Filmes por gênero

O CÉU À MÃO ARMADA (1969)

Heaven with a gun
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: À mão armada (Portugal)
Au paradis à coups de révolver (França)
Il pistolero di Dio (Itália)
Pulver und blei (Austria, Alemanha)
Un paraíso a golpe de revólver (Espanha)
Los violentos van al cielo (Argentina)
Præriens vildeste mænd (Dinamarca)
Kulan kom från en 44:a (Suécia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Faroeste
Direção: Lee H. Katzin
Roteiro: Richard Carr
Produção: Frank King, Maurice King
Música Original: Johnny Mandel
Fotografia: Fred J. Koenekamp
Edição: Dann Cahn
Direção de Arte: George W. Davis, Frank Paul Sylos
Maquiagem: William Tuttle
Efeitos Sonoros: Franklin Milton
Nota: 7.0
Filme Assistido em: 1971

Elenco

Glenn Ford Jim Killian / Pastor Jim
Carolyn Jones Madge McCloud
Barbara Hershey Leloopa, garota índia
John Anderson Asa Beck
David Carradine Coke Beck, filho de Asa
J.D. Cannon Mace, pistoleiro de Beck
Noah Beery Jr. Garvey
Harry Townes Gus Sampson
William Bryant Bart Paterson
Virginia Gregg Sra. Patterson
James Griffith Abraham Murdock
Roger Perry Ned Hunter
Claude Woolman Gilcher
Ed Bakey Scotty Andrews
Barbara Babcock Sra. Andrews
James Chandler Doc Foster
Angelique Pettyjohn Emily
Jessica James Jan
Bill Catching Willie
Ed McCready Charlie
Miss Eddie Crispell Habitante local
Barbara Dombre Habitante local
Bill Coontz Habitante local

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

A pequena cidade de Vinegaroon, no oeste, é governada com mão de ferro por Asa Beck, dono de uma fazenda em guerra contra os pastores locais. Quando um estranho chamado Jim Killian chega à cidade, Beck assume que ele é um pistoleiro contratado pelos pastores de ovelhas, mas Killian revela ser um pregador que veio para abrir a Igreja Missionária do Bom Pastor e ensinar as pessoas da cidade que podem viver juntas em paz.

Leloopa, filha de um pastor de ovelhas enforcado pelo implacável filho de Beck, Coke, se apega à Killian. Assim, quando Coke agride a jovem, ele é espancado por Killian e morto por um dos pastores. Enfurecido, Beck envia um de seus assassinos contratados, Mace, para incendiar a igreja de Killian. Embora este seja movido a se vingar, Madge McCloud, a guardiã do Saloon, usa sua antiga amizade com Killian para dissuadi-lo de pegar em armas. Assim, reunindo um grupo de fazendeiros, Killian faz um sermão exortando todos a promoverem a paz, ocasião em que é exposto como um ex-pistoleiro condenado por Mace.

Aproveitando a oportunidade, Beck planeja provocar um confronto com os pastores ao dirigir seu rebanho até o lago que serve como o único suprimento de água da cidade. Killian, no entanto, consegue reunir as esposas e filhos de fazendeiros e pastores e persuadi-los a formar um escudo humano na beira do lago. Incapazes de atirar em suas próprias famílias, os fazendeiros largam suas armas e Beck é forçado a admitir que foi derrotado pelo sermão do pregador.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Lee H. Katzin, a partir de um roteiro escrito por Richard Carr, “O Céu à Mão Armada” é um faroeste norte-americano produzido pela King Brothers Productions em 1969.

Na direção, mais conhecido por dirigir séries para a televisão, Katzin realiza um trabalho apenas razoável, o mesmo correndo com a fotografia a cargo de Fred J. Koenekamp. Cenas de uma mulher nua sentada fora de uma casa são raridades em filmes desse gênero.

No elenco, o grande destaque é a participação de Glenn Ford. Carolyn Jones, Barbara Hershey e John Anderson se saem razoavelmente bem em seus respectivos papéis.

CAA