Filmes por gênero

ROMANCE (1999)

Romance
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Románc (Hungria)
Romans (Polônia)
Romansa X (Sérvia)
Романс Х (Rússia)
Pais: França
Gênero: Drama
Direção: Catherine Breillat
Roteiro: Catherine Breillat
Produção: Jean-François Lepetit
Design Produção: Frédérique Belvaux
Música Original: Raphaël Tidas, D. J. Valentin
Fotografia: Giorgos Arvanitis
Edição: Agnès Guillemot
Direção de Arte: Valérie Leblanc Weber
Figurino: Ann Dunsford
Guarda-Roupa: Janet Latimer
Maquiagem: Claire Monatte, Pascal Thiollier
Efeitos Sonoros: Paul Lainé, Marc Authesserre, Eric Bonnard e outros
Nota: 7.8
Filme Assistido em: 1999

Elenco

Caroline Ducey Marie
Sagamore Stévenin Paul
François Berléand Robert
Rocco Siffredi Paolo
Reza Habouhossein Homem na escada
Ashley Wanninger Ashley
Emma Colberti Charlotte
Fabien de Jomaron Claude
Carla Modelo
Pierre Maufrint Fotógrafo
Antoine Amador Cabeleireiro
Oliver Buchette Médico
Nadia Latoui Enfermeira
Sylvie Drieu Auxiliar de enfermagem
Emmanuelle N'Guyen Parteira
Roman Rouzier Técnico em ecografia
Samuel Charter
Alexis Gignoux
Muriel Gregoire
Bernard Garreau

Indicações

Prêmios da British Independent Film, Inglaterra, Reino Unido

Prêmio de Melhor Filme Independente Internacional

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Marie é uma jovem mulher francesa, professora numa escola primária.  Casada com Paul, passa a ter problemas com o marido pelo fato dele não ter mais interesse em ter relações sexuais com ela.  Ela chega a fazer sexo oral nele, enquanto o mesmo fica impassível diante de uma tela de televisão.

Sentindo-se sexualmente rejeitada pelo marido, para satisfazer o vazio sexual e afetivo, Marie inicia uma busca insaciável de prazer, sem jamais encontrá-lo.  Tem um caso com o diretor da escola onde dá aulas, Robert, um sadomasoquista que carrega uma mala cheia de apetrechos de "tortura", envolvendo-se em situações de violência e submissão.

Marie intercala longos diálogos durante transas com amantes que mal conhece.  Sem impor limites a essa busca afetiva, disfarçada em voracidade carnal, ela se envolve com um desconhecido na rua, com um astro do cinema pornô, Paolo, e ainda encontra disposição para se masturbar "sempre de pernas fechadas, com uma sensação levemente de enojamento", como observa.

imagem

Comentários

"Romance" é um filme provocativo e controverso, não pelo assunto tratado, mas pela forma como ele é apresentado.  Inteligente, escrito e dirigido por uma mulher, a francesa Catherine Breillat, o filme contém várias cenas de nudez e sexo.  Não se trata de um filme pornográfico,  embora muitos questionem o limite entre o pornô e o cinema enquanto arte.

O cinema de Breillat lembra um pouco Buñuel.  Ela tenta desmistificar o sexo e a nudez, dando ênfase à luta psicológica de Marie e aos intermináveis monólogos interiores.  A fotografia e a trilha sonora são de boa qualidade.

O grande destaque do filme, entretanto, é a atriz Caroline Ducey.  Aos 22 anos, ela teve a coragem de aceitar o papel que havia sido rejeitado por diversas atrizes de renome.  E se saiu muito bem.  Além de bonita, atua adequadamente, carregando às vezes o filme.  Seu talento já havia sido reconhecido em "Cheio de Felicidade  (Trop de Bonheur)", de 1994,  e em "Familles, Je vous hais", de 1997.

CAA