Filmes por gênero

MULHER SOLTEIRA PROCURA (1992)

Single white female
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Jovem procura companheira (Portugal)
J.F. partagerait appartement (França)
Inserzione pericolosa (Itália)
Mujer blanca soltera busca... (Espanha)
Mujer soltera busca (Argentina, México, Peru)
Weiblich, ledig, jung sucht... (Alemanha)
Ensam ung kvinna söker... (Suécia)
Enlig pige søger (Dinamarca)
Одинокая белая женщина (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Suspense
Direção: Barbet Schroeder
Roteiro: Don Roos
Produção: Barbet Schroeder
Design Produção: Milena Canonero
Música Original: Howard Shore
Fotografia: Luciano Tovoli
Edição: Lee Percy
Direção de Arte: P. Michael Johnston
Figurino: Milena Canonero
Guarda-Roupa: Ingrid Price, Eileen Kennedy, Andrea Wallace e outros
Maquiagem: Lizbeth Williamson, Fern Buchner, Matthew Mungle
Efeitos Sonoros: Tim Holland, Rob Fruchtman, Gloria S. Borders e outros
Efeitos Especiais: Josh Hakian, Eddie Surkin
Efeitos Visuais: Paul Lasaine, Michael Douglas Middleton
Nota: 7.8
Filme Assistido em: 1993

Elenco

Bridget Fonda Allison Jones
Jennifer Jason Leigh Hedra Carlson
Steven Weber Sam Rawson
Peter Friedman Graham Knox
Stephen Tobolowsky Mitch Myerson
Frances Bay Vizinha
Michele Farr Assistente de Myerson
Amelia Campbell Caixa
Eric Poppick Vizinho
Kim Sykes Repórter da TV
Michael James Collins Gerente de Caixa
Leslie A. Sank Mulher no Clube
Ron Athey Barman
Kaaren Boothroyd Cliente da Livraria
Tara Karsian .
Christiana D'Amore .
Jessica Lundy .
Renée Estevez .
George Gerdes .
Jack Wilson .

Indicações

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Atriz (Jennifer Jason Leigh)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Allison "Allie" Jones é uma designer de software em Nova York, noiva de Sam Rawson. No meio da noite, a ex-esposa de Sam telefona e Allie descobre que ele dormiu com ela recentemente. Magoada, termina o noivado e o põe para fora, sendo confortada pelo vizinho Graham Knox, um aspirante a ator. Na manhã seguinte, ela participa de um almoço de negócios com Mitchell Myerson, proprietário de uma casa de moda que está pensando em comprar um novo programa revolucionário desenvolvido por ela. Ele lhe pede uma significativa redução no preço do programa, alegando que suas recomendações dentro da indústria lhe renderão um grande número de clientes. Como ele é seu primeiro e único cliente, ela aceita a proposta.

Por outro lado, ao por um anúncio procurando uma companheira para compartilhar seu apartamento, ela conhece e acolhe Hedra Carlson, a quem dá o apelido de “Hedy”. Elas se tornam amigas, mas depois de algumas semanas, Hedy torna-se excessivamente protetora de Allie, chegando a apagar os recados deixados por Sam na secretária eletrônica. Com o fim de aumentar ainda mais seu vínculo com Allie, Hedy compra um filhote de cachorro, a quem dá o nome de Buddy, e a presenteia. No entanto, quando Allie e Sam reatam o noivado, ela se mostra extremamente ciumenta.

Certo dia, Allie e Sam saem para procurarem um novo apartamento para eles. Ao voltarem, Allie fica horrorizada ao encontrar o cachorrinho morto. Furiosa, acusa Hedy por ter deixado a janela aberta. No entanto, naquela noite, enquanto conforta uma Hedy perturbada, Sam lhe diz que, se alguém ali tem alguma culpa, é ele o culpado.

Quando do fechamento do negócio envolvendo o software desenvolvido por Allie, Myerson tenta estuprá-la, insinuando que, se ela não se submeter a ele, ele vai fazer com que seus futuros clientes não lhe paguem. Ela o enfrenta e consegue fugir.

Para ajudar Allie a se sentir melhor, Hedy a leva a um salão de beleza para cortar o cabelo. Terminado o corte, Hedy aparece na escada vestida exatamente como ela, incluindo seu corte de cabelo, o que deixa Allie extremamente irritada. Mais tarde, naquela noite, Allie acompanha Hedy a uma boate e testemunha quando esta se faz passar por ela.

Mais tarde, enquanto Hedy toma banho, Allie descobre uma caixa de sapatos contendo cartas endereçadas a Ellen Besch, o verdadeiro nome de Hedy, bem como, a carta de Sam e um recorte sobre o afogamento acidental de sua irmã gêmea, quando tinha nove anos.

Naquela noite, quando Allie fala para Graham a verdade sobre Hedy, eles não desconfiam que ela está escutando a conversa. Quando Allie vai embora, Hedy entra no apartamento e ataca Graham.

Quando Sam retorna na noite seguinte, Hedy novamente personifica Allie e faz sexo oral nele. Após o ato, ela implora a Sam para deixar Allie sozinha, mas Sam se recusa e insiste em dizer a verdade à Allie. Furiosa, Hedy o mata.

No dia seguinte, Hedy diz à Allie que está prestes a ir embora. Mais tarde, Allie vê uma notícia sobre a morte de Sam, percebe o que aconteceu e tenta sair. No entanto, de posse de uma arma, Hedy passa a ter Allie como refém. Afirmando que todos vão acreditar que Allie matou Sam, Hedy a convence a fugir. No entanto, quando esta se ausenta, Allie tenta enviar uma mensagem de socorro, mas Hedy descobre e a confronta.

Nesse meio tempo, ao perceber que seus arquivos foram apagados, Myerson procura Allie e a encontra amarrada no chão. Pouco depois, ele é atacado e morto por Hedy que, em seguida, tenta convencer Allie a cometer suicídio. No entanto, esta reage ao jogar um copo d’água em seu rosto. As duas mulheres lutam e, quando Allie tenta correr, Hedy implora para que ela não a deixe. Friamente, Allie lhe diz: “Eu não sou como sua irmã, Hedy. Não mais. Eu sou como você agora." Graham recobra a consciência e tenta ajudar Allie, mas enfurecida, Hedy se recusa a desistir.

Uma perseguição se inicia em direção ao elevador, onde Hedy deixa Allie inconsciente e a arrasta em direção a um forno. Minutos depois, ao descobrir que Allie desapareceu, Hedy implora para que ela apareça. Quando, finalmente, Allie surge, as duas lutam e, no final, Hedy é esfaqueada e morta.

Num epílogo, Allie afirma que finalmente seguiu em frente, que perdoa Hedy por matar Sam, e que continua tentando perdoar a si mesma por Hedy.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Barbet Schroeder, a partir de um roteiro escrito por Don Roos, “Mulher Solteira Procura” é um bom thriller psicológico do início dos anos 1990. Com um roteiro muito bem escrito, a trama acompanha o relacionamento entre duas jovens mulheres, numa atmosfera marcada por um suspense progressivamente crescente até a descoberta da verdadeira personalidade psicótica de uma delas.

Na direção, Schroeder consegue manter um bom ritmo ao longo de toda a projeção. No elenco, Jennifer Jason Leigh e Bridget Fonda se mostram bastante convincentes em seus respectivos papéis, principalmente a primeira como a psicótica Hedra Carlson.

CAA