Filmes por gênero

O ENIGMA DO COLAR (2001)

The affair of the necklace
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: O caso do colar (Portugal)
El misterio del collar (Espanha)
La intriga del collar (Argentina)
L'intrigo della collana (Itália)
L'affaire du collier (Canadá francês)
Das halsband der königin (Alemanha)
Farlig intrig (Suécia)
A királyné nyakéke (Hungria)
Afera naszyjnikowa (Polônia)
История с ожерельем (Rússia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama
Direção: Charles Shyer
Roteiro: John Sweet
Produção: Redmond Morris, Charles Shyer, Andrew Kosove, B. Johnson
Design Produção: Alex McDowell
Música Original: David Newman
Fotografia: Ashley Rowe
Edição: David Moritz
Direção de Arte: Jean-Michel Ducourty, Jean-Michel Hugon
Figurino: Milena Canonero
Guarda-Roupa: Patricia Colin, Jasna Dolejsi, Gabriella Loria e outros
Maquiagem: Enrico Jacoponi, Mario Michisanti e outros
Efeitos Sonoros: Randy Kelley, Kelly Oxford, Mike Wilhoit e outros
Efeitos Especiais: Kamil Jaffar, Gilbert Piéri, Jirí Vojtech e outros
Efeitos Visuais: Drew Jones, Roz Lowrie, Dominic Sidoli
Nota: 7.6
Filme Assistido em: 2002

Elenco

Hilary Swank Jeanne de la Motte-Valois
Jonathan Pryce Cardeal Louis de Rohan
Simon Baker Rétaux de Vilette
Adrien Brody Conde Nicolas De La Motte
Joely Richardson Marie-Antoinette
Christopher Walken Conde Cagliostro
Brian Cox Ministro Breteuil
Hayden Panettiere Jeanne, quando jovem
Paul Brooke Sr. Bohmer
Peter Eyre Sr. Bassenge
Hermione Gulliford Nicole Leguay d'Oliva
Diana Quick Madame Pomfré
Frank McCusker Abel Duphot
Kristina Bill Irène de Valois
James Larkin Darnell de Valois
Helen Masters Madame Campan
Thomas Dodgson-Gates O Dolfim
Miranda Pleasence Rosalie
Christopher Logue Sir Hargrave
Cate Fowler Lady Standish
Simon Shackleton Luis XVI
Hermione Gulliford Nicole Leguay d'Oliva
James Vaughan Magistrado Titon
Victoria Shalet Colleen
Daisy Bevan Princesa Real

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Figurino (Milena Canonero)

Prêmios Satellite, Los Angeles

Prêmio Golden Satellite de Melhor Figurino (Milena Canonero)

Sinopse

Jeanne de la Motte-Valois, órfã em tenra idade, está determinada a recuperar seu título de nobreza e a casa que foi tirada da família quando ela era criança. Vivendo com uma família adotiva, pouco antes do início da Revolução Francesa, decide largar tudo para começar sua batalha.

Ao ser rejeitada por Marie-Antoinette, e não conseguir atingir seu objetivo através de canais legais, ela une forças com o arrogante gigolô Rétaux de Vilette e com Nicolas De La Motte, o marido mulherengo. Eles criam um plano para ganharem o dinheiro suficiente para a compra da propriedade.

O rei Luís XV havia encomendado aos joalheiros parisienses, Bohmer e Bassenge, um opulento colar de diamantes de 2.800 quilates para presentear sua amante, Madame du Barry, mas o rei morreu antes que a encomenda fosse concluída. Na esperança de recuperar o alto custo do colar, seus criadores tentam convencer Marie-Antoinette a comprá-lo. Entretanto, conhecendo sua história, ela declina.

Jeanne aborda o debochado e libertino Cardeal Louis de Rohan, a quem se apresenta como uma confidente da Rainha. Há anos que o cardeal anseia em recuperar o prestígio junto à Rainha e conseguir a posição de Primeiro-Ministro da França. Assim, ao ser tranqüilizado pelo ocultista, Conde Cagliostro, que Jeanne é quem diz ser, ele se permite ser seduzido por sua promessa de intervir em seu nome. Ele começa a se corresponder com a rainha e não tem conhecimento de que suas cartas são interceptadas e que as respostas da Rainha são falsificações destinadas a manipulá-lo. O tom das cartas torna-se muito íntimo. O cardeal se torna cada vez mais convencido de que Marie-Antoinette está apaixonada por ele, tornando-se ardentemente apaixonado por ela.

Jeanne supostamente promove um encontro entre os dois no jardim do Palácio de Versalhes. No lugar da rainha, comparece Nicole Leguay d'Oliva, uma atriz tendo alguma semelhança com ela. Fortemente disfarçada, com o rosto nas sombras, ela concorda em esquecer as suas divergências do passado. O cardeal considera que suas indiscrições foram perdoadas e que ele mais uma vez se acha nas boas graças da rainha.

Jeanne avisa ao Cardeal que a Rainha decidiu comprar o colar, mas não querendo ofender abertamente o povo com a compra de uma jóia tão cara, deseja que ele o faça em seu nome, com a promessa de lhe reembolsar o custo quando da Festa da Assunção. O Cardeal concorda com a idéia e entrega o colar a Rétaux de Vilette, acreditando ser ele um emissário da Rainha. Nicolas De La Motte vende alguns dos diamantes, e Jeanne usa o dinheiro para comprar a propriedade que tanto desejava.

O Cardeal começa a entrar em pânico quando Jeanne desaparece e sua correspondência com a Rainha tem fim. Sua preocupação, entretanto, é colocada de lado ao receber um convite para visitar o palácio durante a Festa da Assunção, quando acredita que será totalmente reembolsado e nomeado Primeiro-Ministro. Ao invés disso, o rei Luís XVI, que vinha sendo informado de suas maquinações através do Ministro Breteuil, o coloca preso na Bastilha. Logo a seguir, todos os envolvidos na trama são aprisionados.

Um julgamento considera o Cardeal, o Conde Cagliostro, e Nicole Leguay d'Oliva inocentes de todas as acusações. Rétaux de Vilette é considerado culpado e banido da França. Jeanne é considerada culpada e chicoteada antes de ser presa, embora mais tarde ela fuja para Londres, onde publica suas memórias e diverte os nativos com seus contos. Marie Antoinette, considerada uma personagem-chave no caso, por uma população cada vez mais irritada e impaciente, cumpre seu destino na guilhotina.

imagem

Comentários

"O Enigma do Colar" é um 'remake' de "L'Affaire du Collier de la Reine", filme do francês Marcel L'Herbier, realizado em 1946 e tendo Vivianne Romance no papel de Jeanne de la Motte-Valois.

Esta nova versão é melhor elaborada e historicamente mais precisa.  O roteiro de John Sweet e a direção de Charles Shyer conseguem efetivamente mostrar toda a atmosfera reinante na Côrte de Versailles pré-revolucionária, com suas intrigas, nepotismo e relações ilícitas.

Os pontos fortes do filme são o seu figurino e sua fotografia.  No elenco, os destaques ficam por conta de Joely Richardson e Brian Cox.  Adrien Brody e Jonathan Pryce se saem bem, mas Hilary Swank não foi bem escolhida para o papel de Jeanne de la Motte-Valois.  Acredito que o filme teria ganho se, em seu lugar, tivesse sido convidada Juliette Binoche, Isabelle Adjani ou Cate Blanchett.

CAA