Filmes por gênero

OS QUATRO FILHOS DE ADÃO (1941)

Adam had four sons
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: La famille Stoddard (França)
Adam avait quatre fils (Bélgica)
Los cuatro hijos de Adán (Espanha, México)
La famiglia Stoddard (Itália)
Adam hatte vier söhne (Alemanha, Austria)
Adam hade fyra söner (Suécia)
De fire brødre (Dinamarca)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama
Direção: Gregory Ratoff
Roteiro: William Hurlbut, Michael Blankfort
Produção: Robert Sherwood
Design Produção: David S. Hall
Música Original: W. Franke Harling
Direção Musical: C. Bakaleinikoff
Fotografia: J. Peverell Marley
Edição: Francis D. Lyon
Direção de Arte: Rudolph Sternad
Figurino: David Kidd
Guarda-Roupa: Coyla Davis
Maquiagem: Robert Schiffer
Nota: 7.8
Filme Assistido em: 1948

Elenco

Ingrid Bergman Emilie Gallatin
Warner Baxter Adam Stoddard
Susan Hayward Hester Stoddard
Fay Wray Molly Stoddard
Richard Denning Jack Stoddard
Johnny Downs David Stoddard
Robert Shaw Chris Stoddard
Charles Lind Phillip Stoddard
Billy Ray Jack Stoddard, quando criança
Steven Muller David Stoddard, quando criança
Wallace Chadwell Chris Stoddard, quando criança
Bobby Walberg Phillip, quando criança
Helen Westley Prima Phillippa
June Lockhart Vance
Pietro Sosso Otto
Gilbert Emery Dr. Lane
Renie Riano Fotógrafa
Frank Darien Horace, o mordomo

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

No início do século XX, Adam Stoddard é um próspero homem de negócios, cuja empresa Stoddard & Co. acha-se ligada ao mercado de capitais de Wall Street.  Casado com Molly, tem quatro filhos, Jack, David, Chris e Phillip.  Para ajudar a cuidar de sua casa, principalmente de seus filhos menores, ele manda buscar na Europa uma governanta francesa de nome Emilie Gallatin.  Quando esta chega de viagem, é extremamente bem recebida por todos e, em pouco tempo, passa a ser considerada como se fosse da família.

Certo dia, as manchetes dos jornais informam que as ações despencam com a avalanche de vendas em Wall Street.  Quando da comemoração do Dia de Ação de Graças, a Sra. Stoddard passa mal, sendo atendida por Dr. Lane.  Este confidencia a Adam que ela tem que ser operada imediatamente e que suas chances de sobrevivência são de apenas 50%.  Molly não resiste, mas antes de morrer, diz à Emilie que tem inteira confiança nela e lhe pede que cuide de seus filhos.

As quedas das ações na Bolsa de Valores continuam até que a Stoddard & Co. se vê obrigada a suspender suas atividades.  Por conseqüência, Adam vende sua casa de Stonehenge, vai morar num pequeno apartamento no Brooklyn e é obrigado a embarcar Emilie de volta à Europa.  Os anos passam, os garotos crescem e, com o início da 1ª Guerra Mundial, David, Chris e Phillip alistam-se nas Forças Armadas.  Apenas Jack, que não conseguiu alistar-se, fica com o pai.

O esforço de guerra impulsiona a indústria americana, fazendo com que as ações das grandes empresas voltem a subir.  A Stoddard & Co. retoma suas atividades e se expande.  Adam recupera a casa de Stonehenge e pede à Emilie que volte, no que é prontamente atendido.

Na fase de treinamento, David conhece Hester, com quem se casa.  Ao conseguir uma licença, antes de embarcar para o front, ele leva a mulher à Nova York para apresentá-la à família e pedir ao pai para que a receba durante o período em que ele se achar fora.  Hester, uma mulher má e sem escrúpulos, passa a se sentir a dona da casa  e a tratar mal Emilie.

Embora Jack tente resistir a seus avanços, termina sendo seduzido pela cunhada.  Ao se beijarem, Emilie os flagra.  À noite, quando todos se recolhem, Hester vai ao quarto de Jack.  Com as luzes acesas, Adam vê através de uma  janela, as silhuetas de duas pessoas se beijando.  Ato contínuo, vai ao quarto de Jack onde começa a bater na porta.  Imaginando o que está ocorrendo, Emilie consegue entrar no quarto por outra porta e se faz passar pela mulher que estaria com Jack.  Adam fica desapontado ao vê-la com o filho.  Na manhã seguinte, ela procura Hester, a quem diz que livrou o corpo dela porque não queria que Adam e Jack sofressem com a traição a David.

Com o fim da guerra, toda a família volta a se reunir.  Jack quer contar toda a verdade ao pai, por saber que ele está sofrendo por amar Emilie, mas esta o proíbe de fazê-lo, embora também ame Adam.  David, entretanto, descobre que a mulher não presta e, desesperado, sai de casa à noite, levanta vôo num avião e, deliberadamente, provoca um acidente numa tentativa de suicídio.

Por telefone, a família toma conhecimento do acidente, bem como, que David sobreviveu mas se acha hospitalizado.  Com exceção de Emilie e Hester, todos vão ao hospital.   Emilie pede a Horace que providencie um táxi.  Em seguida, vai ao quarto de Hester, joga algumas roupas dela numa mala e, aos empurrões, tenta expulsá-la de casa.  Adam e Jack chegam e presenciam a cena.  Hester tenta envenenar o sogro, alegando que Emilie a odeia e que quer expulsá-la.  Adam pede à Emilie que se explique, mas sem dizer uma palavra, ela se recolhe a seu quarto, onde se prepara para deixar a família.

Jack conta toda a verdade ao pai e Hester é finalmente expulsa de casa.  Adam procura Emilie para se desculpar pelo mal-entendido e, aproveitando a ocasião, a pede em casamento.

imagem

Comentários

"Os Quatro Filhos de Adão" é uma versão cinematográfica do livro homônimo de Charles Bonner.  Realizado pelo cineasta Gregory Ratoff, o filme narra a dedicação e lealdade de uma governanta francesa para com uma família americana que a contrata para cuidar principalmente de seus quatro filhos.

Partindo de um roteiro cheio de altos e baixos, com pequenas falhas de continuidade que não chegam a prejudicar o entendimento da trama, Ratoff apresenta um bom trabalho principalmente na condução dos diversos personagens.

A fotografia é um dos pontos altos do filme, assim como as atuações dos principais atores, com destaques para os trabalhos apresentados por Ingrid Bergman, Susan  Hayward e Warner Baxter.  Fay Wray e June Lockhart, esta com apenas 16 anos, têm participações menores.

Embora não se trate de um grande filme, "Os Quatro Filhos de Adão" é um bom entretenimento, principalmente para os fãs de Bergman, aos 26 anos, e de Hayward, aos 24.

CAA