Filmes por gênero

PERDAS E DANOS (1992)

Damage
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Relações proibidas (Portugal)
Damage (Reino Unido)
Fatale (França, Canadá)
Il danno (Itália)
Herida (Espanha)
Una vez en la vida (Argentina)
Obsesión (Peru)
Verhängnis (Alemanha)
Begär (Suécia)
Pais: Reino Unido, França
Gênero: Drama, Romance
Direção: Louis Malle
Roteiro: David Hare
Produção: Louis Malle
Design Produção: Brian Morris
Música Original: Zbigniew Preisner
Direção Musical: Wojciech Michniewski
Fotografia: Peter Biziou
Edição: John Bloom
Direção de Arte: Richard Earl
Figurino: Milena Canonero
Guarda-Roupa: Emily Seresin
Maquiagem: Louise Constad, Linda DeVetta
Efeitos Sonoros: Jean-Claude Laureux, Eddy Joseph, Nigel Mills, Robin O'Donoghue
Nota: 8.6
Filme Assistido em: 1993

Elenco

Juliette Binoche Anna Barton
Jeremy Irons Dr. Stephen Fleming
Miranda Richardson Ingrid Fleming
Rupert Graves Martyn Fleming
Ian Bannen Edward Lloyd
Peter Stormare Peter Wetzler
Gemma Clarke Sally Fleming
Leslie Caron Elizabeth Prideaux
Julian Fellowes Donald Lyndsay
Tony Doyle Primeiro Ministro
Ray Gravell Raymond
Susan Engel Srta. Snow
David Thewlis Detetive
Jeff Nuttall Trevor Leigh Davies
Roger Llewellyn Palmer
Barry Stearn Assessor do 1º Ministro
Linda Delapena Beth
Henry Power Henry
Luc Étienne Recepcionista do Hotel Lutetia
Francine Stock Entrevistadora da TV
Jason Morell Jovem na Sotheby's
Simon De Deney .

Prêmios

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Miranda Richardson)

Círculo de Críticos de Cinema de Londres, Inglaterra

Prêmio Atriz Britânica do Ano (Miranda Richardson)

Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles, EUA

Prêmio de Melhor Música (Zbigniew Preisner)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Miranda Richardson)

Prêmios Sant Jordi de Barcelona

Prêmio de Melhor Ator Estrangeiro (Jeremy Irons)

Prêmio de Melhor Atriz Estrangeira (Juliette Binoche)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Miranda Richardson)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Miranda Richardson)

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Atriz (Juliette Binoche)

Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles, EUA

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Miranda Richardson)

Sociedade Nacional dos Críticos de Cinema dos Estados Unidos

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Miranda Richardson)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Dr. Stephen Fleming é um dos líderes conservadores do Parlamento britânico, um homem com reputação intocável.  Na vida privada, bem casado com Ingrid e pai de um casal de filhos, seu comportamento é igualmente exemplar.

Durante uma recepção, uma jovem aproxima-se dele afirmando ser Anna Barton e que está há meses saindo com seu filho Martyn, razão pela qual resolveu se apresentar.  Na manhã seguinte, Martyn a leva à sua casa.  Na hora das apresentações, tanto Stephen quanto Anna se comportam como se ainda não se conhecessem.  À tarde, ao chegar ao seu gabinete de trabalho, Stephen recebe um telefonema de Anna e, uma hora depois, os dois têm uma relação sexual no assoalho da casa dela.

Ao conseguir um novo emprego, Martyn reúne toda a família num restaurante para comemorarem a boa notícia.  Anna acha-se presente, ocasião em que conta que seu pai era diplomata e que, por isso, ela viveu em diversos países.  Quando todos saem, Ingrid comenta com Stephen que não acha Anna uma pessoa confiável, razão pela qual espera que o caso com o filho não seja nada sério.

Depois de procurá-la, mais uma vez, ele a convida para viajarem juntos à Bruxelas, onde ele vai participar de uma conferência.  Ela agradece e lhe diz que prefere passar o fim-de-semana com Martyn.  Já em casa, através da mulher, Stephen toma conhecimento que o filho e Anna vão passar o fim-de-semana no Hotel Lutetia de Paris.

Em Bruxelas, depois de entrar pela madrugada, a conferência é suspensa por 12 horas para que os participantes possam descansar um pouco.  Stephen, entretanto, pega um trem e amanhece em Paris.  De um telefone público, pede à Anna que deixe Martyn dormindo e que vá se encontrar com ele numa esquina próxima ao Hotel Lutetia, onde ele a aguarda.  Pouco depois, os dois se amam em plena rua.

De volta à Londres, ele marca um encontro num parque público, onde a informa que pretende se separar de Ingrid.  Anna então lhe diz que, agindo assim, além de destruir sua vida com Ingrid, vai ter que suportar o ódio que tomará conta de Martyn.

Quando do aniversário de Ingrid, todos viajam para a mansão do seu pai, onde passam o final da semana.  Na ocasião, Martyn pede a mão de Anna em casamento e esta aceita.  À noite, ainda na mansão, Stephen vai até o quarto onde Anna se encontra.

Num almoço em que a mãe dela se acha presente, esta nota que há algo entre a filha e Stephen.  Na primeira oportunidade, ela o procura para pedir-lhe que não prejudique essa chance que a filha está tendo para ser feliz.  Mais tarde, de um telefone público, Stephen diz à Anna que é melhor que eles se separem para o bem dela e de Martyn.

Em seu escritório, ele recebe um pequeno pacote contendo um endereço e uma chave.  Ele decide ir até lá.  Martyn, por sua vez, telefona para o trabalho de Anna, sendo informado que ela saiu mais cedo e que não vai mais retornar naquele dia.  Assim, no apartamento onde Martyn e Anna vão morar após o casamento, Stephen e Anna se encontram e vão logo para a cama.  Logo depois, Martyn chega e os encontra em pleno ato sexual.  Sem reação, recua de costas e termina caindo no térreo do edifício, morrendo na hora.

Para proteger sua família e seus colegas de trabalho, Stephen pede demissão.  Sua relação com Ingrid torna-se insustentável e, no final, todos terminam separados.

imagem

Comentários

Baseado num livro de Josephine Hart, "Perdas e Danos" é um ótimo drama.  Realizado pelo talentoso cineasta francês, Louis Malle, responsável por pérolas como "Trinta Anos Esta Noite", de 1963, "O Sopro no Coração", de 1971, e "Adeus Meninos", de 1987, o filme é um brilhante estudo psicológico da destruição de um homem.  A trama gira em torno de um respeitável pai de família, de comportamento exemplar, que se apaixona perdidamente pela namorada de seu filho e que, à medida que o relacionamento do filho se torna mais sério, mais sua paixão vai evoluindo para uma perigosa obsessão.

Além do bom trabalho de Malle, o filme apresenta ainda a ótima música de Zbigniew Preisner e excelentes atuações de Miranda Richardson, Juliette Binoche e Jeremy Irons.
 
CAA