Filmes por gênero

O TESOURO DO BANDOLEIRO (1950)

The Nevadan
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: L'homme du Nevada (França)
L'uomo del Nevada (Itália)
Nevada (Espanha)
The Man from Nevada (Reino Unido)
Der Nevada-Mann (Alemanha)
Duell i bergen (Suécia)
Nevadan kultarosvot (Finlândia)
Nevadas røde helvede (Dinamarca)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Faroeste
Direção: Gordon Douglas
Roteiro: George W. George, George F. Slavin
Produção: Harry Joe Brown
Música Original: Arthur Morton
Direção Musical: Morris Stoloff
Fotografia: Charles Lawton Jr.
Edição: Richard Fantl
Direção de Arte: George Brooks
Maquiagem: Paul Malcolm
Efeitos Sonoros: Frank Goodwin
Nota: 7.4
Filme Assistido em: 1966

Elenco

Randolph Scott Andrew Barclay
Dorothy Malone Karen Galt
Forrest Tucker Tom Tanner
Frank Faylen Jeff
George Macready Edward Galt
Charles Kemper Xerife Dyke Merrick
Jeff Corey Bart
Jock Mahoney Sandy
Tom Powers Bill Martin
Stanley Andrews Policial Morgan
Kate Drain Lawson Mama Flores
James Kirkwood Tex
Bill Wolfe Barfly
Olin Howland Rusty
Charles Halton Gerente do Banco
Louis Mason Wilbur
Rosita Varela Rosita
Hank Mann Garçom do Saloon
Budd Fine Atendente do Bar
Nacho Galindo Cocheiro da Diligência mexicana

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Depois de roubar um carregamento de ouro de uma diligência, o bandido Tom Tanner é capturado, mas escapa enquanto é levado para a cadeia. Tanner é seguido por um homem chamado Andrew Barclay, que ele o embosca e o obriga a acompanhá-lo até um Banco a fim de conseguir retirar de um cofre o mapa do ouro roubado.

Na estrada novamente, Tanner e Barkley são parados pelos irmãos Jeff e Bart, que exigem o envelope sob a mira de uma arma. Inesperadamente, Barkley desarma os irmãos e leva seus cavalos. Em seguida, ele explica que é um fugitivo, assim como Tanner, e sugere que eles se unam, mas enquanto Barkley dorme, Tanner continua sem ele. No dia seguinte, Barkley faz uma parada em um rancho dirigido por Karen Galt, onde troca seu cavalo manco por outro, seguindo depois para a cidade vizinha de Twin Forks, que é dirigida pelo pai de Karen, Edward Galt.

Barkley encontra Tanner no Saloon local, mas ele finge não conhecê-lo. A presença deles, no entanto, desperta o interesse de Galt, que questiona Barkley sobre o ouro de Tanner, o qual não foi descoberto depois do roubo. Quando Barkley nega conhecer Tanner, Galt ordena que seus capangas, Jeff, Bart e Sandy, o espanquem. Naquela noite, depois que Tanner mata um intruso em seu quarto, Galt faz com que pareça um assassinato a sangue frio para forçá-lo a revelar o esconderijo do ouro.

Em seguida, Barkley ajuda Tanner a escapar da prisão em troca de uma parte do ouro. Os dois homens se escondem no antigo rancho de Galt, que agora está sendo usado como pasto para cavalos doentes. Quando Karen os descobre lá, Barkley é forçado a revelar que ele é um oficial dos EUA.

Reconhecendo os cavalos usados por Tanner e Barkley como pertencentes ao seu rancho, Galt mais tarde questiona Karen sobre eles, ocasião em que ela revela o segredo de Barkley, sem saber que seu pai está à procura do ouro. No entanto, quando ela ouve seu pai conspirando com Jeff, Bart e Sandy, ela percebe que a vida de Barkley está em perigo e vai até o esconderijo para avisá-lo.

Ela é seguida por um dos homens de Galt, que ao ver a filha, a coloca sob a custódia de Sandy e, juntamente com Jeff e Bart, segue Barkley e Tanner. Com a ajuda de seus homens, ele arrasta Tanner e Barkley para uma velha mina onde Tanner escondera o ouro roubado. Durante um tiroteio que se segue, Galt e seus homens são mortos. Por outro lado, Barkley revela a Tanner que sua fuga, quando estava sendo conduzido para a cadeia, foi planejada para que o ouro pudesse ser recuperado. Logo depois, quando o poço da mina desmorona, Barkley domina Tanner e o leva de volta para a cadeia. Enquanto isso, Karen sabe que Barkley retornará porque deixou seu cavalo sob seus cuidados.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Gordon Douglas, a partir de um roteiro escrito por George W. George e George F. Slavin, “O Tesouro do Bandoleiro” é um faroeste norte-americano produzido pela Columbia Pictures Corporation em 1950. Sua trama, baseada numa estória dos próprios roteiristas, é marcada por bons momentos de ação e suspense.

Embora não seja extraordinária, a direção de Douglas se mostra bastante segura, procurando explorar as belezas naturais da região montanhosa de Lone Pine. Nesse sentido, ele conta com a bela fotografia a cargo de Charles Lawton Jr. No elenco, destacam-se as atuações de Randolph Scott e Forrest Tucker, seguidas pelas de George Macready e Dorothy Malone.

CAA