Filmes por gênero

SOMBRAS NO FIM DA ESCADA (1960)

The dark at the top of the stairs
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Escuro no cimo das escadas (Portugal)
La oscuridad en lo alto de la escalera (Espanha)
Il buio in cima alle scale (Itália)
Das dunkle am ende der treppe (Alemanha)
Mørket ovenpå (Dinamarca)
Pimeät portaat (Finlândia)
Ciemność na szczycie schodów (Polônia)
Mörkret i trappan (Suécia)
Møt livet sammen (Noruega)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama
Direção: Delbert Mann
Roteiro: Irving Ravetch, Harriet Frank Jr.
Produção: Michael Garrison
Música Original: Max Steiner
Fotografia: Harry Stradling Sr.
Edição: Folmar Blangsted
Direção de Arte: Leo K. Kuter
Figurino: Marjorie Best
Maquiagem: Gordon Bau
Efeitos Sonoros: Stanley Jones
Nota: 8.6
Filme Assistido em: 1998

Elenco

Robert Preston Rubin Flood
Dorothy McGuire Cora Flood
Eve Arden Lottie Lacey
Angela Lansbury Mavis Pruitt, proprietária do Salão de Beleza
Shirley Knight Reenie Flood
Lee Kinsolving Sammy Golden
Frank Overton Morris Lacey
Robert Eyer Sonny Flood
Penny Parker Flirt Conroy
Ken Lynch Harry Ralston
Mary Patton Sra. Ralston
Paul Birch Jonah Mills
Helen Brown Sra. Haycox
Paul Comi Jenkins
Ben Erway Joseph Moody
Peg La Centra Edna Harper
Helen Wallace Lydia Harper
Addison Richards Harris
Emerson Treacy George Williams, banqueiro

Prêmios

National Board of Review, USA

Prêmio NBR dos 10 Melhores Filmes

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Shirley Knight)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Shirley Knight)

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Lee Kinsolving)

Prêmio de Melhor Revelação Feminina (Shirley Knight)

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Delbert Mann)

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Trilha Sonora (Max Steiner)

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante (Eve Arden)

Sinopse

Nos anos 20, em Oklahoma, um caixeiro viajante, Rubin Flood é um vendedor bem-sucedido de arreios e selas. No entanto, com o advento do automóvel, seu trabalho está se tornando cada vez mais difícil. Ele é casado com Cora, alguém que ele considera uma mulher exigente e mãe superprotetora. Quando ele descobre que sua empresa está fechando, ele é incapaz de enfrentar sua esposa que, desconhecendo a situação, sai com sua filha Reenie para comprar um vestido para a festa de aniversário de uma de suas colegas.

Rubin não consegue dizer a Cora que perdeu o emprego, mas discute com ela por ter gasto com o novo vestido da filha. Quando Sonny, o filho mais novo do casal, passa a ser intimidado na escola, ele passa a ensiná-lo a boxear para que o garoto se defenda de seus agressores. Enquanto luta, ele inadvertidamente ataca o menino com muita força. Cora, agora indignada, chora e, certo dia, o acusa de ter um caso com Mavis Pruitt, uma viúva local, proprietária de um salão de beleza. Depois de bater na esposa, ele sai de casa e Reenie, que testemunhara a briga dos pais, corre para a rua, fazendo com que um motorista desvie dela e atinja uma árvore. O jovem motorista, estudante de uma escola militar, sai relativamente ileso e os dois se sentem atraídos um pelo outro.

Enquanto isso, preocupada, Cora chama sua irmã mais velha, Lottie, para dizer-lhe que o marido bateu nela. Por outro lado, Rubin aparece no salão de beleza de Mavis, sendo visto por Edna e Lydia Harper, duas fofoqueiras da cidade. Ao se aproximar de Mavis, ele comenta que sua esposa o ignorou por anos e que ele a deseja. A cabeleireira, no entanto, não aceita seus avanços indecisos.

Dias depois, Lottie e seu marido chegam à casa de Cora para o jantar. Na ocasião, Cora pergunta à irmã se ela e os filhos podem ficar com eles. Logo em seguida, Rubin retorna para casa para se desculpar, mas antes que Cora reaja, ela recebe um telefonema de uma das irmãs fofoqueiras detalhando as últimas atividades dele. Na discussão que se segue, ele a acusa de rejeitá-lo sexualmente, e ela argumenta que não pode estar de bom humor depois de passar seus dias preocupando-se com dinheiro.

Quando Flirt Conroy, amiga de Reenie, chega com seu namorado, acompanhados de Sammy Golden, o fanatismo de Lottie é revelado quando ela sugere que Cora e Rubin não devem permitir que sua filha acompanhe um judeu em uma festa. Reenie, no entanto, se mostra imensamente feliz ao verificar que se trata do jovem motorista.

Ao chegarem ao Clube de Campo, os jovens se divertem, mas, quando Sammy e Reenie se beijam, Harry Ralston e sua esposa a repreendem por trazer um judeu ao clube, onde eles não são permitidos. Envergonhados, os dois deixam o local. Na ocasião, ele lamenta o fanatismo do mundo e deixa Reenie em casa, onde ela encontra o pai no sofá. Este confessa que perdeu o emprego e não sabe como contar à Cora. Na manhã seguinte, eles descobrem que Sammy tentou suicídio. Reenie corre para o hospital, dizendo-lhe que não se importa com o que as pessoas pensam.

Enquanto isso, Cora promete ao filho caçula que procurará não ser tão protetora com ele, na esperança de que ele se torne um adulto responsável. Logo em seguida, ela recebe um telefonema informando que Sammy acabara de morrer. Por outro lado, sem revelar ser a esposa de Rubin, ela vai ao salão de beleza, onde finge ser uma cliente. Mavis, no entanto, a reconhece e confessa ser apaixonada há anos por Rubin, mas que ele sempre foi fiel a ela. Ela também revela que ele perdeu o emprego já há algum tempo.

Enquanto isso, Rubin tem uma entrevista bem sucedida como vendedor de uma grande empresa de equipamentos de perfuração de petróleo. Ao voltar para casa, ele encontra Cora esperando por ele. Ela havia mandado Reenie passar uma temporada na casa de Lottie, para ajudá-la a lidar com a morte de Sammy. Os dois confessam seu amor um pelo outro e se comprometem a prestarem mais atenção às necessidades um do outro. Enquanto se abraçam, Sonny volta para casa com um amigo, um de seus antigos torturadores da escola. Rubin dá dinheiro para os garotos irem ao cinema e, depois que eles saem, o casal segue para seu quarto.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Delbert Mann, à partir de um roteiro escrito por Irving Ravetch e Harriet Frank  Jr., "Sombras no Fim da Escada" é um filme norte-americano produzido em 1960 pela Warner Bros.
 
Na direção, Delbert Mann realiza um trabalho excepcional, no que é ajudado por uma bela fotografia a cargo de Harry Stradling Sr.  Sua trama é bastante comovente, e o elenco, como um todo, nos brinda com excelentes atuações, o que faz aumentar a atenção do espectador. Enfim, "Sombras no Fim da Escada" é um filme que recomendo fortemente.
 
CAA