Filmes por gênero

A DAMA DE HONRA (2004)

La demoiselle d'honneur
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Die Brautjungfer (Alemanha)
La damigella d'onore (Itália)
A Dama de Honra (Portugal)
La dama de honor (Espanha, Argentina)
Pais: França, Alemanha, Itália
Gênero: Suspense
Direção: Claude Chabrol
Roteiro: Claude Chabrol, Pierre Leccia
Produção: Patrick Godeau
Design Produção: Françoise Benoît-Fresco
Música Original: Matthieu Chabrol
Fotografia: Eduardo Serra
Edição: Monique Fardoulis
Figurino: Sandrine Bernard, Mic Cheminal
Maquiagem: Françoise Andrejka
Efeitos Sonoros: Pierre Lenoir, Jean-Alexandre Villemer
Nota: 7.4
Filme Assistido em: 2007

Elenco

Benoît Magimel Philippe Tardieu
Laura Smet Stéphanie "Senta" Bellange
Aurore Clément Christine
Bernard Le Coq Gérard Courtois
Solène Bouton Sophie Tardieu
Anna Mihalcea Patricia Tardieu
Michel Duchaussoy O vagabundo
Suzanne Flon Madame Crespin
Eric Seigne Jacky
Pierre-François Dumeniaud Nadeau
Philippe Duclos Capitão Dutreix
Thomas Chabrol Tenente José Laval
Isolde Barth Rita
Mazen Kiwan Pablo
Chantal Banlier A caixa da mercearia
Jacqueline Cassard Madame Bertillon
Brigitte Chamarande Madame Soupin
Isabelle Leprince Madame Pélissier
Isabelle Mamère Nathalie Dumont

Indicações

Festival Internacional de Ghent, Bélgica

Grand Prix (Claude Chabrol)

Sinopse

Philippe Tardieu, um jovem de 25 anos, mora numa casa de classe média nos arredores de Nantes, juntamente com sua mãe, Christine, que é cabeleireira, e com suas duas irmãs mais jovens, Sophie, que vai se casar com Jacky em alguns dias, e Patricia, que parece estar envolvida com drogas.
 
Certo dia, quando uma jovem local desaparece misteriosamente, Christine convida seus filhos para conhecerem seu namorado, o abastado Gérard Courtois, que acabou de se divorciar e está vendendo sua mansão. No encontro, ela presenteia Gérard com uma escultura da deusa romana Flora, que se encontrava no jardim da família. Ao receber o presente, ele comunica que fará uma viagem de negócios à Itália no dia seguinte, mas desaparece sem deixar vestígios, presumivelmente para evitar qualquer contato com Christine. Por outro lado, inconformado, Philippe faz de tudo para encontrar a escultura da deusa Flora. Depois de algum tempo, ele finalmente a encontra e a coloca em seu armário, sem contar a ninguém. 
 
Quando do casamento de Sophie, Philippe conhece a atraente dama de honra, Stéphanie Bellange, e os dois passam a noite juntos. Na ocasião, ela afirma ser uma modelo e atriz que mora numa vila que herdou de seu pai. 
 
Apesar do comportamento estranho da instável Stéphanie, Philippe imediatamente se apaixona por ela, que sugere quatro coisas estranhas para provar seu amor: plantar uma árvore, escrever um poema, ter relações homossexuais e matar uma pessoa. Assim, quando um mendigo é encontrado morto, Philippe afirma que ele o matou para provar seu amor por ela.  Na manhã seguinte, quando ele acorda, ela confessa que matou Gérard para mostrar seu grande amor por ele, descrevendo seu crime em detalhes. Assustado, Philippe decide visitar Gérard para descobrir se ela falou a verdade.

imagem

Comentários

Baseado num livro de Ruth Rendell e realizado a partir de um roteiro escrito pelo cineasta Claude Chabrol, juntamente com Pierre Leccia, "A Dama de Honra" é um ótimo filme produzido em 2004. Rendell explora minuciosamente as mentes perturbadas de personagens desequilibrados e os efeitos de suas condutas perigosas em pessoas com quem se relacionam, estas sem perceberem seus desequilíbrios mentais.
 
Na direção, Chabrol nos brinda com um excelente trabalho, lembrando-nos às vezes o estilo do grande Alfred Hitchcock, de quem tive o privilégio de assistir nada menos que trinta e um filmes. No elenco, Benoît Magimel e Laura Smet são os grandes destaques, com atuações que beiram a perfeição. Entre os coadjuvantes, Aurore Clément, Anna Mihalcea e Michel Duchaussoy se saem muito bem em seus respectivos papéis.
 
 
CAA