Filmes por gênero

A.I. - INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL (2001)

Artificial Intelligence: AI
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: A.I. Intelligence artificielle (França, Canadá francês)
A.I. Künstliche Intelligenz (Alemanha)
A.I. intelligenza artificiale (Itália)
A.I. - artificiell intelligens (Suécia, Finlândia)
A.I. Sztuczna inteligencja (Polônia)
A.I. Kunstig intelligens (Dinamarca)
A. I. Mesterséges értelem (Hungria)
Искусственный разум (Rússia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Ficção Científica
Direção: Steven Spielberg
Roteiro: Steven Spielberg
Produção: Steven Spielberg, Kathleen Kennedy, Bonnie Curtis
Design Produção: Rick Carter
Música Original: John Williams
Coreografia: Francesca Jaynes
Fotografia: Janusz Kaminski
Edição: Michael Kahn
Direção de Arte: Richard Johnson, Jim Teegarden, Thomas Valentine
Figurino: Bob Ringwood
Guarda-Roupa: David Rawley, Robert Chase, Bill Tiegs e outros
Maquiagem: Ve Neill, Jene Fielder, Joel Harlow e outros
Efeitos Sonoros: Richard Hymns, Ron Judkins, Gary Rydstrom e outros
Efeitos Especiais: Michael Lantieri, Richard Cory, John Fleming e outros
Efeitos Visuais: Dennis Muren, Scott Farrar, Henry LaBounta e outros
Nota: 8.5
Filme Assistido em: 2001

Elenco

William Hurt Professor Allen Hobby
Frances O'Connor Monica Swinton
Jude Law Gigolo Joe
Robin Williams Dr. Know
Haley Joel Osment David Swinton
Meryl Streep Fada Azul
Michael Mantell Dr. Frazier
Sam Robards Henry Swinton, marido de Monica
Jake Thomas Martin Swinton, filho de Monica
Brendan Gleeson Lorde Johnson-Johnson
Clark Gregg Supernerd
Kevin Sussman Supernerd
Tom Gallop Supernerd
Eugene Osment Supernerd
Ben Kingsley Narrador (voz)
Matt Winston Executivo
Theo Greenly Todd
Ashley Scott Gigolo Jane
Haley King Amanda
Brent Sexton Russell
Kelly McCool Kate

Prêmios

Festival Internacional de Veneza, Itália

Prêmio Especial (Steven Spielberg)

Prêmios para Jovens Artistas, EUA

Prêmio de Melhor Ator Jovem em Papel Coadjuvante (Jake Thomas)

Academia de Filmes de Ficção Científica, Fantasia e Horror, USA

Prêmio Saturn de Melhor Filme de Ficção Científica

Prêmio Saturn de Melhor Roteiro (Steven Spielberg)

Prêmio Saturn de Melhores Efeitos Especiais (Dennis Muren, Scott Farrar, Stan Winston, M. Lantieri)

Prêmio Saturn de Melhor Música (John Williams)

Prêmio Saturn de Melhor Ator/Atriz Jovem (Haley Joel Osment)

Prêmios Golden Schmoes

Prêmio de Melhor Filme de Ficção Científica

Mainichi Film Concours, Tóquio - Japão

Prêmio Escolha dos Leitores de Melhor Filme Estrangeiro (Steven Spielberg)

National Board of Review, USA

Prêmio NBR dos 10 Melhores Filmes

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Trilha Sonora (John Williams)

Oscar de Melhores Efeitos Visuais (Dennis Muren, Scott Farrar, Stan Winston, Michael Lantieri)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Direção (Steven Spielberg)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original (John Williams)

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Jude Law)

Prêmios para Jovens Artistas, EUA

Prêmio de Melhor Ator Jovem (Haley Joel Osment)

Academia Japonesa de Cinema, Japão

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhores Efeitos Visuais Especiais (Dennis Muren, Scott Farrar, Michael Lantieri)

Academia de Filmes de Ficção Científica, Fantasia e Horror, USA

Prêmio Saturn de Melhor Atriz (Frances O'Connor)

Prêmio Saturn de Melhor Direção (Steven Spielberg)

Prêmios AFI, Los Angeles, Estados Unidos

Prêmio de Melhor Atriz do Ano (Frances O'Connor)

Prêmio de Melhor Designer de Produção do Ano (Rick Carter)

Prêmio de Melhor Artista em Efeitos Digitais (Scott Farrar, Dennis Muren)

Prêmio de Melhor Fotógrafo do Ano (Janusz Kaminski)

Prêmios da Broadcast Film Critics Association, USA

Prêmio de Melhor Ator/Atriz Jovem (Haley Joel Osment)

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Jude Law)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original (John Williams)

Prêmio de Melhor Fotografia (Janusz Kaminski)

Prêmios Empire, Reino Unido

Prêmio Empire de Melhor Filme

Prêmio Empire de Melhor Atriz (Frances O'Connor)

Prêmio Empire de Melhor Ator (Haley Joel Osment)

Prêmio Empire de Melhor Direção (Steven Spielberg)

Prêmios Golden Schmoes

Prêmio de Melhor Filme de Ficção Científica

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante do Ano (Jude Law)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante do Ano (Frances O'Connor)

Prêmio de Melhor Música em um Filme

Prêmio de Melhor Ator do Ano (Haley Joel Osment)

Prêmios Grammy, EUA

Grammy de Melhor Trilha Sonora Original (John Williams)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Phoenix, Arizona, USA

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Jude Law)

Prêmio de Melhor Design de Produção (Rick Carter)

Prêmio de Melhores Efeitos Visuais (Dennis Muren, Scott Farrar, Stan Winston)

Sinopse

É uma época em que os recursos naturais são limitados e a tecnologia avança a passos astronômicos.  0 lugar onde você mora é monitorado, o que você come é criado pela engenharia e a pessoa que o serve não é bem uma pessoa.  Ela é artificial.  Jardinagem, trabalhos domésticos, companhia - existe um robô para cada necessidade, exceto para o amor.

A emoção é a última e controversa fronteira na evolução dos robôs. Eles são vistos como ferramentas sofisticadas, não precisam ter sentimentos. Mas com tantos pais que ainda não foram aprovados para ter filhos, as possibilidades são muitas.

E a Cybertronics Manufacturing criou a solução: seu nome é David.
David é um garoto robótico, o primeiro programado para amar.  Ele é adotado como teste por um funcionário da Cybertronics e sua mulher, cujo filho, portador de uma doença terminal, fora congelado até a cura ser encontrada.

À medida que ele, gradualmente, se torna seu filho, com todo o amor e cuidado que estão envolvidos nessa relação, uma série de circunstâncias inesperadas acabam tornando sua vida insuportável.

Sem ser aceito pelos humanos e pelas máquinas e armado apenas com Teddy, seu super-ursinho protetor, David inicia uma jornada para encontrar o seu verdadeiro lugar num mundo onde a linha que separa os robôs das outras máquinas pode ser assustadoramente extensa ou quase imperceptível

imagem

Comentários

"A.I. - Inteligência Artificial" é um ótimo filme de ficção científica.  Idealizado por Stanley Kubrick durante mais de 20 anos, não chegou a ser por ele realizado face à sua morte.  Desejando render homenagem a um mestre, Spielberg retomou o projeto, escreveu o roteiro, tornando-o uma realidade.

Repleto de magníficos efeitos visuais, é um filme que fala da humanidade e do direito à diferença, fazendo com que o espectador se emocione e reflita.

O elenco está muito bem, com destaques para as atuações de Jude Law e do garoto Haley Joel Osment.  Ao terminar, não poderia deixar de registrar a beleza de sua trilha sonora.

CAA