Filmes por gênero

MÁ EDUCAÇÃO (2004)

La mala educación
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: La mauvaise éducation (França)
Bad education (USA, UK)
Schlechte Erziehung (Suiça, Áustria)
Pais: Espanha
Gênero: Drama, Crime
Direção: Pedro Almodóvar
Roteiro: Pedro Almodóvar
Produção: Pedro Almodóvar, Agustín Almodóvar
Música Original: Alberto Iglesias
Fotografia: José Luís Alcaine
Edição: José Salcedo
Direção de Arte: Antxón Gómez
Figurino: Jean-Paul Gaultier, Paco Delgado
Guarda-Roupa: Sonia Isla, Ana Cuerda, Pepe Reyes
Maquiagem: Ana Lozano, Natalia Montoya, Mariló Osuna e outros
Efeitos Sonoros: Miguel Rejas, José Antonio Bermúdez, Manuel Corrales e outros
Efeitos Especiais: Félix Cordón
Efeitos Visuais: Jorge Calvo, Iván López, Eduardo Díaz e outros
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 2004

Elenco

Gael García Bernal Ángel / Juan / Zahara
Fele Martínez Enrique Goded
Daniel Giménez Cacho Padre Manolo
Francisco Boira Ignacio
Nacho Pérez Ignacio, quando garoto
Francisco Maestre Padre José
Javier Cámara Paco / Paquito
Juan Fernández Martín
Leonor Watling Mônica
Lluís Homar Sr. Manuel Berenguer
Petra Martínez A Mãe
Alberto Ferreiro Enrique Serrano
Raúl García Forneiro Enrique, quando garoto
Roberto Hoyas Camareiro
Sara Montiel Soledad

Prêmios

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro

Sindicato dos Jornalistas Críticos de Cinema, Itália

Prêmio Fita de Prata de Melhor Diretor de Filme Estrangeiro (Pedro Almodóvar)

Festival Internacional de Valdivia, Chile

Prêmio de Melhor Ator (Gael García Bernal)

Indicações

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira

Academia do Cinema Europeu

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Direção (Pedro Almodóvar)

Prêmio de Melhor Roteiro

Prêmio de Melhor Fotografia

Prêmio de Melhor Compositor (Alberto Iglesias)

Prêmio do Público de Melhor Ator (Fele Martínez)

Prêmio do Público de Melhor Diretor (Pedro Almodóvar)

Associação dos Críticos de Cinema da Argentina

Condor de Prata de Melhor Filme Iberoamericano

Círculo de Críticos de Cinema de Londres, Inglaterra

Prêmio Filme em Língua Estrangeira do Ano

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Filme da União Européia

Prêmios Goya - Academia Espanhola, Espanha

Goya de Melhor Filme

Goya de Melhor Direção (Pedro Almodóvar)

Goya de Melhor Direção de Produção

Goya de Melhor Direção Artística

Prêmios do Cinema Polonês, Varsóvia, Polônia

Prêmio de Melhor Filme Europeu (Pedro Almodóvar)

Círculo dos Roteiristas de Cinema, Espanha

Prêmio de Melhor Ator (Gael García Bernal)

Prêmio de Melhor Edição (José Salcedo)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Alberto Iglesias)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Madri, 1980.  Enrique Goded é um cineasta de 27 anos que, apesar da pouca idade, já dirigiu três filmes de sucesso.  Passando por um bloqueio criativo, está tendo problemas em elaborar um novo projeto.  É quando recebe a visita de um ator à procura de trabalho, identificando-se como sendo Ignacio Rodríguez, seu amigo mais íntimo e também o primeiro amor de sua vida, quando ainda eram garotos, num internato de um colégio religioso, em 1960.

Goded recebe, do antigo amigo, um roteiro intitulado "A Visita", que parcialmente foi elaborado com as experiências de vida que ambos tiveram.  Goded lê o roteiro com profundo interesse.  

Em flashbacks, vê-se agora o cotidiano da vida no colégio, as fortes tendências de pedofilia de um professor de literatura, o padre Manolo, que vendo Ignacio e Enrique em atitude suspeita, ameaça expulsar este último.  Sabendo que o padre é apaixonado por ele, Ignacio lhe diz que fará qualquer coisa para que seu amigo não seja prejudicado.  Embora concorde com a proposta, depois de molestar Ignacio, o padre Manolo não cumpre a promessa e expulsa Enrique.

Anos depois, quando acaba de escrever "A Visita", Ignacio encontra, num clube noturno, o travestí Zahara, com quem vai para a cama.  Ao adormecer, Zahara rouba-lhe seus escritos e, tomando conhecimento de seu conteúdo, decide, com ajuda de um colega, ir até o colégio a fim de roubar e chantagear padre Manolo.  Acuado, este, com a ajuda do Padre José, livra-se de Zahara.

Voltando ao presente, Goded decide usar a história como base do seu próximo filme e, por causa de um isqueiro, vai até a casa de Ignacio, que colocara como condição a de que ele seria o ator principal, e lá, constata uma verdade surpreendente:  Havia algum tempo que Ignacio morrera por overdose de cocaína e que seu irmão, Juan, resolvera passar-se por ele...

imagem imagem imagem

Comentários

Embora não chegue ao nível de "Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos" ou de "Fale com Ela", " Má Educação" é mais uma obra do quase sempre inspirado cineasta, Pedro Almodóvar.  Nela, o roteirista, diretor e co-produtor procura mostrar o sexo mais como um instrumento de poder do que como uma expressão de amor.

A história, que tem sexo como tema central, fala ainda de amizade, amor, homossexualismo, drogas, pedofilia e traição.

Além do ótimo trabalho de Almodóvar, como roteirista e diretor, o filme conta ainda com uma bela trilha sonora, com a ótima fotografia de José Luis Alcaine e com as excelentes atuações de Gael García Bernal e Fele Martínez.

CAA