron)

Círculo dos Críticos de Cinema da Flórida, USA

Prêmio de Melhor Atriz (Charlize Theron)

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (John Lithgow)

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Margot Robbie)

Prêmios GLAAD

Prêmio de Filme Excepcional

Sociedade dos Críticos de Cinema do Hawaii

Prêmio de Melhor Atriz (Charlize Theron)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Margot Robbie)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Houston, EUA

Prêmio de Melhor Atriz (Charlize Theron)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Margot Robbie)

Círculo de Críticos de Cinema de Londres, Inglaterra

Prêmio Atriz do Ano (Charlize Theron)

Prêmio Atriz Coadjuvante do Ano (Margot Robbie)

Associação dos Críticos de Cinema de North Carolina, EUA

Prêmio de Melhor Atriz (Charlize Theron)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Phoenix, Arizona, USA

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Margot Robbie)

Associação de Críticos de Cinema de San Francisco

Prêmio de Melhor Atriz (Charlize Theron)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Margot Robbie)

Prêmios Satellite, Los Angeles

Prêmio Satellite de Melhor Atriz em um Drama (Charlize Theron)

Prêmio Satellite de Melhor Atriz Coadjuvante (Margot Robbie)

Prêmio Satellite de Melhor Atriz Coadjuvante (Nicole Kidman)

Prêmio Satellite de Melhor Filme - Drama

Associação dos Críticos de Cinema de St. Louis, USA

Prêmio de Melhor Atriz (Charlize Theron)

Sinopse

Em 2016, Roger Ailes é o presidente da Fox News. Megyn Kelly, uma das maiores estrelas da rede, se prepara para moderar um debate sobre os candidatos republicanos à presidência dos Estados Unidos. Apesar de algumas críticas dos colegas, ela está determinada a perguntar à Trump sobre seus comentários sexistas em relação às mulheres. No dia do debate, ela adoece, vomitando no banheiro. Ela continua mesmo assim e pergunta a ele sobre seus comentários. Ele, por outro lado, passa a noite tweetando maldosamente sobre ela, incitando seus seguidores a atacá-la também. Megyn fica angustiada com a quantidade de ódio que recebe e com o fato de que ela se tornou a história em vez de relatá-la.
 
Durante seu tempo livre, ela recebe comentários rudes feitos a ela e um paparazzo aparece e tira fotos de sua filha, forçando seu marido a se livrar dele. Quando ela volta ao trabalho, enquanto a Fox contrata um segurança, a rede decide não se manifestar contra Trump. Roger, que é amigo de Megyn, é notoriamente paranoico e acredita que Megyn foi envenenada no dia do debate.
 
Gretchen Carlson foi a coapresentadora da Fox and Friends, mas foi removida daquele local. Depois de suportar comentários sexistas após comentários sexistas, ela se encontra com advogados que lhe dizem que seu contrato torna difícil para ela reagir de alguma forma. Na ocasião, eles contam a história de Rudi Bakhitar que foi demitida após não aceitar os avanços sexuais de seu chefe. Segundo eles, a solução alternativa seria processar Roger, mas ela precisaria de provas concretas, e outras mulheres precisariam se apresentar. Gretchen tem certeza de que outras mulheres o farão e voltará ao trabalho.
 
Kayla Popisil é uma jovem conservadora criada em um lar religioso que adora a rede de direita e conservadora Fox News.
Ela começou sua carreira trabalhando com Gretchen, até que foi promovida para o programa de Bill O'Reilly, o maior programa da rede. Em um de seus programas, Gretchen não usa maquiagem para mostrar e apoiar as mulheres, e Roger faz um comentário maldoso sobre sua aparência, que Kayla ouve. Ela então diz à Gretchen que está indo embora. Gretchen quer que ela fique e diz que pode protegê-la, mas Kayla não vê por que ela deveria recusar uma promoção.
 
Um dia, depois de uma rodada de bebidas no trabalho, Kayla e Jess dormem juntas, embora Kayla diga à amiga que não é lésbica. Ela fica chocada ao encontrar um pôster de Hilary no apartamento de Jess e quer saber por que um apoiador gay de Hilary trabalha na Fox. Jess explica que se candidatou a muitos empregos, mas esse foi o que pegou, e agora ninguém mais vai contratá-la porque ela trabalha na Fox. 
 
No trabalho, Kayla diz à Jess para esconder uma foto que ela tem com outra mulher. Quando Kayla é convidada para ir ao escritório de Roger, ela se mostra animada com a ideia de ser promovida. Ele, então, pede que ela mostre suas pernas. Sentindo-se extremamente desconfortável, ela puxa a saia para cima o suficiente para que ele possa ver sua calcinha. Ele a dispensa, e ela tentar contar à Jess sobre isso, mas ela, tristemente, diz que não pode se envolver. 
 
O tempo passa e Megyn vai entrevistar Donald Trump na Trump Tower. Quando ela revisa a filmagem, Douglas fica com raiva porque parece que ela o deixou escapar com apenas um tapa. Enquanto isso, Gretchen faz uma história em seu programa em que diz ao público que apoia a proibição de armas de assalto e é convidada a ir ao segundo andar. Todas as três mulheres acabam no elevador ao mesmo tempo, quando Kayla é enviada ao escritório de Roger e Gretchen se encontra com executivos que a despedem. Gretchen processa Roger, o que coloca os escritórios da Fox em alerta máximo. Roger se encontra com sua esposa Beth, a advogada Susan Estrich e Rudy Giuliani, e nega todas as reivindicações.
 
Fox diz a todos os seus talentos femininos para virem apoiar Roger, o que muitas delas fazem com alegria, dizendo que nunca foram assediadas. Megyn fica em silêncio e conta a verdade para sua equipe. A Fox, no entanto, continua pressionando-a a fazer uma declaração em apoio a Roger.
 
No rescaldo inicial do processo, nenhuma outra mulher se apresenta, desapontando Gretchen profundamente, que realmente acreditava que outras mulheres falariam. Os investigadores encontram seis mulheres que foram terrivelmente assediadas sexualmente por Roger, mas antes da Fox News, o que não é útil para o processo de Gretchen. Megyn pensa em se apresentar, mas não quer ser a única. Ela segue algumas pistas e encontra várias mulheres que foram assediadas ou agredidas por Roger, Bill O'Reilly e outros homens da rede e as convence a procurar os investigadores. Ela se encontra com Kayla, que pergunta se Roger a assediou. Kayla admite que sim, e Megyn diz a ela que aconteceu com ela. Kayla, com raiva, deseja saber por que ela não fez nada para proteger as mulheres depois dela, e por que ela não está fazendo nada agora. Em resposta, ela diz que não é seu trabalho protegê-la e relatar o assédio. 
 
Durante um encontro com um homem, Kayla liga para Jess, chorando, perguntando se ela deu à Megyn seu nome. Jess sente muito e quando Kayla diz que acha que quer ir aos investigadores, ela a incentiva a fazê-lo. Megyn finalmente se apresenta e, ao ser entrevistada pelos investigadores, ela vê que seu nome é "Witness W" e percebe que 23 mulheres se apresentaram. Susan diz a Roger que Gretchen gravou todas as reuniões e tem prova de tudo no processo. Quando ele pergunta por que elas não disseram nada antes, Susan diz a Roger que que queriam que ele negasse tudo apenas para provarem que estava mentindo.
 
Roger se encontra com Rupert Murdoch, seu amigo de longa data e proprietário da Fox News, e o prazo para a saída de Roger é acertado. Em seguida, Roger pede para ir à redação contar a todos, mas Rupert diz que não. Megyn está na Convenção Nacional Republicana quando é informada de que Roger está fora. Em seguida, Murdoch entra na redação, onde faz um discurso informando que ele assumirá o controle da empresa. Kayla, percebendo que ela terminou com a Fox News, joga seu distintivo no lixo e sai, enquanto Jess a observa ir, feliz por ela. Por outro lado, Gretchen recebe uma oferta de acordo de 20 milhões de dólares e um pedido de desculpas da Fox News. Ela diz ao público que não se importa se eles gostam dela, mas que acreditem nela. Seus advogados lhe dizem que, junto com o acordo, vem a não divulgação, o que significa que ela nunca poderá contar sua história.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Jay Roach, a partir de um roteiro escrito por Charles Randolph, "O Escândalo" é um filme produzido em 2019 pela Annapurna Pictures e a Creative Wealth Media Finance, em associação com diversas outras empresas.
 
Na direção, Roach realiza um ótimo trabalho, no que é ajudado por uma bela fotografia e uma ótima trilha sonora, onde se destacam as canções "Marie's Blues" e "West Hartford". No elenco, com excelentes atuações, destacam-se Charlize Theron, Nicole Kidman, Margot Robbie, Kate Mckinnon e John Lithgow.
 
CAA