Filmes por gênero

CARTOUCHE (1962)

Cartouche
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Swords of blood (Reino Unido)
Cartouche der Bandit (Alemanha)
Cartouche - mästertjuven (Suécia)
Cartouche-zbójca (Polônia)
Seikkailija Cartouche (Finlândia)
Cartouche - Frankrigs Robin Hood (Dinamarca)
Sevimli haydut (Turquia)
Картуш (União Soviética)
Pais: França, Itália
Gênero: Ação, Comédia, Aventura, Drama
Direção: Philippe de Broca
Roteiro: Philippe de Broca, Daniel Boulanger, Charles Spaak
Produção: Georges Dancigers, Alexandre Mnouchkine
Design Produção: François de Lamothe
Música Original: Georges Delerue
Fotografia: Christian Matras
Edição: Laurence Méry-Clark
Figurino: Rosine Delamare
Efeitos Sonoros: Jean Rieul
Nota: 8.1
Filme Assistido em: 1965

Elenco

Jean-Paul Belmondo Louis-Dominique Bourguignon, Cartouche
Claudia Cardinale Vênus
Marcel Dalio Malichot
Jean Rochefort Topeira
Jess Hahn Doçura
Philippe Lemaire Gaston de Ferrussac
Odile Versois Isabelle de Ferrussac
Noël Roquevert Sargento
Jacques Charon O coronel
Lucien Raimbourg O marechal
Jacques Balutin O monge capuchinho
Pierre Repp O marquês de Griffe
Jacques Hilling Hoteleiro
Paul Préboist Policial
Jacques Préboist Policial
René Marlic O taberneiro
Alain Dekok Louison
Philippe Castelli Comissário
Léonce Corne Conde
Paul Jeanjean Cúmplice de Cartouche
Henri Guégan Cúmplice de Cartouche
Raoul Billerey Cúmplice de Cartouche
Antoine Baud Cúmplice de Cartouche

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

No século XVIII, Louis Dominique Bourguignon trabalha para a gangue de Malichot, um batedor de carteiras, mas seus métodos não lhe agradam. Ao se rebelar contra Malichot, ele se vê forçado a fugir para Paris e se alistar no exército onde, juntamente com dois outros ladrões, Doçura e Topeira, rouba o cofre do regimento, sendo os três em seguida capturados e presos.

Ao conseguir fugir, ele resgata também Vênus, uma bela batedora de carteiras, cigana, que se torna sua amante. Voltando à Paris, Bourguignon cria sua própria gangue, passando a atuar sob o codinome de Cartouche, com a maior parte da gangue de Malichot, que se junta a ele e, com o tempo, sua organização se transforma em um sindicato do crime extremamente bem-sucedido.

Com seus assaltos audaciosos gerando benefícios para os mais pobres, ele ganha a simpatia do povo, o amor de Vênus e o ódio das autoridades. Assim, depois de inúmeras tentativas, a polícia, finalmente, consegue montar uma armadilha contra Cartouche, quando ele se encontra no campo. Ele é, então, capturado, mas seus homens emboscam os guardas enquanto o levam para longe. No confronto que se segue, Cartouche é salvo por Vênus, que sacrifica sua vida para salvá-lo.

Cartouche e seus homens colocam o corpo de Vênus numa carruagem que roubaram, mais cedo, de um nobre, e a jogam em um lago. Enquanto a carruagem afunda, Cartouche pede a seus homens que se dispersem, enquanto ele promete vingar a morte de sua querida Vênus, o que, mais cedo ou mais tarde, o levará à forca.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Philippe de Broca, a partir de um roteiro por ele escrito, juntamente com Daniel Boulanger e Charles Spaak, “Cartouche” é um filme franco-italiano produzido pelas empresas Les Films Ariane, Filmsonor, Mondex Films e Vides Cinematografica em 1962. Sua trama apresenta momentos divertidos e outros marcados por cenas de tirar o fôlego, com bastante ação, terminando com um final trágico.

A direção de Philippe de Broca se mostra apenas razoável, embora consiga manter um bom ritmo, principalmente em sua segunda metade. Por outro lado, a fotografia em Eastmancolor, a cargo de Christian Matras, bem como a trilha sonora assinada por Georges Delerue, são de muito boa qualidade.

No elenco, Jean-Paul Belmondo e Claudia Cardinale brilham em seus respectivos papéis, seguidos pelas boas atuações de Marcel Dalio, Jean Rochefort e Jess Hahn.

CAA