Filmes por gênero

UM CRIME PERFEITO (1998)

A perfect murder
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Um homicídio perfeito (Portugal)
Meurtre parfait (França, Canadá)
Delitto perfetto (Itália)
Un crimen perfecto (Argentina, Espanha, México)
Ein perfekter Mord (Austria, Alemanha)
Ett perfekt mord (Suécia)
Savršeno ubistvo (Sérvia)
Идеальное убийство (Rússia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Suspense
Direção: Andrew Davis
Roteiro: Patrick Smith Kelly
Produção: Anne Kopelson, Arnold Kopelson, Peter MacGregor-Scott, Christopher Mankiewicz
Design Produção: Philip Rosenberg
Música Original: James Newton Howard
Fotografia: Dariusz Wolski
Edição: Dov Hoenig, Dennis Virkler
Direção de Arte: Patricia Woodbridge
Figurino: Ellen Mirojnick
Efeitos Especiais: Manex Efrem, Jeff Brink
Nota: 8.1
Filme Assistido em: 1999

Elenco

Gwyneth Paltrow Emily Bradford Taylor
Michael Douglas Steven Taylor
Viggo Mortensen David Shaw
David Suchet Mohamed Karaman
Sarita Choudhury Raquel Martinez
Michael P. Moran Bobby Fain
Novella Nelson Embaixatriz Alice Wills
Constance Towers Sandra Bradford
Will Lyman Jason Gates
Maeve McGuire Ann Gates
Roberta Orlandi Diplomata italiana
Lee Wong Diplomata japonês
Marat Yusin Delegado russo
Francis Dumaurier Delegado francês
Deen Badarou Delegado africano
Peter Benson Hansen
Jeff Williams Nolan
David Eigenberg Stein
Scott Dillin Detetive Scott
Jean De Baer Secretária
Monica Parker Janice Moran
Bob Bowersox Fotógrafo policial
Davell Owens Distribuidor de drogas

Prêmios

Prêmios Blockbuster, Los Angeles, Califórnia, EUA

Prêmio Blockbuster de Atriz Favorita - Suspense (Gwyneth Paltrow)

Indicações

Prêmios Blockbuster, Los Angeles, Califórnia, EUA

Prêmio Blockbuster de Ator Favorito - Suspense (Michael Douglas)

Prêmio Blockbuster de Ator Coadjuvante Favorito - Suspense (Viggo Mortensen)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Emily Bradford Taylor é uma jovem mulher bonita e inteligente, dona de uma fortuna de 100 milhões de dólares.  Trabalha como tradutora na ONU, atualmente é assistente da embaixatriz americana na nas Nações Unidas, fala fluentemente várias línguas, incluindo francês e árabe.  Emily é casada com Steven Taylor, um rico homem de negócios que atravessa uma gravíssima crise financeira que pode arruiná-lo.

No entanto, Emily está apaixonada por David Shaw, um pintor conhecido do casal que habita um espaço ilegal perto de Greenpoint, Brooklyn, que tem ambas as funções de apartamento e estúdio de pintura.  Em recente evento beneficiente que contou com o comparecimento de todos os poderosos patronos do Metropolitan Museum of Art, diversas fotos mostram David e Emily conversando sozinhos.  Durante meses, os encontros apaixonados e secretos de Emily e David fazem-no crer no fim do casamento de Emily e no início da nova vida que compartilharão juntos.

Um dia, Steven vai ao apartamento de David para ver seus quadros e lhe diz que sabe que sua mulher está tendo um caso com ele e também que ele aprendeu pintura quando cumpria sua segunda sentença na prisão.

Além disso, Steven sabe que David já esteve se aproveitando de outras mulheres ricas, mas mesmo assim lhe faz uma proposta: oferece ao pintor 500 mil dólares para ele sumir, mas antes tem de matar Emily, fazendo com que pareça um acidente. Ciúme pode ser um dos motivos de Steven planejar o "crime perfeito";  e uma apólice de seguro de vida de Emily num valor considerável pode ser o outro.  Apesar da proposta ser bem incomum, David concorda em fazer o serviço.

Certa noite, quando o marido se encontrava fora participando de um jogo de pôquer, Emily foi à cozinha atender ao telefone quando foi atacada por um agressor mascarado, que acabou sendo morto com um termômetro durante a luta que se seguiu.  O suposto agressor foi identificado como sendo um conhecido gatuno, com longa ficha criminal por invasão e furto.

O detetive Mohamed Karaman é o encarregado da investigação sobre a tentativa de roubo e assassinato na cobertura dos Taylor.  O detetive Bobby Fain também está trabalhando no caso.

Porém, no plano final, um crime perfeito pode ser tão impossível de se realizar como o amor perfeito... e já que a traição está no ar, o jogo de gato e rato que se inicia acaba revelando as garras afiadas de predadores inesperados.

imagem

Comentários

Andrew Davis dirige "Um crime perfeito" a partir do roteiro de Patrick Smith Kelly, que fez uma maravilhosa adaptação da obra de Frederick Knott, "Dial M for Murder", que Hitchcock trouxe para o cinema em 1953 com Ray Milland, Grace Kelly e Robert Cummings.

Ao contrário da versão de Hitchcock, ambientada em Londres, "Um crime perfeito" foi rodado em Nova York.  O luxuoso apartamento da 5ª Avenida é o resultado de um belo trabalho desenvolvido pelo designer de produção, Philip Rosenberg, pela diretora de arte, Patricia Woodbridge e pela decoradora de cenários, Debra Schut.

A Fotografia de Dariusz Wolski é de alta qualidade e a trilha sonora dá um toque especial ao filme.  O elenco, de um modo geral, está muito bem, principalmente Michael Douglas e Gwyneth Paltrow.   Viggo Mortensen poderia estar melhor e o resto do elenco está adequado para seus papéis, especialmente David Suchet como o inspetor de polícia.

 CAA