Filmes por gênero

O SHOW DE TRUMAN (1998)

The Truman show
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: The Truman Show - A Vida em Directo (Portugal)
El show de Truman (Espanha)
Die Truman Show (Áustria)
Шоуто на Труман (Bulgária)
Trumanov show (Croácia)
Trumeno šou (Lituânia)
Шоу Трумана (Rússia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia, Drama, Ficção Científica
Direção: Peter Weir
Roteiro: Andrew Niccol
Produção: Scott Rudin, Andrew Niccol, Edward S. Feldman, Adam Schroeder
Design Produção: Dennis Gassner
Música Original: Philip Glass, Lewis E. Gensler, Leo Robin, Burkhard von Dallwitz
Fotografia: Peter Biziou
Edição: William Anderson, Lee Smith
Direção de Arte: Richard L. Johnson
Figurino: Marilyn Matthews
Guarda-Roupa: Mary C. Lane, Fran Allgood, Linda Pierce e outros
Efeitos Especiais: Larz Anderson, Karl Nettmann e outros
Efeitos Visuais: Michael J. McAlister
Nota: 9.0
Filme Assistido em: 1999

Elenco

Ed Harris Christof
Laura Linney Meryl / Hanna Gill
Muriel Moore Professora
Natascha McElhone Lauren Garland / Sylvia
Don Taylor Don
Brian Delate Kirk Burbank
Jim Carrey Truman Burbank
Noah Emmerich Marlon / Louis Coltrane
Holland Taylor Angela Burbank
Blair Slater Truman, jovem
Peter Krause Lawrence
Heidi Schanz Vivien
Ron Taylor Ron
Ted Raymond Spencer
Judy Clayton Agente de Viagem
Fritz Dominique Vizinho de Truman
Angel Schmiedt Vizinha de Truman
Nastassja Schmiedt Vizinha de Truman
John Roselius Sr. Garland
Kade Coates Truman, aos 4 anos
Marcia DeBonis Enfermeira

Prêmios

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Ator em um Drama (Jim Carrey)

Prêmio de Melhor Ator em um Drama (Ed Harris)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Burkhard von Dallwitz e Philip Glass)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Andrew Niccol)

Prêmio de Melhor Design de Produção (Dennis Gassner)

Prêmio de Melhor Direção (Peter Weir)

Academia de Filmes de Ficção Científica, Fantasia e Horror, USA

Prêmio de Melhor Filme de Fantasia

Prêmio de Melhor Roteiro (Andrew Niccol)

Prêmios ASCAP

Prêmio ASCAP de Melhor Bilheteria (Burkhard von Dallwitz e Philip Glass)

Prêmios da Associação Catalã de Críticos de Arte - Barcelona

Prêmio de Melhor Filme (Edward S. Feldman, Andrew Niccol, Scott Rudin e Adam Schroeder)

Prêmio ACCA de Melhor Roteiro Original (Andrew Niccol)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original (Burkhard von Dallwitz e Philip Glass)

Prêmios Blockbuster, Los Angeles, Califórnia, EUA

Prêmio Blockbuster de Ator Favorito - Drama (Ed Harris)

Prêmios Bogey, Alemanha

Prêmio Bogey

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original (Burkhard von Dallwitz)

Associação dos Críticos de Cinema de Dallas-Fort Worth - USA

Prêmio de Melhor Ator (Jim Carrey)

Prêmio de Melhor Roteiro (Andrew Niccol)

Prêmios Robert da Dinamarca - Copenhague

Prêmio Robert de Melhor Filme Americano (Peter Weir)

Prêmios do Cinema Europeu

Prêmio de Melhor Filme (Peter Weir)

Círculo de Críticos de Cinema da Austrália

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Peter Weir)

Círculo dos Críticos de Cinema da Flórida, USA

Prêmio de Melhor Direção (Peter Weir)

Fotogramas de Plata, Madrid, Espanha

Fotogramas de Plata de Melhor Filme Estrangeiro (Peter Weir)

Prêmios Hugo

Hugo de Melhor Apresentação Dramática (Peter Weir e Andrew Niccol )

Sindicato dos Jornalistas Críticos de Cinema, Itália

Prêmio Fita de Prata de Melhor Diretor de Filme Estrangeiro (Peter Weir)

Círculo de Críticos de Cinema de Londres, Inglaterra

Prêmio Diretor do Ano (Peter Weir)

Prêmios Guarani, Brasil

Prêmio Guarani de Melhor Filme Estrangeiro (Peter Weir)

Prêmios Satellite, Los Angeles

Prêmio Golden Satellite de Melhor Direção de Arte/Design de Produção (Dennis Gassner)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Ator Coadjuvante (Ed Harris)

Oscar de Melhor Direção (Peter Weir)

Oscar de Melhor Roteiro (Andrew Niccol)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama

Prêmio de Melhor Direção (Peter Weir)

Prêmio de Melhor Roteiro (Andrew Niccol)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Filme (Scott Rudin, Andrew Niccol e Edward S. Feldman)

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Ed Harris)

Prêmio de Melhor Fotografia (Peter Biziou)

Prêmio de Melhores Efeitos Especiais (Michael J. McAlister, Brad Kuehn, Craig Barron e Peter Chesney)

Academia de Filmes de Ficção Científica, Fantasia e Horror, USA

Prêmio de Melhor Direção (Peter Weir)

Prêmio de Melhor Ator (Jim Carrey)

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Ed Harris)

Instituto Australiano de Cinema

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Peter Weir e Scott Rudin )

Prêmios da Associação Catalã de Críticos de Arte - Barcelona

Prêmio ACCA de Melhor Direção (Peter Weir)

Prêmio ACCA de Melhor Ator (Jim Carrey)

Prêmio ACCA de Melhor Ator Coadjuvante (Ed Harris)

Prêmio ACCA de Melhor Atriz Coadjuvante (Laura Linney)

Prêmio de Melhor Fotografia (Peter Biziou)

Prêmio ACCA de Melhores Efeitos Visuais

Prêmio ACCA de Melhores Efeitos Sonoros

Prêmios Blockbuster, Los Angeles, Califórnia, EUA

Prêmio Blockbuster de Ator Coadjuvante Favorito - Drama (Jim Carrey)

Prêmio Blockbuster de Atriz Coadjuvante Favorita - Drama (Laura Linney)

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Diretor (Peter Weir)

Prêmio de Melhor Filme (Peter Weir)

Prêmio de Melhor Roteiro (Andrew Niccol)

Prêmio de Melhor Ator (Jim Carrey)

Prêmios Chlotrudis - Massachusetts, USA

Prêmio Chlotrudis de Melhor Roteiro Original (Andrew Niccol)

Associação dos Críticos de Cinema de Dallas-Fort Worth - USA

Prêmio de Melhor Filme (Peter Weir)

Grêmio dos Diretores da América

Prêmio por Direção Excepcional (Peter Weir)

Prêmios Empire, Reino Unido

Prêmio Empire de Melhor Filme (Peter Weir)

Prêmios do Cinema Europeu

Prêmio de Melhor Filme (Peter Weir)

Sindicato dos Jornalistas Críticos de Cinema, Itália

Prêmio Fita de Prata de Melhor Diretor de Filme Estrangeiro (Peter Weir)

Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles, EUA

Prêmio de Melhor Design de Produção (Dennis Gassner)

Editores de Som de Filmes, Estados Unidos

Prêmio Golden Reel de Melhor Edição de Som (Martin Oswin)

Festival Internacional de Valladolid, Espanha

Prêmio Golden Spike (Peter Weir)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Roteiro escrito diretamente para o cinema (Andrew Niccol)

Prêmios para Jovens Artistas, EUA

Prêmio de Melhor Filme-Drama para a Família

Sinopse

Truman Burbank vive na bucólica ilha de Sea Heaven , trabalhando em uma empresa de seguros, com um casamento aparentemente feliz com a enfermeira Meryl e com amigos e vizinhos que gostam muito dele.  A única coisa que difere Truman dos outros milhões de norte-americanos classe média é que a única coisa real que existe em Sea Heaven é ele mesmo. Todo o resto, desde as pessoas mais próximas até os pedestres, são atores contratados para dar-lhe a ilusão de falsa realidade e a cidade não passa de um imenso cenário, o maior e mais tecnológico já construído pelo homem.

Seu diretor, Christof, observa e comanda tudo através de um estúdio que monitora todas as 5000 câmeras existentes na cidade e ele fica escondido atrás da bela lua que permeia o céu artificial da noite de SeaHeaven.  A vida de Truman é televisionada 24 horas por dia e ele é o primeiro homem que, há 30 anos, tem sua vida completamente controlada pelos outros.

Todas suas decisões são acompanhadas e até seus interesses amorosos e suas relações familiares foram praticamente “impostas” pelo diretor do programa.  O único problema é que Truman não pode sair da cidade (afinal, isso significaria o fim do programa) e toda a produção se esforça para mantê-lo lá, como um prisioneiro.  Desde traumas com a água (criados por cenas chocantes em sua infância) até doenças de sua mãe, tudo é inventado e colocado perfeitamente em sincronia para que Truman nunca pense em abandonar sua idílica vida.

Assim, toda a sua vida nada mais é do que um roteiro de televisão e o programa, denominado "O Show de Truman", torna-se o maior sucesso no mundo inteiro.  

Quando, depois de muitos anos, descobre que tudo não passa de uma farsa, ele inicia uma luta para fugir do gigantesco cenário e viver sua própria vida.

imagem

Comentários

"O Show de Truman" é, possivelmente, o melhor filme realizado pelo diretor Peter Weir e se caracteriza por levar à tela um dos assuntos mais importantes sobre a mídia contemporânea, a mídia dos "reality shows": o direito à privacidade.

O trabalho do diretor foi grandemente facilitado pelo genial roteiro de Andrew Niccol, no qual o drama, a comédia, o suspense e a crítica estão presentes na medida certa.  Completando, Jim Carrey está fantástico no papel de Truman Burbank.

Enfim, "O Show de Truman" é um filme vitorioso que confirma o talento do roteirista Andrew Niccol, que mostra as reais possibilidades de Jim Carrey como ator e que recoloca Peter Weir na cena mundial do cinema.

CAA