Filmes por gênero

OS AMORES SECRETOS DE EVA (1955)

Queen Bee
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: A Abelha Mestra (Portugal)
Une femme diabolique (França)
Ape regina (Itália)
La abeja reina (Espanha)
Ehe in Fesseln (Alemanha, Austria)
I hennes våld (Suécia)
Naisen vallassa (Finlândia)
Королева пчёл (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama
Direção: Ranald MacDougall
Roteiro: Ranald MacDougall
Produção: Jerry Wald
Música Original: George Duning
Direção Musical: Morris Stoloff
Fotografia: Charles Lang
Edição: Viola Lawrence
Direção de Arte: Ross Bellah
Figurino: Jean-Louis
Guarda-Roupa: Joan Crawford
Maquiagem: Clay Campbell
Efeitos Sonoros: John Livadary, Lambert Day
Nota: 8.0
Filme Assistido em: 1959

Elenco

Joan Crawford Eva Phillips
Barry Sullivan Avery Phillips
Betsy Palmer Carol Lee Phillips
John Ireland Judson Prentiss
Lucy Marlow Jennifer Stewart
William Leslie Ty McKinnon
Fay Wray Sue McKinnon
Katherine Anderson Srta. Breen
Tim Hovey Ted Phillips
Linda Bennett Trissa Phillips
Olan Soule Dr. Pearson
Juanita Moore Empregada
Bill Walker Sam
Willa Pearl Curtis Srta. George

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Fotografia em Preto e Branco (Charles Lang)

Oscar de Melhor Figurino em Preto e Branco (Jean Louis)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Eva Phillips mora numa bela mansão da Virginia, com seu marido Avery e sua cunhada Carol Lee.  Anos atrás, Avery largou uma noiva no altar para fugir com Eva. Rico e proprietário de uma grande fábrica, passa agora a maior parte de seu tempo a beber, arrependido de ter-se casado com ela.  Judson Prentiss é diretor executivo da fábrica e braço direito de Avery.  Há dez anos atrás, Eva era sua amante quando o deixou para se casar com Avery.  Hoje, Judson e Carol se amam e pensam até em se casar.

De Chicago, chega Jennifer Stewart, prima de Eva e por esta convidada para morar na mansão e ser uma espécie de sua secretária.  Ao se apresentar, Eva não se encontra.  Carol a recebe muito bem e, ao chegar mais tarde, Eva diz à Jennifer estar muito satisfeita por ela ter aceito o convite.  Os dias se passam e Jennifer fica cada vez mais encantada com a prima, muito embora, Carol lhe diga, reservadamente, que Eva não é a pessoa que aparenta ser.

Certa tarde, Judson chega à mansão para, juntamente com Carol, anunciar que os dois pretendem se casar o mais brevemente possível.  Embora não expresse, Eva não admite a idéia de ver seu amante, de dez anos atrás, casando-se com sua cunhada.  Na ocasião, Judson é convidado a dormir na mansão já que, na manhã seguinte, vai-se reunir com Avery para discutir assuntos pertinentes à fábrica.

À noite, Jennifer descobre que Carol tinha razão em relação à Eva pois, acidentalmente, encontra a prima tentando seduzir Judson, embora este resista às suas investidas.  Pela manhã, quando Avery e Judson se reúnem para tratarem dos assuntos da fábrica, Avery pergunta ao seu futuro cunhado se ele contou à Carol que, no passado, fora amante de Eva.  Judson lhe responde que não e que não pretende relembrar um fato que pertence a um passado longínquo.  Avery garante-lhe que, de sua parte, ele pode ficar tranqüilo, pois, jamais tocará no assunto junto à sua irmã.

Eva, entretanto, que jurara fazer de tudo para evitar o tal casamento, conta a Carol sobre seu caso amoroso com Judson.  Na manhã seguinte, Carol é encontrada morta por Jennifer e Judson.  Na ocasião, Jennifer conta-lhe que acredita que o suicídio de Carol deveu-se ao fato de Eva ter falado à Carol sobre o passado em que foram amantes.

Avery fica chocado com a morte da irmã e com as perversidades da mulher, decidindo dar um basta em tudo.  Planeja, então, sua morte e a de Eva, quando saírem à noite para uma festa.  Descobrindo seus planos, Judson resolve tomar o lugar dele.  Assim, enquanto Avery se prepara para sair, Judson chega junto á Eva e lhe diz que vai levá-la à festa, a pedido de Avery, pois, este vai se atrasar um pouco, devido a uma ligação telefônica com Nova York.

Os dois saem juntos e, na estrada, Judson joga o carro em um despenhadeiro, morrendo os dois.  Na manhã seguinte, Avery vai à polícia prestar um depoimento e Jennifer o acompanha.

imagem

Comentários

Baseado no livro de Edna L. Lee, "Os Amores Secretos de Eva" é, sem dúvida, um interessante drama norte-americano produzido pela Columbia Pictures Corporation  em 1955. Escrito e dirigido por Ranald MacDougall, o filme conta a história de Eva Phillips, uma mulher possessiva e manipuladora.

MacDougall realiza um trabalho razoavelmente bom, tanto na construção do roteiro, quanto em sua direção. A música de George Duning é digna de nota, assim como, a fotografia de Charles Lang, tendo esta recebido uma indicação ao Oscar. 

Embora não tenha sido indicada a nenhum prêmio, Joan Crawford é o grande nome dessa produção cinematográfica.  Ela realmente dá um show de atuação, protagonizando uma série de momentos inesquecíveis.  Barry Sullivan, John Ireland, Lucy Marlow e Betsy Palmer também estão muito bem em seus respectivos papéis.

CAA