Filmes por gênero

UMA MULHER DELICADA (1969)

Une femme douce
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Uma mulher meiga (Portugal)
A gentle woman (Estados Unidos)
Così bella così dolce (Itália)
Die Sanfte (Alemanha)
Lagodna (Polônia)
Egy szelíd asszony (Hungria)
Suloinen nainen (Finlândia)
Barnebruden (Dinamarca)
Кроткая (União Soviética)
Pais: França
Gênero: Drama
Direção: Robert Bresson
Roteiro: Robert Bresson
Produção: Mag Bodard
Design Produção: Pierre Charbonnier
Música Original: Jean Wiener
Fotografia: Ghislain Cloquet
Edição: Raymond Lamy
Efeitos Sonoros: Urbain Loiseau
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 1972

Elenco

Dominique Sanda Elle
Guy Frangin Luc, seu marido
Jeanne Lobre Anna, a empregada
Claude Ollier O médico
Jacques Kébadian Operador de draga
Gilles Sandier Prefeito
Dorothée Blank Enfermeira

Prêmios

Festival Internacional de San Sebastián, Espanha

Prêmio Concha de Prata de Melhor Direção (Robert Bresson)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Da varanda de seu apartamento em Paris, a jovem e bela mulher, Elle, pula para a morte. Logo depois, quando seu distraído marido, Luc, examina seu corpo morto e tenta entender o que a levou a se matar, em uma conversa com a empregada, a história é contada em flashbacks:

Elle era uma jovem delicada, mansa, sonhadora e pensativa. Quando Luc a conheceu, ela era uma garota modesta que esteve várias vezes em sua casa de penhores para vender pequenas peças. Apaixonando-se por ela, ele a pediu em casamento, passando a lhe dar tudo o que sua rica situação financeira poderia proporcionar.

Pouco tempo depois, no entanto, ficou clara uma verdadeira incompatibilidade de caráter. Enquanto ele só pensava em ganhar dinheiro, ela o gastava em livros e discos. Assim, uma muralha de silêncio os separava cada vez mais. Certo dia, ao surpreendê-la na cidade em companhia de um paquera, embora ela tenha rejeitado seus avanços, ele passou a suspeitar de sua fidelidade. Por outro lado, certa noite, acreditando que ele estivesse dormindo, ela apontou um revólver para seu rosto. Mas ela pretendia realmente matá-lo?

Na verdade, a jovem mergulhara numa forte depressão. Apenas Anna, a empregada, parecia medir a extensão de seu drama interior. Desesperado, Luc acusou-se de não ter entendido o problema por ela vivido e lhe propôs  partirem em uma viagem para restaurar sua saúde.

Pouco tempo depois, no entanto, ela cometeu o irreparável, pondo fim à sua vida.

imagem

Comentários

Escrito e dirigido pelo cineasta Robert Bresson, “Uma Mulher Delicada” é um filme produzido pelas empresas Parc Film e Marianne Productions em 1969. Sua trama, baseada num conto de Fyodor Dostoevsky, conta a história de uma mulher infeliz por não conseguir se adaptar ao comportamento e caráter do marido, o que acaba levando-a ao suicídio.

Na direção, Bresson realiza um ótimo trabalho, o que lhe rendeu o prêmio que lhe foi concedido pelo Festival Internacional de San Sebastián. Vale a pena ressaltar que ele contou com a bela fotografia em eastmancolor a cargo de Ghislain Cloquet.

No elenco, o maior destaque é Dominique Sanda, na época com apenas vinte anos de idade.

CAA