Filmes por gênero

TUDO SOBRE MINHA MÃE (1999)

Todo sobre mi madre
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: All About My Mother (Estados Unidos, Reino Unido))
Tout sur ma mère (França)
Alles über meine Mutter (Alemanha)
Tutto su mia madre (Itália)
Wszystko o mojej matce (Polônia)
Alt om min mor (Dinamarca)
Allt om min mamma (Suécia)
Всё о моей матери (Rússia)
Pais: Espanha
Gênero: Drama
Direção: Pedro Almodóvar
Roteiro: Pedro Almodóvar
Produção: Agustín Almodóvar, Michel Ruben, Claude Berri
Design Produção: Antxón Gómez
Música Original: Alberto Iglesias
Fotografia: Affonso Beato
Edição: José Salcedo
Direção de Arte: Antxón Gómez
Figurino: José María de Cossío, Bina Daigeler
Guarda-Roupa: Inma Artigas, Humberto Cornejo
Maquiagem: Jorge Hernández Lobo, Juan Pedro Hernández
Efeitos Sonoros: Miguel Rejas, Ricardo Viñas, Luis Castro e outros
Efeitos Especiais: Antonio Molina
Nota: 9.3
Filme Assistido em: 2000

Elenco

Cecilia Roth Manuela
Marisa Paredes Huma Rojo
Candela Peña Nina
Antonia San Juan Agrado
Penélope Cruz Irmã Rosa
Rosa Maria Sardà Mãe de Rosa
Fernando Fernán Gómez Pai de Rosa
Toni Cantó Lola
Eloy Azorín Esteban
Carlos Lozano Mario
Manuel Morón Médico
José Luis Torrijo Médico
Juan José Otegui Ginecologista
Malena Gutiérrez Malena
Carme Fortuny Carmen
Michel Ruben Alex
Carlos García Cambero Receptor do coração
Paz Sufrategui Mulher do receptor do coração

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira (Espanha)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira (Espanha)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Filme em Língua não Inglesa (Agustín Almodóvar, Pedro Almodóvar)

Prêmio David Lean de Melhor Direção (Pedro Almodóvar)

Prêmios Bodil - Copenhague, Dinamarca

Bodil de Melhor Filme Não Americano (Pedro Almodóvar)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Boston

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro

Prêmios da British Independent Film, Inglaterra, Reino Unido

Prêmio de Melhor Filme Independente Internacional

Prêmios Butaca, Barcelona, Espanha

Prêmio Butaca de Melhor Atriz Catalã (Candela Peña)

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio de Melhor Direção (Pedro Almodóvar)

Prêmio do Júri Ecumênico (Pedro Almodóvar)

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira (Pedro Almodóvar)

Grande Prêmio Brasileiro de Cinema, Brasil

Grande Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Pedro Almodóvar)

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Filme Estrangeiro (Pedro Almodóvar)

Prêmios David di Donatello, Itália

David de Melhor Filme Estrangeiro (Espanha)

Fotogramas de Plata, Madrid, Espanha

Fotogramas de Plata de Melhor Atriz (Cecilia Roth)

Festival Internacional de Cinema de Fort Lauderdale, Flórida

Prêmio Escolha do Povo (Pedro Almodóvar)

Prêmios do Cinema Alemão

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Pedro Almodóvar)

Prêmios Goya - Academia Espanhola, Espanha

Goya de Melhor Filme

Goya de Melhor Direção (Pedro Almodóvar)

Goya de Melhor Atriz (Cecilia Roth)

Goya de Melhor Trilha Sonora Original (Alberto Iglesias )

Goya de Melhor Gerente de Produção (Esther García )

Goya de Melhor Edição (José Salcedo )

Prêmios Guldbagge, Suécia

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Espanha)

Círculo de Críticos de Cinema de Londres, Inglaterra

Prêmio Filme em Língua Estrangeira do Ano (Espanha)

Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles, EUA

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Pedro Almodóvar)

Prêmios Lumière, França

Prêmio Lumière de Melhor Filme Estrangeiro (Pedro Almodóvar)

National Board of Review, USA

Prêmio NBR de Melhor Filme Estrangeiro (Espanha)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Espanha)

Prêmios Ondas, Barcelona, Espanha

Prêmio Ondas de Melhor Filme Espanhol

Prêmios ACE, Nova York, Estados Unidos

Prêmio ACE de Melhor Filme

Prêmio ACE de Melhor Atriz (Cecilia Roth)

Prêmio ACE de Melhor Ator Coadjuvante (Fernando Fernán Gómez)

Prêmio ACE de Melhor Atriz Coadjuvante (Marisa Paredes)

Festival Robert de Copenhague, Dinamarca

Robert de Melhor Filme Não Americano (Pedro Almodóvar)

Festival Internacional de San Sebastián, Espanha

Prêmio FIPRESCI (Pedro Almodóvar)

Prêmios Satellite, Los Angeles

Prêmio Golden Satellite de Melhor Filme em Língua Estrangeira

Festival de Cinema do SESC, Brasil

Prêmio do Público de Melhor Filme Estrangeiro (Pedro Almodóvar)

Prêmio do Público de Melhor Direção Estrangeira (Pedro Almodóvar)

Prêmio do Público de Melhor Atriz Estrangeira (Cecilia Roth)

Prêmio da Crítica de Melhor Filme Estrangeiro (Pedro Almodóvar)

Prêmio da Crítica de Melhor Direção (Pedro Almodóvar)

Prêmio da Crítica de Melhor Atriz Estrangeira (Cecilia Roth)

Indicações

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Pedro Almodóvar )

Associação dos Críticos de Cinema da Argentina

Condor de Prata de Melhor Filme Estrangeiro (Pedro Almodóvar)

Prêmios Ariel - Academia Mexicana de Cinema, México

Ariel de Prata de Melhor Filme Ibero-Americano (Pedro Almodóvar)

Instituto Australiano de Cinema

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Agustín Almodóvar )

Prêmios Camerimage, Lodz, Polônia

Prêmio Golden Frog (Affonso Beato )

Festival Internacional de Cannes, França

Prêmio Palma de Ouro (Pedro Almodóvar)

Prêmios Chlotrudis - Massachusetts, USA

Prêmio Chlotrudis de Melhor Atriz (Cecilia Roth)

Prêmio Chlotrudis de Melhor Atriz Coadjuvante (Antonia San Juan)

Círculo dos Roteiristas de Cinema, Espanha

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Direção (Pedro Almodóvar)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Antonia San Juan)

Prêmio de Melhor Fotografia (Affonso Beato)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Alberto Iglesias )

Prêmios Leão Tcheco, Praga, República Tcheca

Leão Tcheco de Melhor Filme em Língua Estrangeira (Pedro Almodóvar)

Círculo de Críticos de Cinema da Austrália

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro

Prêmios Independent Spirit, California, Estados Unidos

Prêmio Independent Spirit de Melhor Filme Estrangeiro (Pedro Almodóvar)

Fotogramas de Plata, Madrid, Espanha

Fotogramas de Plata de Melhor Ator (Fernando Fernán Gómez)

Prêmios Goya - Academia Espanhola, Espanha

Goya de Melhor Atriz Coadjuvante (Candela Peña)

Goya de Melhor Revelação Feminina (Antonia San Juan)

Goya de Melhor Roteiro Original (Pedro Almodóvar)

Goya de Melhor Fotografia (Affonso Beato)

Goya de Melhor Direção Artística (Antxón Gómez )

Goya de Melhor Figurino (Bina Daigeler, José María de Cossío)

Goya de Melhor Maquiagem (Juan Pedro Hernández)

Prêmios Satellite, Los Angeles

Prêmio Golden Satellite de Melhor Atriz em uma Comédia ou Musical (Cecilia Roth)

Prêmio Golden Satellite de Melhor Atriz Coadjuvante - Comédia ou Musical (Antonia San Juan)

Associação dos Críticos de Cinema de Toronto, Canadá

Prêmio de Melhor Atriz (Cecilia Roth)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Manuela é uma enfermeira argentina que supervisiona transplantes de órgãos de doadores, no Hospital Ramón y Cajal em Madri, e mãe solteira de Esteban, um adolescente que deseja ser escritor.

Em seu décimo sétimo aniversário, no entanto, Esteban é atropelado e morto por um carro, quando procurava conseguir um autógrafo da famosa atriz Huma Rojo, após esta deixar o teatro onde acabara de se apresentar na peça “Um Bonde Chamado Desejo”. Atendendo a pedidos de seus colegas de trabalho, Manuela concorda que o coração de seu filho seja transplantado para um homem em La Coruña.

Assim, ela deixa o emprego e viaja para Barcelona, onde espera encontrar o pai de seu filho, Lola, um travesti que ela mantinha em segredo, assim como nunca havia dito a Lola que eles tinham um filho. Ao chegar à Barcelona, ela se reúne com sua velha amiga Agrado, uma prostituta travesti calorosa e espirituosa. Ela também se encontra e se envolve com Rosa, uma jovem freira que trabalha em um abrigo para prostitutas agredidas, que se acha grávida de Lola e é soropositiva, bem como, com Huma Rojo, a atriz que seu filho admirava, e com Nina Cruz, uma viciada em drogas que é amante de Huma. Sua vida se entrelaça com as delas, enquanto cuida de Rosa durante sua gravidez e trabalha para Huma, como sua assistente pessoal e, até mesmo, atuando na peça como substituta de Nina, quando esta entra em crise por abuso de drogas.

Algum tempo depois, Rosa morre ao dar à luz seu filho, fazendo com que Manuela e Lola se reencontrem em seu funeral. Na ocasião, Lola, que se acha gravemente enfermo de AIDS, fala sobre como Rosa sempre quis ter um filho, enquanto Manuela lhe conta sobre o filho que eles tiveram e que morrera atropelado por um carro.

Manuela, então, adota Esteban, filho da jovem freira, e fica com ele na casa dos pais de Rosa. Quando o avô da criança pergunta quem é Manuela, sua esposa lhe diz que é a nova cozinheira que mora lá com seu filho. Certo dia, no entanto, quando Manuela apresenta a criança à Lola, e lhe dá uma foto de seu próprio Esteban, a mãe de Rosa os vê da rua e, depois, confronta Manuela por estar deixando que estranhos vejam o bebê. Manuela, então, diz a ela que Lola é o pai de seu neto. Chocada, ela comenta: “Aquele é o monstro que matou minha filha?”

Não podendo continuar a morar na casa de Rosa, já que a avó tem medo de contrair AIDS do bebê, Manuela foge com a criança para Madri. Na ocasião, ela escreve uma carta para Huma e Agrado lamentando não ter tido tempo para se despedir, como fizera da vez anterior. Dois anos depois, ela e Esteban retornam para morar com os avós da criança, já que, por um milagre, esta não herdou o vírus da AIDS.

imagem

Comentários

Escrito e dirigido pelo grande cineasta Pedro Almodóvar, “Tudo Sobre Minha Mãe” é um excelente filme espanhol produzido no final da década de 90. Sua trama lida com temas complexos como AIDS, travestismo, identidade sexual, religião, fé e existencialismo.

Partindo de um roteiro muito bem construído, Almodóvar nos brinda com um excelente trabalho na direção, o que lhe rendeu dezenas de prêmios. Na área técnica, merecem igualmente aplausos a belíssima fotografia, a cargo de Affonso Beato, bem como a maravilhosa trilha sonora assinada por Alberto Iglesias.

No elenco, Cecilia Roth brilha no papel de Manuela, seguida pelas ótimas atuações de Antonia San Juan, Candela Peña, Marisa Paredes e Fernando Fernán Gómez.

Enfim, “Tudo Sobre Minha Mãe” é um filme que recomendo fortemente.

CAA