Filmes por gênero

QUEM MATOU VICKI? (1953)

Vicki
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Vicki (Portugal, Romênia)
Le crime était signé (França, Bélgica)
Hanno ucciso Vicki (Itália)
En studie i brott (Suécia)
Silmukka kiristyy (Finlândia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Crime, Filme Noir, Suspense
Direção: Harry Horner
Roteiro: Dwight Taylor
Produção: Leonard Goldstein
Música Original: Leigh Harline
Direção Musical: Lionel Newman
Fotografia: Milton R. Krasner
Edição: Dorothy Spencer
Direção de Arte: Richard Irvine
Figurino: Renié
Guarda-Roupa: Charles Le Maire
Maquiagem: Ben Nye
Efeitos Sonoros: Roger Heman Sr., E. Clayton Ward
Efeitos Visuais: Ray Kellogg
Nota: 8.1
Filme Assistido em: 1967

Elenco

Jeanne Crain Jill Lynn
Jean Peters Vicki Lynn
Elliott Reid Steve Christopher
Richard Boone Ed Cornell, policial corrupto
John Dehner Capitão J. Donald, chefe da Delegacia de Homicídios
Aaron Spelling Harry Williams
Max Showalter Larry Evans
Carl Betz Detetive McDonald
Alexander D'Arcy Robin Ray
Robert Adler Policial
Ramsay Ames Fotógrafo
Parley Baer Detetive
Harry Carter Detetive
Frank Fenton Eric
Richard Garland Reporter
Naura Hayden Connie
Izetta Jewel Edwina McVale
Chet Brandenburg Leiteiro
Carl von Schiller Detetive
Norman Stevens Detetive
Michael Stark Detetive
Kathryn Sheldon Funcionária do Hotel

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Vicki Lynn é uma garçonete que é transformada em modelo pelo assessor de imprensa, Steve Christopher. Quando ela é assassinada, Ed Cornell, um policial corrupto, tenta culpar Christopher pelo crime.

Na verdade, o policial sabe quem é o verdadeiro assassino, mas está tão perdidamente apaixonado pela jovem morta que o desprezou, que pretende levar um homem inocente para a cadeira elétrica. Com a ajuda da irmã de Vicki, Jill Lynn, Christopher rastreia o verdadeiro assassino, Harry Williams, e expõe o policial corrupto que manipulou Williams para assassinar Vicki.

Harry revela que Cornell estava ciente de sua culpa, mas não tomou nenhuma providência contra ele. Enfurecido com o fato de que Cornell tentou incriminá-lo, Christopher vai ao apartamento do policial, onde fica surpreso ao encontrar velas e flores na frente de fotografias de Vicki. Na ocasião, o policial revela que estava perdidamente apaixonado pela bela modelo e culpa Christopher por tirá-la dele através de seus esquemas de promoção.

Christopher afirma que Vicki não tinha o menor interesse por ele, e desesperado, Cornell puxa sua arma e implora a Christopher que o mate. O assessor de imprensa obviamente não atende ao seu pedido e, pouco depois, o Capitão J. Donald chega e prende o policial corrupto.

No final, Christopher e Jill se beijam e dão as mãos enquanto caminham pela rua, onde os pôsteres de Vicki estão sendo substituídos pelos de uma nova modelo.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Harry Horner, a partir de um roteiro escrito por Dwight Taylor, “Quem Matou Vicki?” é um filme noir norte-americano, produzido pela Twentieth Century Fox em 1953. Sua trama, baseada num romance de Steve Fisher, lembra “Os Assassinos”, de 1946, porque começa com um assassinato e depois retrocede para mostrar os eventos que levaram a ele.

A direção de Horner se mostra apenas razoável, embora consiga manter um bom ritmo, o mesmo ocorrendo com a fotografia em preto e branco, a cargo de Milton Krasner. No elenco, destacam-se as atuações de Richard Boone e Elliott Reid, nos papéis principais, seguidas pela de Jean Peters, como a jovem modelo assassinada.

CAA