Filmes por gênero

O AMOR EM FUGA (1979)

L'amour en fuite
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Love on the run (USA, Canadá)
L'amore fugge (Itália)
El amor en fuga (Espanha)
Liebe auf der Flucht (Alemanha)
Kärlek på flykt (Suécia)
Uciekajaca milosc (Polônia)
Kjærlighet på flukt (Noruega)
Kærlighed på flugt (Dinamarca)
Pais: França
Gênero: Comédia, Drama, Romance
Direção: François Truffaut
Roteiro: François Truffaut, Marie-France Pisier, Jean Aurel, Suzanne Schiffman
Produção: François Truffaut
Design Produção: Jean-Pierre Kohut-Svelko
Música Original: Georges Delerue
Fotografia: Néstor Almendros
Edição: Martine Barraqué
Figurino: Monique Dury
Maquiagem: Thi-Loan Nguyen
Efeitos Sonoros: Michel Laurent, Jacques Maumont
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1980

Elenco

Jean-Pierre Léaud Antoine Doinel
Marie-France Pisier Colette Tazzi
Claude Jade Christine Doinel
Dani Liliane
Dorothée Sabine Barnerias
Daniel Mesguich Xavier Barnerias
Julien Bertheau Sr. Lucien
Jean-Pierre Ducos Advogado de Christine
Marie Henriau Juiza
Rosy Varte Mãe de Colette
Pierre Dios Maître Renard
Julien Dubois Alphonse Doinel
Monique Dury Madame Ida
Alain Ollivier Juiz de Aix en Provence
Emmanuel Clot Emmanuel
Christian Lentretien Paquera do trem
Roland Thénot Homem em cólera ao telefone
Alexandre Janssen Criança no Vagão-Restaurante
Richard Berry .
Richard Kanayan .

Prêmios

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Música (Georges Delerue)

Indicações

Festival Internacional de Berlim, Alemanha

Prêmio Urso de Ouro (François Truffaut)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Aos trinta e cinco anos, Antoine Doinel continua o mesmo adolescente de sempre.  Ele se encontra com Christine, sua mulher, para assinarem os papeis do divórcio.  A imprensa procura entrevistar o casal nas escadarias da Corte.  No meio da multidão que se forma na ocasião, encontra-se Colette, o primeiro amor de Antoine, hoje uma advogada de renome.

Antoine, o eterno contador de histórias, está agora apaixonado por Sabine, mas continuamente a desaponta.  Quando ele quebra uma promessa a ela feita, a fim de ver seu filho na estação  (uma promessa feita à Christine), ela acha que não deve mais continuar com essa relação.

Na estação, Antoine vê Colette num trem que vai rumo ao sul e, sem pensar duas vezes, ele pula e consegue pegar o tal trem.  Colette tem o livro de Antoine em suas mãos e, à medida que o trem se desloca, ela vai virando suas páginas, ao mesmo tempo em que relembra os velhos tempos dos dois.  Antoine e Colette finalmente se encontram e, juntos, discutem o passado e tentam entender se suas vidas estão agora melhores ou não.

O Sr. Lucien, último amante da mãe de Antoine, agora um senhor de idade responsável, telefona para ele e tenta explicar os motivos conflituosos de uma mãe em relação a um filho.

Christine e Colette encontram-se quando ambas tentam persuadir Sabine a se reconciliar com Antoine, por quem elas ainda têm grande afeição.

imagem

Comentários

O maior interesse de "O Amor em Fuga" está nos reencontros de Antoine Doinel com velhos conhecidos dos outros filmes da série:  Colette, seu primeiro amor; Christine, a mulher com quem ele se casou; e Lucien, o ex-amante de sua mãe.

Jean-Pierre Léaud, como sempre, está muito bem no papel de Antoine Doinel.  Claude Jade amadureceu com Christine, uma mulher de infinita paciência.  Os dois estão encantadores juntos.  Dorothée está adorável como Sabine e é sempre uma delícia ver Marie-France Pisier, agora voltando como uma Colette mais experiente.

CAA