Filmes por gênero

AQUELE AMOR (2001)

Cet amour-là
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Diese liebe (Alemanha)
Pais: França
Gênero: Drama
Direção: Josée Dayan
Roteiro: Josée Dayan, Gilles Taurand
Produção: Alain Sarde
Design Produção: Sylvie Fennec
Música Original: Angelo Badalamenti
Coreografia: Corinne Devaux
Fotografia: Caroline Champetier
Edição: Anne Boissel
Figurino: Mimi Lempicka
Guarda-Roupa: Anne-Marie Castaño-Padovan, Laetitia Harvey, Danielle Merope-Gardenier
Maquiagem: Cédric Gérard, Agathe Moro
Efeitos Sonoros: Michel Kharat, Yannick Boulot, Patrice Dodin e outros
Nota: 6.7
Filme Assistido em: 2003

Elenco

Jeanne Moreau Marguerite Duras
Aymeric Demarigny Yann Andréa
Christiane Rorato A mulher de bata
Sophie Milleron Enfermeira
Justine Lévy Funcionária do Hospital
Stanislas Sauphanor Garçom do Buffet
Didier Lesour O Empregado do Café
Tanya Lopert Esposa do Embaixador

Sinopse

Na sua vida de estudante de província, em Caen, Yann Andréa descobre e se apaixona pela obra da escritora Marguerite Duras.  Ele passa a devorar todos os seus livros.  Aos 27 anos, sabe de cor passagens de grande parte de sua obra, sobretudo "Les Petits Chevaux de Tarquinia", do qual chega a imitar os comportamentos dos seus personagens: bebe Campari e e vive a escutar "Capri, C'est Fini".

Em 1975, ele a encontra pela primeira vez durante uma sessão especial de "India Song", em Caen.  Na ocasião, ele lhe pede seu endereço e, a partir daí, passa a escrever-lhe cartas, às vezes várias por dia.  É o início de uma paixão que tem como princípio as palavras.

O encontro definitivo deles se dá no verão de 1980, em Trouville, quando a escritora já se acha com 66 anos.  Tudo se passa como se os dois se conhecessem há muitos anos.  A diferença de idade entre eles, o passado de Yann e seu desejo de pôr termo à vida, tudo é ultrapassado pelo amor desenvolvido entre eles.  Ela nem consegue acreditar que é finalmente a preferida.

A partir daí, Yann não a deixa mais.  Juntos, reinventam o amor e as palavras tornam-se livros.  Esse amor compartilhado é maravilhoso e ao mesmo tempo insuportável, pois têm consciência de que o tempo é inexorável.  Enquanto esperam pela hora fatídica, os dois riem, choram, ouvem "Capri, C'est Fini", vão à Trouville ver o mar, beber vinho, comer camarões e ostras.  E assim se passam 16 anos, quando Marguerite finalmente morre de câncer em seu apartamento da Rue Saint- Benoît, em Paris, aos 81 anos de idade.

imagem imagem imagem

Comentários

"Aquele Amor" é uma adaptação para o cinema do livro "Cet Amour-là" que Yann Andréa escreveu sobre o seu caso com a autora do magnífico  "Hiroshima, Meu Amor".

Realizado pela cineasta Josée Dayan, o filme mergulha fundo nessa relação a dois, procurando evitar os famosos clichês.  Apesar de se tratar de uma história bonita, a narrativa se torna às vezes um pouco enfadonha, face ao ritmo razoavelmente lento imposto pela diretora.

Aos 73 anos de idade, Jeanne Moreau, um dos grandes nomes do cinema francês, brilha mais uma vez com uma atuação memorável.
 
 CAA