Filmes por gênero

VIVA LAS VEGAS (1956)

Meet me in Las Vegas
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Donne... dadi... denaro! (Itália)
Spotkajmy sie w Las Vegas (Polônia)
Találkozzunk Las Vegas-ban (Hungria)
Mød mig i Las Vegas (Dinamarca)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Musical, Comédia Romântica
Direção: Roy Rowland
Roteiro: Isobel Lennart
Produção: Joe Pasternak
Música Original: George Stoll, Albert Sendrey, Robert Van Eps
Direção Musical: George Stoll
Coreografia: Hermes Pan
Fotografia: Robert J. Bronner
Edição: Albert Akst
Direção de Arte: Cedric Gibbons, Urie McCleary
Figurino: Helen Rose
Maquiagem: William Tuttle
Efeitos Sonoros: Wesley C. Miller, Conrad Kahn
Efeitos Especiais: Warren Newcombe
Nota: 8.3
Filme Assistido em: 1966

Elenco

Dan Dailey Chuck Rodwell
Cyd Charisse Maria Corvier
Agnes Moorehead Srta. Hattie
Lili Darvas Sari Hatvani
Jim Backus Tom Culdane
Paul Henreid Pierre, empresário de Maria
Cara Williams Kelly Donavan
Oskar Karlweis Lotzi
George Chakiris Noivo
Frank Sinatra Participação especial
Peter Lorre Participação especial
Debbie Reynolds Participação especial
Pier Angeli Participação especial
Vic Damone Participação especial
Tony Martin Participação especial
Elaine Stewart Participação especial
Jeff Richards Participação especial
Mitsuko Sawamura Ele próprio
Sammy Davis Jr. Ele próprio
Lena Horne Ela própria
Frankie Laine Ele próprio
Hank Worden Joe
Marc Wilder Príncipe
Mel Welles Jogador de roleta
Patricia Denise Showgirl
Barbara Drake Showgirl
Dulcy Jordan Showgirl
Marjorie May Showgirl
Peggy Moffitt Showgirl
Zell Russell Showgirl

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Trilha Sonora de um Musical (George Stoll, Johnny Green)

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Roy Rowland)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Roteiro de um Musical Americano (Isobel Lennart)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Todo ano, o fazendeiro Chuck Rodwell retorna ao Sands Hotel, em Las Vegas, na esperança de fazer fortuna no famoso Cassino, apesar das perdas sofridas em anos anteriores. Certo dia, quando a temperamental primeira bailarina, Maria Corvier, sai de seu ensaio no Copa Room, Chuck pega em sua mão para dar sorte na roleta e, por coincidência, ganha.

Insultada por ter que se apresentar num hotel caótico, Maria, arrogantemente recusa sua parcela nos lucros de Chuck, mas depois pede desculpas por seu comportamento. Quando, mais uma vez, ele ganha no caça-níquel, pegando na mão de Maria, ele atribui sua série de vitórias a ela. Ao voltar para seu quarto, Maria telefona para seu empresário, Pierre, pedindo-lhe para cancelar seu contrato em Las Vegas, mas descobre que será obrigada a cumpri-lo. Enquanto isso, sua acompanhante, Madame Sari Hatvani, tendo visto o interesse de Chuck, diz a ela que o amor romântico sempre a motivou durante sua carreira de dançarina, mas Maria insiste que seu único amor é dançar.

Mais tarde, depois de horas perdendo nas mesas de jogo, Chuck vai ao quarto de Maria, onde compartilha sua crença de que ela é seu amuleto de boa sorte e implora para que ela teste sua teoria em uma máquina de caça-níqueis. Atendendo ao seu pedido, ela fica desorientada ao ganhar duas vezes seguidas e aceita participar de um jogo numa mesa de roleta, onde ganha repetidamente. Quando Chuck, em sua excitação, a beija, Maria se sente imediatamente apaixonada pelo fazendeiro. Apesar de estar ansioso para ganhar mais prêmios, ele concorda em acompanhá-la para o jantar, depois que ela pede para passar um tempo a sós com ele.

Ao assistir uma apresentação no palco, naquela noite, Maria lamenta ter perdido a vida ao se dedicar unicamente ao balé. Em seguida, depois de passarem horas jogando com sucesso em diversos cassinos, os dois chegam ao New Frontier, onde em poucos minutos ganham uma considerável quantia. Atendendo a um pedido do proprietário, a dançarina Kelly Donavan, uma antiga namorada de Chuck, o atrai para longe da mesa a fim de evitar que ele leve a casa à falência.

Em seguida, ela convida Chuck e Maria para acompanhá-la ao Silver Slipper, onde vai se apresentar com um número bastante sensual. Uma vez lá, embriagada e com inveja de Kelly, Maria tropeça no palco, enquanto um fotógrafo tira uma foto. Mais tarde, ao voltar para o hotel, ela lamenta junto à Madame Hatvani que não tem habilidade para seduzir Chuck, recusando-se em seguida a atender uma ligação dele. Enquanto isso, temeroso de que possa jogar fora os lucros da noite, Chuck, por segurança, entrega o dinheiro ao seu amigo e negociante, Lotzi.

Quando o jornal da manhã seguinte publica a foto de Maria embriagada, o gerente do Sands, Tom Culdane, resolve cancelar seu contrato. No entanto, mais tarde, os proprietários insistem que a publicidade pode ser benéfica para eles, sugerindo que sejam providenciadas novas apresentações. Temendo que a temperamental dançarina não aceite seu pedido de desculpas, Culdane pede ajuda a Chuck, mas este se recusa a atendê-lo, dizendo que só quer dividir os lucros e deixar Maria em paz.

Determinada a trilhar seu próprio caminho, Maria se aproxima de Culdane para exigir que seu contrato seja cumprido, resolvendo assim seu dilema. Naquela noite, Chuck fica em transe durante a performance de Maria e a elogia. Inicialmente, ela o repele, mas ao ver Kelly se insinuando para ele, ela muda de ideia e concorda em sair com ele. Enquanto ela se prepara, Chuck, sentindo a insegurança de um jovem cantor japonês, Mitsuko Sawamura, durante uma apresentação, a encoraja a se juntar a ele num dueto que agradará a todos.

Tocada por sua natureza gentil, Maria pede para saber mais sobre ele, o que faz com que ele a leve até seu rancho. Uma vez lá, enquanto percorrem a propriedade, as galinhas de repente passam a pôr mais ovos, uma vaca tem um bezerro saudável e uma plataforma de petróleo abandonada volta a produzir. Quando sua mãe declara que Maria é a esposa perfeita, Chuck lhe diz que o romance acabará se ela for obrigada a permanecer na fazenda.

No entanto, depois que Maria se junta a eles usando um vestido da avó de Chuck, este se mostra tão fascinado que a convida para jantar. Mais tarde, quando Chuck e os fazendeiros fazem serenata para Maria e depois a atraem para uma dança country, a versátil dançarina cativa a multidão com seus passos rápidos.

Ao retornarem para Las Vegas, Maria fala que adorou a vida na fazenda e de seu crescente amor por Chuck, que então lhe propõe casamento. Uma vez no hotel, ao encontrar Pierre, seu empresário, ela anuncia seu noivado e lhe explica que pretende passar seis meses no rancho e seis meses se apresentando. Embora a parabenize por sua decisão, ele pretende, com calma, dissuadi-la do casamento.

Dezenas de pessoas se aglomeram em torno do casal sortudo, mas de repente a sorte os abandona, a começar pelas inúmeras tentativas numa mesa de roleta. Quando Maria, desanimada, retorna aos seus aposentos, Pierre relata para Madame Hatvani que seja qual for a sorte que tiveram, eles a perderam.

Na manhã seguinte, Maria e Chuck, desapontados com a mudança de sorte, concordam que o romance deles também chegou ao fim. Naquela noite, juntamente com Kelly, ela se destaca com uma admirável atuação, enquanto Chuck, na plateia, a observa com amor. Quando um casal de noivos comenta que não tiveram sorte no jogo, mas que sua maior riqueza foi terem encontrado um ao outro, Chuck corre para o camarim de Maria, onde o casal renova seus votos e concordam em parar de jogar.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Roy Rowland, a partir de um roteiro escrito por Isobel Lennart, “Viva Las Vegas” é uma comédia romântica produzida pela Metro-Goldwyn-Mayer (MGM) em 1956. Sua trama, baseada numa estória escrita pela própria roteirista, é marcada pela presença de Cyd Charisse e seus belos números musicais.

Na direção, Rowland realiza um excelente trabalho, o que lhe valeu uma indicação ao Prêmio de Direção Excepcional, conferido pelo Grêmio dos Diretores da América. Por outro lado, a fotografia em CinemaScope e Eastmancolor é de muito boa qualidade, o mesmo ocorrendo com sua trilha sonora.

No elenco, Cyd Charisse e suas belas pernas brilham nos números de dança, onde se destacam “My Lucky Charm”, “The Gal with the Yaller Shoes”, “Frankie and Johnny”, “Sleeping Beauty Ballet” e Rehearsal Ballet”. Ao seu lado, Dan Dailey se sai muito bem, o mesmo ocorrendo com Cara Williams, no papel de Kelly Donavan. O filme conta, ainda, com inúmeras participações especiais, onde se destacam as de Frank Sinatra, Peter Lorre, Debbie Reynolds, Pier Angeli, Vic Damone, Tony Martin, Elaine Stewart e Jeff Richards.

CAA