Filmes por gênero

O LIBERTINO (2000)

Le Libertin
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: The Libertine (Título Internacional)
El libertino (Espanha)
Liebeslust und freiheit (Alemanha)
Vapaamieliset (Finlândia)
A szabad gondolkodó (Hungria)
Pasileidelis (Lituânia)
Распутник (Rússia)
Pais: França
Gênero: Comédia, Histórico
Direção: Gabriel Aghion
Roteiro: Eric-Emmanuel Schmitt
Produção: Gaspard de Chavagnac
Design Produção: Dan Weil
Música Original: Bruno Coulais
Fotografia: Jean-Marie Dreujou
Edição: Luc Barnier
Figurino: Olivier Bériot
Maquiagem: Jacques Clemente
Efeitos Sonoros: Brigitte Taillandier, Jacques Thomas-Gérard, Vincent Arnardi
Efeitos Especiais: Joyce Menger, Christophe Messaoudi
Efeitos Visuais: Frédéric Moreau
Nota: 7.5
Filme Assistido em: 2007

Elenco

Vincent Perez Denis Diderot
Fanny Ardant Madame Therbouche
Josiane Balasko Baronesa de Holbach
Michel Serrault O Cardeal
Arielle Dombasle Marquesa de Jerfeuil
Christian Charmetant Marquês de Jerfeuil
Françoise Lépine Madame Diderot
François Lalande Barão de Holbach
Bruno Todeschini Marquês de Cambrol
Arnaud Lemaire Marquês de Lutz
Audrey Tautou Julie d'Holbach
Vahina Giocante Angélique Diderot
Yan Duffas Abraham
Véronique Vella Prima de Jerfeuil
Kevin Felix-Lassa Filho de Jerfeuil
Eric Savin Chefe de Polícia
Thierry Nzeutem Mohamed

Sinopse

O filósofo Denis Diderot, um dos modernistas do movimento francês da era do iluminismo do século XVIII, é convidado para passar uns dias no castelo do Barão de Holbach. Na verdade, o Barão é um dos principais patrocinadores de Diderot, a ponto de sua Enciclopédia proibida estar sendo secretamente impressa em uma cripta embaixo da capela, onde o ruido das prensas é abafado pelo toque de um órgão.
 
Quando Madame Therbouche, uma pintora de retratos, chega de Berlim, ela faz uma pintura do ídolo de Diderot, Voltaire, e o convence a ser mais ousado e a posar nu, gerando uma briga com sua esposa Antoinette, testemunhada pelo irmão do Barão, o Cardeal, que está à procura das impressoras ilegais da Enciclopédia. 
 
Para evitar que ele entre na capela, a baronesa confessa a ele seus pecados reais e imaginários e pede que todas as mulheres do castelo façam o mesmo, principalmente sua convidada, a depravada Madame de Jerfeuil, que está tendo um caso lésbico com sua prima. Mais tarde, o casal é acompanhado espontaneamente pelo marido, Chevalier de Jerfeuil, que foi seduzido por outros dois convidados. As aventuras românticas de Diderot obrigam-no a revisar constantemente seus artigos sobre o tema da moralidade.
 
Finalmente, a agenda secreta é divulgada e a pintora é revelada como espiã a serviço do Cardeal. No entanto, ela finalmente passa a defender as causas materiais e sensuais de Diderot, e o Cardeal não descobre a operação de publicação clandestina que, a essa altura, foi transferida para Amsterdam.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta egípcio Gabriel Aghion, a partir de um roteiro escrito por Eric-Emmanuel Schmitt, "O Libertino" é um filme francês que estreou em Paris no dia 15 de março de 2000.
 
Embora contando com um belo figurino, assinado por Olivier Bériot, e com a ótima fotografia a cargo de Jean-Marie Dreujou, a direção de Aghion se mostra apenas razoável. No elenco, destacam-se as atuações de Vincent Perez, Fanny Ardant e Josiane Balasko. 
 
CAA