Filmes por gênero

A ÚLTIMA ESTAÇÃO (2009)

The last station
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Tolstoï, le dernier automne (França)
La última estación (Espanha)
Ein russischer Sommer (Alemanha)
Pais: Alemanha, Rússia, Reino Unido
Gênero: Drama
Direção: Michael Hoffman
Roteiro: Michael Hoffman
Produção: Bonnie Arnold, Chris Curling, Jens Meurer
Design Produção: Patrizia von Brandenstein
Música Original: Sergei Yevtushenko
Fotografia: Sebastian Edschmid
Edição: Patricia Rommel
Direção de Arte: Andreas Olshausen, Erwin Prib
Figurino: Monika Jacobs
Guarda-Roupa: Anke Baier, Kati Lafin, Maja Meschede e outros
Maquiagem: Jekaterina Oertel
Efeitos Sonoros: Martin Trevis, Martin Steyer
Efeitos Especiais: Michael Bouterweck
Efeitos Visuais: Sven Pannicke, Markus Degen, Kariem Saleh e outros
Nota: 7.4
Filme Assistido em: 2010

Elenco

Christopher Plummer Leon Tolstoi
Helen Mirren Sofya Tolstoi
Paul Giamatti Vladimir Chertkov
James McAvoy Valentin Bulgakov
Anne-Marie Duff Sasha Tolstoi
Kerry Condon Masha
John Sessions Dushan
Patrick Kennedy Sergeyenko
Tomas Spencer Andrey Tolstoi
Christian Gaul Ivan
Wolfgang Häntsch Padre
David Masterson Reporter
Nenad Lucic Vanja

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Atriz (Helen Mirren )

Oscar de Melhor Ator Coadjuvante (Christopher Plummer)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Atriz em um Drama (Helen Mirren )

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Christopher Plummer)

Círculo de Críticos de Cinema de Londres, Inglaterra

Prêmio Atriz Britânica do Ano (Helen Mirren )

Sinopse

1910. Yasnaya Polyana é propriedade de Leon Tolstoi. No entanto este rejeita a propriedade privada e defende a resistência passiva. Por isso, apesar de ser um dos maiores escritores do mundo, alguns o veem como algo maior, um santo vivo.

Já bem idoso, ele vive lá com Sofya, sua esposa. Tolstoi centra a atenção em espalhar sua doutrina com o seu melhor amigo, Vladimir Chertkov, que funda o movimento mundial tolstoiano, cujo quartel general fica em Moscou.

Lá, Chertkov entrevista Valentin Bulgakov, que, apesar de ter 23 anos, ambiciona ser o secretário particular de Tolstoi e consegue o cargo. Como Chertkov está impedido de ver Tolstoi, cabe a Bulgakov ir até Yasnaya Polyana e servir de ponte entre Leon e Chertkov.

No caminho, Bulgakov para em Telyatinki, uma comuna tolstoiana criada por Vladimir Grigorevich como centro do movimento. Lá todos são iguais, seguindo os ensinamentos de Tolstoi.

No dia seguinte, Bulgakov chega em Yasnaya Polyana e sente logo que Leon e Sofya divergem bastante. Apesar dela não exigir ser chamada de condessa e Tolstoi, obviamente, não querer ser tratado como conde, há um ar aristocrático em Sofya, que há anos não aceita os objetivos do marido, desde que seu trabalho como novelista se tornou secundário.

Após algum tempo, Chertkov vai até Yasnaya Polyana e fica claro que ele e Sofia se suportam, na melhor das hipóteses, pois ela acredita que existe um novo testamento, no qual seu marido cederia seus bens, inclusive os direitos autorais de seus livros, para o movimento mundial tolstoiano.

imagem imagem imagem

Comentários

Escrito e dirigido pelo cineasta Michael Hoffman, a partir de um livro de Jay Parini sobre os últimos meses do famoso escritor russo, Leon Tolstoi, “A Última Estação” é um filme muito bom. Assim, a trama basicamente não aborda sua extensa obra literária, procurando focar o período em que Tolstoi se torna o líder de um movimento que buscava mudanças radicais em seu país marcado por graves injustiças na distribuição da riqueza.

Embora a narrativa apresente certa monotonia, Hoffman consegue realizar um bom trabalho, talvez por contar com a bela fotografia do alemão Sebastian Edschmid e do ótimo trabalho de edição realizado pela francesa Patricia Rommel.

No elenco, Christopher Plummer e Helen Mirren  estão impecáveis em seus respectivos papéis.

CAA