Filmes por gênero

DOMINGO MALDITO (1971)

Sunday bloody sunday
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Domingo, maldito domingo (Portugal, Espanha)
Un dimanche comme les autres (França)
Domenica maledetta domenica (Itália)
Dos amores en conflicto (Argentina)
Söndag, satans söndag (Suécia)
Ta przekleta niedziela (Polônia)
Den satans søndag (Dinamarca)
Воскресенье, проклятое воскресенье (União Soviética)
Pais: Reino Unido
Gênero: Drama
Direção: John Schlesinger
Roteiro: Penelope Gilliatt
Produção: Joseph Janni, Edward Joseph
Design Produção: Luciana Arrighi
Música Original: Ron Geesin
Direção Musical: Douglas Gamley
Fotografia: Billy Williams
Edição: Richard Marden
Direção de Arte: Norman Dorme
Figurino: Jocelyn Rickards
Maquiagem: Freddie Williamson
Efeitos Sonoros: Simon Kaye, David Campling, Gerry Humphreys, Alan Jones
Nota: 8.5
Filme Assistido em: 1974

Elenco

Peter Finch Dr. Daniel Hirsh
Glenda Jackson Alex Greville
Murray Head Bob Elkin
Peggy Ashcroft Sra. Greville
Maurice Denham Sr. Greville
Tony Britton George Harding
Vivian Pickles Alva Hodson
Frank Windsor Bill Hodson
Thomas Baptiste Prof. Johns
Hannah Norbert Mãe de Daniel
Harold Goldblatt Pai de Daniel
Marie Burke Tia Astrid
Jon Finch Escocês
Kimi Tallmadge Lucy Hodson
Russell Lewis Timothy Hodson
Emma Schlesinger Tess Hodson
Robert Rietty Irmão de Daniel
Liane Aukin Cunhada de Daniel
Robin Presky Sobrinho de Daniel
Richard Loncraine Sócio de Bob
Royce Mills Sócio de Bob
Monica Vasileiou Agente de Viagem
John Rae Médico
Ellis Dale Químico

Prêmios

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro de Língua Inglesa (Reino Unido)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Ator (Peter Finch)

Prêmio de Melhor Atriz (Glenda Jackson)

Prêmio de Melhor Edição (Richard Marden)

Prêmio de Melhor Direção (John Schlesinger)

Prêmios David di Donatello, Itália

David de Melhor Direção Estrangeira (John Schlesinger)

Sociedade Nacional dos Críticos de Cinema dos Estados Unidos

Prêmio de Melhor Ator (Peter Finch)

Prêmio de Melhor Roteiro (Penelope Gilliatt)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Roteiro (Penelope Gilliatt )

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Drama escrito diretamente para o cinema (Penelope Gilliatt)

Grêmio dos Roteiristas da Grã Bretanha

Prêmio de Melhor Roteiro Britânico (Penelope Gilliatt)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Direção (John Schlesinger)

Oscar de Melhor Ator (Peter Finch)

Oscar de Melhor Atriz (Glenda Jackson)

Oscar de Melhor História e Roteiro (Penelope Gilliatt)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Ator em um Drama (Peter Finch)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Fotografia (Billy Williams)

Prêmio de Melhor Roteiro (Penelope Gilliatt)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (David Campling, Simon Kaye, Gerry Humphreys )

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (John Schlesinger)

Sociedade Nacional dos Críticos de Cinema dos Estados Unidos

Prêmio de Melhor Fotografia (Billy Williams)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Ator (Peter Finch)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Daniel Hirsh, um médico judeu homossexual de meia-idade, e uma funcionária pública separada do marido, Alex Greville, se envolvem em um triângulo amoroso com o escultor Bob Elkin, um jovem de 20 e poucos anos. Apesar de um saber da existência do outro, Daniel e Alex contentam-se em dividir Bob, principalmente pelo medo de perdê-lo.

Embora não se conheçam, Daniel e Alex são muito amigos do casal Alva e Bill Hodson. A propósito, Alex se mostra muito ansiosa em relação ao próximo final de semana, quando ela e Bob vão ficar na casa dos Hodsons para cuidarem de seus cinco filhos, enquanto o casal participa de uma conferência acadêmica.

No sábado à tarde, quando Bob comunica que gostaria de ir à cidade, Alex lamenta não ter a possibilidade de deixar as crianças sozinhas e aproveitar a oportunidade para estar com Daniel. Sem que ela saiba, Bob saiu exatamente para passar a tarde na cama ao lado de Daniel. Na ocasião, Bob confidencia que um negociante de arte na América se encontra muito interessado em uma de suas esculturas.

Mais tarde, ao retornar para a casa dos Hodsons, Bob encontra Alex furiosa por ele ter deixado ela sozinha, já que haviam acordado passarem o final de semana juntos. Na ocasião, ele lhe diz que ela está exigindo muito dele, enquanto ele procura dar o melhor de si. À noite, Alex pede desculpas por seu mau humor e o casal se reconcilia. Enquanto isso, Daniel passa a noite com alguns amigos na Ópera e se mostra desconcertado ao encontrar um antigo amante em seu caminho de volta para casa.

No dia seguinte, Daniel fica em casa sozinho, enquanto Alex e Bob levam as crianças e seu cachorro para um parque. Ao voltarem para casa, o cachorro é atropelado e morto por um caminhão. Como as crianças se mostram inconsoláveis, Bob propõe um concurso de desenho para distraí-las. No final da tarde, ele encoraja Alex a repousar um pouco e, quando ela acorda no início da noite, descobre que Alva e Bill já voltaram. Alex lamenta a morte de seu cachorro e fica aliviada quando Alva lhe diz que Bob convidou alguns artistas e que está trabalhando. No entanto, ela se mostra inquieta ao ouvir um dos artistas aconselhar Bob a refazer seu último trabalho ao chegar à América. Mais tarde, quando Bob leva Alex para casa, ele se recusa a passar a noite com ela, para sua decepção.

Na terça-feira seguinte, Alex janta com seus pais, ocasião em que ela comenta que se acha desconfortável com eles constantemente convidando seu ex-marido para jantar. A Sra. Greville admite que eles gostam muito de seu ex-marido e que esperam que eles se reconciliem.

Na noite de sexta-feira, no apartamento de Daniel, ele pergunta a Bob se a viagem para a América vai reforçar sua carreira, ao que este responde que, embora se trate de algo incerto, ele está disposto a correr o risco. No sábado, Daniel passa o dia com sua família, enquanto Bob encontra-se com Alex e lhe fala sobre seus planos de ir para a América, ocasião em que lhe pergunta se ela pretende visitá-lo lá. Alex, no entanto, lhe responde que não acredita que tudo possa permanecer o mesmo, que não pretende visitá-lo no exterior nem esperar por sua volta. Ele repete que Alex está exigindo muito dele e se arrepende de tê-la perdido.

Naquela noite, Daniel chega em casa e encontra Bob dormindo em sua cama. Depois que eles fazem amor, Daniel se pergunta se Bob sentirá falta dele, ou de Alex, ocasião em que Bob casualmente promete voltar para eles. No domingo pela manhã, Bob viaja e, mais tarde, quando Alex vai visitar os Hodsons, ela vê o carro de Daniel e espera que ele saia, quando os dois se encontram. Naquela tarde, ao voltar para casa, Alex descobre que Bob deixou seu tucano de estimação.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta John Schlesinger, a partir de um roteiro escrito por Penelope Gilliatt, “Domingo Maldito” é um filme produzido pelas empresas Vic Films Productions e Vectia Films Ltd. em 1971. Sua trama conta a história de um ménage à trois entre dois homens e uma mulher, no qual um dos homens é que é o objeto do amor dos outros dois.

Partindo de um roteiro bastante original e inteligente, Schlesinger nos brinda com um belo trabalho de direção, no que é ajudado pela excelente fotografia de Billy Williams. Na área técnica, merecem igualmente elogios sua trilha sonora, com músicas de Schumann e Mendelssohn, bem como o figurino assinado por Jocelyn Rickards.

No elenco, Peter Finch e Glenda Jackson brilham em seus respectivos papéis, seguidos pela boa atuação de Murray Head.

CAA