Filmes por gênero

SINDICATO DO CRIME (1969)

The Assassination Bureau
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Adoráveis conspiradores (Portugal)
Assassinats en tous genres (França)
El club de asesinos (Espanha)
El sindicato del crimen (México)
Mörder GmbH (Alemanha)
Rysk roulett, Madame (Suécia)
Biuro zabójców (Polônia)
Snigmords-bureauet (Dinamarca)
Бюро убийств (União Soviética)
Pais: Reino Unido
Gênero: Ação, Comédia, Crime, Suspense
Direção: Basil Dearden
Roteiro: Michael Relph
Produção: Michael Relph, Charles Orme
Design Produção: Michael Relph
Música Original: Ron Grainer
Fotografia: Geoffrey Unsworth
Edição: Teddy Darvas
Direção de Arte: Roy Forge Smith, Frank White
Figurino: Beatrice Dawson
Guarda-Roupa: Rosemary Burrows, John Hilling
Maquiagem: Harry Frampton
Efeitos Sonoros: Ken Barker, John Dennis, Dudley Messenger, John Poyner
Efeitos Especiais: Les Bowie, Thomas Clark
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1970

Elenco

Oliver Reed Ivan Dragomiloff
Diana Rigg Sonya Winter
Telly Savalas Lord Bostwick
Curd Jürgens General von Pinck
Philippe Noiret Monsieur Lucoville
Warren Mitchell Herr Weiss
Beryl Reid Madame Otero
Clive Revill Cesare Spado
Kenneth Griffith Monsieur Popescu
Vernon Dobtcheff Barão Muntzof
Annabella Incontrera Eleanora Spado
Jess Conrad Angelo
Ralph Michael Editor
Katherine Kath Mme. Lucoville
George Murcell Piloto do Zeppelin
William Kendall M. Marivaux
Jeremy Lloyd Oficial inglês
Roger Delgado Membro do Bureau
Maurice Browning Membro do Bureau
Clive Cazes Membro do Bureau
Gerik Schjelderup Membro do Bureau
John Abineri Inspetor de Polícia
Michael Gover Gerente do Hotel
Malcolm Johns Piero

Indicações

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro de Língua Inglesa

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Revelação Feminina (Diana Rigg)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em Londres, no início de 1900, a jornalista e defensora dos direitos das mulheres, Sonya Winter, descobre uma organização especializada em matar por dinheiro, o Assassination Bureau Limited. Decidida a combatê-la, ela convence o rico proprietário de um jornal, Lord Bostwick, que por sinal é o vice-presidente da organização, a apoiar sua iniciativa. Assim, ela se apresenta como possível cliente e entra em contato com o atual presidente, Ivan Dragomiloff.

Ela descobre que a organização criminosa foi fundada por seu pai com o propósito de eliminar pessoas que merecem morrer. Depois de oferecer £20.000, Sonya surpreende Dragomiloff ao lhe dizer que ele é o homem que ela deseja ver assassinado. Longe de ficar indignado ou com raiva do plano, ele se diverte e decide colocá-lo em prática em proveito próprio.

Em companhia da jornalista, Dragomiloff inicia uma turnê pela Europa, desafiando sistematicamente os membros da organização. Mal sabem eles que se trata de uma trama do patrocinador de Sonya, Lord Bostwick, cuja intenção é a de assumir a presidência do Assassination Bureau. Juntamente com outros membros da organização, Bostwick planeja assassinar todos os chefes de Estado da Europa, enquanto participam de uma conferência secreta de paz, onde reis, imperadores e primeiros ministros tentam evitar uma possível guerra, causada por um príncipe dos Bálcãs morto por uma bomba destinada a Dragomiloff.

Ao descobrir os planos de Bostwick e de alguns membros de seu conselho de diretores, que pretendiam lançar uma bomba de um zepelim sobre um castelo em Rutênia, onde estaria sendo realizada uma conferência de paz, Dragomiloff destrói a aeronave, matando os membros restantes de seu conselho de diretores. Como consequência, ele é condecorado pelos chefes de Estado que salvara, ficando implícito seu provável casamento com Sonya.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Basil Dearden, a partir de um roteiro escrito por Michael Relph, “Sindicato do Crime” é um filme britânico produzido pelas empresas Heathfield e Paramount Pictures em 1969. Sua trama, baseada num romance de Jack London, é marcada por um humor negro e um ritmo frenético.

A direção de Dearden é consistentemente boa, o mesmo ocorrendo com a fotografia a cargo de Geoffrey Unsworth. Merece, igualmente elogios o figurino assinado por Beatrice Dawson. No elenco, destacam-se as atuações de Oliver Reed e Diana Rigg, seguidas pelas de Telly Savalas e Curd Jürgens.

CAA