Filmes por gênero

A CORRIDA DO SÉCULO (1965)

The great race
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: A grande corrida à volta do mundo (Portugal)
La grande course autour du monde (França)
La grande corsa (Itália)
La carrera del siglo (Espanha, México)
Das große rennen um die welt (Alemanha)
Den stora kapplöpningen jorden runt (Suécia)
Verseny a javából (Hungria)
Alle tiders race (Dinamarca)
Большие гонки (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Aventura, Comédia, Ação
Direção: Blake Edwards
Roteiro: Arthur A. Ross
Produção: Martin Jurow
Design Produção: Fernando Carrere
Música Original: Henry Mancini
Coreografia: Hermes Pan
Fotografia: Russell Harlan
Edição: Ralph E. Winters
Direção de Arte: Fernando Carrere
Figurino: Don Feld
Guarda-Roupa: Edith Head
Maquiagem: Gordon Bau
Efeitos Sonoros: Treg Brown, M.A. Merrick
Efeitos Especiais: Johnny Borgese, George Brown, Danny Lee
Efeitos Visuais: Linwood G. Dunn, James B. Gordon
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1966

Elenco

Jack Lemmon Professor Fate
Tony Curtis O grande Leslie
Natalie Wood Maggie Dubois
Peter Falk Max
Keenan Wynn Hezekiah
Arthur O'Connell Henry Goodbody
Vivian Vance Hester Goodbody
Dorothy Provine Lily Olay
Larry Storch Texas Jack
Ross Martin Rolfe Von Stuppe
George Macready General Kuhster
Marvin Kaplan Frisbee
Hal Smith Prefeito de Boracho
Denver Pyle Xerife
Paul Bryar Policial
Greg Benedict Soldado
Harry Harvey Membro do Board Executivo
Charles E. Fredericks Mestre de Cerimônias
Hal Riddle Baker
Bob Herron Guarda do Palácio
Maria Schroeder Mulher em Tobelsk

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhores Efeitos Sonoros (Treg Brown)

Festival Internacional de Cinema de Moscou, Rússia

Prêmio Prata (Blake Edwards)

Prêmios de Melhor Edição de Som, Estados Unidos

Prêmio Golden Reel de Melhor Edição de Som

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Fotografia a Cores (Russell Harlan)

Oscar de Melhor Gravação de Som (George Groves)

Oscar de Melhor Canção Original (Henry Mancini, Johnny Mercer)

Oscar de Melhor Edição (Ralph E. Winters)

Festival Internacional de Cinema de Moscou, Rússia

Grand Prix (Blake Edwards)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Musical ou Comédia

Prêmio de Melhor Canção Original (Henry Mancini, Johnny Mercer)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original (Henry Mancini)

Prêmio de Melhor Ator em um Musical ou Comédia (Jack Lemmon)

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Comédia

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Ator em uma Comédia (Jack Lemmon)

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Canção (Henry Mancini, Johnny Mercer)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Roteiro de uma Comédia Americana (Arthur A. Ross)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Em 1908, na cidade de Nova York, o vilão Professor Fate desafia o grande Leslie para disputar uma corrida automobilística de Nova York à Paris. Fate e seu assistente, Max, entram no Hannibal 8, preto, contra o branco Leslie Special. Na linha de partida, ele coloca obstáculos para os outros concorrentes, destruindo seus carros, com exceção do de Leslie e do Stanley Steamer de Maggie DuBois, repórter feminista de um jornal de Nova York.

Seu carro quebra, e ela, usando pombos para enviar notícias para Nova York, segue com Leslie. Ao chegarem ao Alasca, eles atravessam o estreito de Bering até a Sibéria. Fate, então, sequestra Maggie e a corrida segue em direção à República Báltica da Carpania, governada pelo príncipe Hapnick, que se parece muito com Fate. O Barão Von Stuppe aproveita a semelhança com Fate para iniciar uma revolução.

Fate, no entanto, escapa e a corrida segue para França. Maggie, que conseguira se livrar de seu sequestrador, retorna para o carro de Leslie que, como prova de seu amor por ela, para o carro a menos de um metro da linha de chegada para beijá-la. Fate, que se acha um pouco atrás, alcança Leslie e é o primeiro a cruzar a linha, embora reconheça que Leslie foi o verdadeiro vencedor. Em seguida, os três iniciam sua volta para Nova York.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Blake Edwards, a partir de um roteiro escrito por Arthur A. Ross, “A Corrida do Século” é um filme norte-americano produzido pelas empresas Warner Brothers, Jalem Productions e outros em 1965. Sua trama, baseada numa estória de Blake Edwards e Arthur Ross, é bastante interessante, agradável, divertida.

Na direção, Blake Edwards nos brinda com um belo trabalho, marcado por ótimas cenas de humor, dentre as quais se acham as de um duelo e de uma briga num salão. Na área técnica, merecem ainda ser lembradas a ótima fotografia de Russell Harlan, indicada ao Oscar, bem como a trilha sonora do grande Henry Mancini, indicada igualmente a várias premiações.

No elenco, Jack Lemmon brilha no papel do professor Fate, seguido pelas ótimas atuações de Tony Curtis, Peter Falk, Natalie Wood e Keenan Wynn.

CAA