Filmes por gênero

ÊXTASE (1933)

Ekstase
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Ecstasy (Estados Unidos)
Estasi (Itália)
Extasis (Espanha, Venezuela)
Symphonie der Liebe (Austria, Alemanha)
Екстаз (Bulgária)
Hurmio (Finlândia)
Ekstaza (Polônia)
Экстаз (União Soviética)
Pais: República Tcheca, Áustria
Gênero: Drama, Romance
Direção: Gustav Machatý
Roteiro: Gustav Machatý, Frantisek Horký
Produção: Frantisek Horký, Moriz Grunhut
Música Original: Giuseppe Becce
Fotografia: Hans Androschin, Jan Stallich
Edição: Antonín Zelenka
Direção de Arte: Bohumil Hes
Efeitos Sonoros: Josef Zora
Efeitos Especiais: Theo Nischwitz
Nota: 8.4
Filme Assistido em: 1962

Elenco

Hedy Lamarr Eva Hermann
Aribert Mog Adam
Zvonimir Rogoz Emile, o marido
Leopold Kramer Pai de Eva
Jirina Steimarová Datilógrafa
Karel Macha-Kuca O advogado
Pierre Nay O jovem
Antonín Kubový O vagabundo
Eduard Slégl Vagabundo
Jan Sviták Dançarino no Terrace Barandov
Emil Jerman Marido de Eva (voz)
Bedrich Vrbský Pai de Eva (voz)
Jirina Stepnicková Eva (voz)

Prêmios

Festival Internacional de Veneza, Itália

Prêmio de Melhor Direção (Gustav Machatý)

Indicações

Festival Internacional de Veneza, Itália

Copa Mussolini de Melhor Filme Estrangeiro (Gustav Machatý)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Eva Hermann é uma bela jovem, virgem aos 19 anos, quando se casa com um homem bem mais velho que ela.  Na noite de núpcias, enquanto aguarda o marido em seu leito, este, cuja maior preocupação é a organização e limpeza, passa o tempo todo a arrumar suas escovas de dente.

Ao se sentir menosprezada e descobrir que o marido é impotente, Eva o larga e volta a morar na propriedade de seu pai.  No dia seguinte, ela se acorda sentindo uma completa sensação de liberdade e felicidade.  Resolve, então, sair a cavalo para um passeio e assim melhor sentir o ar fresco do campo.

Ao se deparar com um lindo e afastado lago, decide parar a fim de se banhar em suas águas límpidas.  Ela deixa suas roupas no lombo do cavalo e, completamente nua, nada por cerca de uns dez minutos, quando o animal sai a galope.  Preocupada com o ocorrido, já que ficou sem suas roupas, Eva sai à procura do cavalo, correndo nua por entre as árvores, até que encontra Adam, um belo e vigoroso operário.  Este se oferece para ajudá-la a encontrar o animal.

Ao conseguir recuperar o cavalo e as roupas de Eva, Adam faz um curativo em seu pé.  À noite, ela foge até a cabana dele e tem sua primeira noite de um sexo ardente que a leva ao êxtase.  Os dois se tornam amantes, vivendo momentos de intenso prazer.

Tempos depois, o inconformado marido encontra-se com o jovem Adam.  Inexplicavelmente, Eva deixa o amante...

imagem

Comentários

Embora não se trate de algo excepcional, "Êxtase" é bom filme e merece ser visto.  Realizado pelo cineasta tcheco Gustav Machatý, que também participou da elaboração de seu roteiro, o filme conta a história de uma jovem, interpretada por Hedy Lamarr, que, ao se casar com um homem mais velho, descobre sua falta de interesse por ela e termina se apaixonando por um jovem que encontra casualmente.

Gustav Machatý realiza um ótimo trabalho, imprimindo um ritmo adequado do início ao fim.  Um dos pontos que mais chamam a atenção do espectador é o fato de, deliberadamente, ele ter reduzido os diálogos ao mínimo possível, principalmente nos momentos iniciais.  Em contrapartida, as sutis expressões faciais falam mais que qualquer palavra.  A fotografia e a trilha sonora são de boa qualidade.

Machatý procura mostrar o amor e o sexo intrinsecamente interligados e em harmonia com a vida e a natureza.  As cenas de nudez protagonizadas por Hedy Lamarr, ao nadar no lago ou a correr por entre as árvores, foram motivos de censura em vários paises por quase vinte anos.  Uma outra seqüência que escandalizou a sociedade da época foi aquela em que, em sua primeira relação, a jovem expressa o êxtase sexual no seu rosto, dando origem ao título do filme.

Resumindo, "Êxtase" é um filme bem à frente de seu tempo.

CAA