Filmes por gênero

MORRER DE AMOR (1971)

Mourir d'aimer
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Morrer de amar (Portugal)
Morir de amor (Espanha)
Morire d'amore (Itália)
To die of love (USA)
Aus liebe sterben (Alemanha)
Att älska är att leva (Suécia)
Rakkaus on elämää (Finlândia)
Umrzec z milosci (Polônia)
Pais: França, Itália
Gênero: Drama
Direção: André Cayatte
Roteiro: André Cayatte, Pierre Dumayet, Albert Naud
Produção: Roger Fellous, Lucien Massé
Design Produção: Robert Clavel
Música Original: Jorge Araujo Chiriboga
Fotografia: Maurice Fellous
Edição: Borys Lewin
Efeitos Sonoros: René-Christian Forget
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1972

Elenco

Annie Girardot Danièle Guénot
Bruno Pradal Gérard Leguen
Jean-Paul Moulinot Sr. Guénot
François Simon Sr. Leguen
Monique Mélinand Mme. Leguen
Jean Bouise Juiz de menores
Claude Cerval Juiz de instrução
Raymond Meunier Advogado de Danièle
Edith Loria Renée
Maurice Nasil Professor
Marcelle Ranson-Hervé Mme. Jaias, a vizinha
Marianik Revillon Cécile
Daniel Bellus Jean-Luc
Nicolas Dumayet Marc
Bernard Jeantet Alain
Nathalie Nell Thérèse
Claudine Berg Mme. Arnaud
Florence Blot Advogado
Hélène Dieudonné Uma senhora cega
Jean Marconi Diretor da Clínica
Charles Millot Falso juiz
Clément Thierry Ex-marido de Danièle
Marthe Villalonga Assistente social
Jean Minisini Enfermeiro

Indicações

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira (França)

Fotogramas de Plata, Madrid, Espanha

Fotogramas de Plata de Melhor Intérprete Estrangeiro (Annie Girardot)

Sinopse

1968 - Danièle Guénot, professora de letras de um Liceu de Rouen, participa ativamente dos eventos do mês de maio. Partidária dos métodos progressistas, ela convida seus alunos para sua casa, não fazendo distinção entre sua vida pessoal e a profissional. Entre os alunos, acha-se Gérard Leguen, jovem de dezessete anos, filho de um conhecido livreiro.

Não aceitando tais reuniões na casa da professora, o Sr. Leguen pede à Danièle que deixe seu filho em paz. Coincidentemente, ela e Gérard confessam seu amor e, ao mesmo tempo, descobrem que o mesmo é proibido. É que, embora Gérard tenha o comportamento de um homem, na verdade ele ainda é de menor idade.

Desde então, uma guerra sem piedade é declarada entre o casal de amantes e os pais do jovem. Estes fazem uma queixa contra a professora por desvio de menor. Recusando o rompimento da relação, ela é condenada a meses de prisão preventiva enquanto Gérard é internado numa clínica psiquiátrica.

No processo instaurado, o veredicto é favorável à Danièle, mas o promotor apela à Corte. Sentindo-se esgotada moral e fisicamente e desejando rever o seu amado, a professora escreve uma carta a uma amiga a fim de que esta organize um encontro entre os dois. Infelizmente, a carta não chega a tempo e, sentindo-se abandonada, Danièle se suicida com a utilização de gás.

imagem

Comentários

Realizado pelo grande cineasta francês, André Cayatte, “Morrer de Amor” é um ótimo filme do cinema franco-italiano. Sua trama conta a trágica história de amor entre uma professora do ensino médio, Danièle Guénot, e um de seus alunos, Gérard Leguen, de apenas dezessete anos, durante o ambiente efervescente vivido pela França em maio de 1968. Tal história é obviamente inspirada na vida real da professora Gabrielle Russier, que se suicidou em setembro de 1969, após viver uma relação amorosa semelhante com um de seus alunos.

Além do excelente trabalho realizado por Cayatte, que lhe valeu uma indicação ao Prêmio Globo de Ouro de Melhor Filme em Língua Estrangeira, não podemos deixar de citar a magnífica atuação da grande atriz Annie Girardot.

CAA