Filmes por gênero

LORDE JIM (1965)

Lord Jim
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Lordi Jim (Finlândia)
Dödens djungel (Suécia)
Lord Džim (Sérvia)
O lordos Jim (Grécia)
Lordul Jim (Romênia)
Господарят Джим (Bulgária)
Лорд Джим (União Soviética)
Pais: Reino Unido, Estados Unidos
Gênero: Aventura, Drama
Direção: Richard Brooks
Roteiro: Richard Brooks
Produção: Richard Brooks
Design Produção: Geoffrey Drake
Música Original: Bronislau Kaper
Direção Musical: Muir Mathieson
Fotografia: Freddie Young
Edição: Alan Osbiston
Direção de Arte: William Hutchinson, Ernest Archer
Figurino: Phyllis Dalton
Guarda-Roupa: John Wilson-Apperson
Maquiagem: Charles E. Parker
Efeitos Sonoros: Bob Jones, Chris Greenham, Paddy Cunningham
Efeitos Especiais: Cliff Richardson, Wally Veevers
Nota: 8.3
Filme Assistido em: 1966

Elenco

Peter O'Toole Lord Jim
James Mason Sr. Brown
Curd Jürgens Cornelius
Eli Wallach O General
Paul Lukas Stein
Daliah Lavi A garota
Juzo Itami Waris
Akim Tamiroff Schomberg
Jack Hawkins Marlow
Walter Gotell Capitão do Patna
Noel Purcell Capitão Chester
Rafiq Anwar Líder muçulmano
Tatsuo Saito Du-Ramin
A.J. Brown Magistrado
Andrew Keir Brierly
Jack MacGowran Robinson
Ric Young Malay
Christian Marquand Oficial francês
Newton Blick Médico
John Richardson Marinheiro

Indicações

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Fotografia Britânica (Freddie Young)

Prêmio de Melhor Design de Produção (Geoffrey Drake)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Jim é um jovem fantasioso e de boa índole, que se alista na marinha mercante inglesa, da Rainha Vitória, em busca de aventura e glória. No entanto, quando uma tempestade ameaça o navio S.S. Patna, com centenas de muçulmanos em peregrinação para Meca, a tripulação, incluindo Jim, seu 1º Oficial, deixa o navio em seus botes salva-vidas, abandonando os passageiros à sua própria sorte.

Ao chegarem ao porto, no entanto, os marinheiros ficam atônitos ao encontrarem o Patna, que chegara antes deles, ajudado por um navio estrangeiro. O resto da tripulação desaparece, mas Jim insiste em confessar sua culpa em um inquérito oficial e perde sua habilitação, tornando-se um errante de porto em porto, em busca de qualquer trabalho.

Certo dia, ao apagar um incêndio em um barco, Stein, seu proprietário, oferece-lhe um trabalho extremamente perigoso: transportá-lo, através de um rio, até uma localidade distante, Patusan, repleto de armas e pólvora, com o intuito de ajudar os nativos, chefiados por um velho amigo, a liderar um levante contra bandidos comandados por um tal de “General”.

Ao chegarem próximos do destino, um dos tripulantes revela-se estar a serviço do “General”, mata o outro marinheiro e foge para avisá-lo. Antes de ser capturado, no entanto, Jim consegue esconder a carga. Embora torturado, ele se recusa a informar sua localização, surpreendendo Cornelius, agente da empresa de Stein, mas que de fato obedece às ordens do “General”. Naquela noite, uma garota lidera o resgate de Jim.

Com a ajuda dos nativos, e assistido por Waris, o filho do chefe, Jim distribui as armas e planeja um ataque ao reduto do General. Depois de uma luta sangrenta, ele dá um golpe fatal contra o inimigo, ao empurrar um barril de pólvora contra o local onde o General se encontra, salvando-se apenas Cornelius, escondido em uma sala subterrânea com tudo o que o General havia saqueado. Jim é saudado como um herói e os nativos lhe concedem o título de “Tuan”, que a jovem o traduz como “Lorde”.

Enquanto ele se contenta em morar em Patusan com a garota, Cornelius e Schomberg, recrutam o impiedoso assassino, Sr. Brown, juntamente com seus homens, para roubarem o tesouro. No entanto, eles são detectados e encurralados. Brown se oferece para sair pacificamente, mas ninguém, com uma exceção, confia nele. Jim, no entanto, insiste em que eles possam ir, chegando a oferecer sua própria vida como garantia para o caso de alguém ser morto. No entanto, sob a cobertura de uma forte neblina, Brown e seus homens fazem uma última tentativa em busca do tesouro, matando uma sentinela e ferindo mortalmente Waris, antes que este e Jim pudessem reagir.

Diante dessa situação, Stein suplica ao seu velho amigo para poupar Jim, com o que ele concorda, desde que ele deixe Patusan antes do final daquele dia. Jim, no entanto, se recusa a desertar, apesar da insistência do amigo. Em plena luz do dia, enquanto as pessoas se enfileiram para a procissão do funeral de Waris, ele caminha até o Chefe, engatilha seu rifle e o entrega, aguardando seu destino. No final, os corpos de Jim e Waris são cremados juntos.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Richard Brooks, a partir de um roteiro por ele escrito, “Lorde Jim” é um ótimo filme anglo-americano produzido pelas empresas Columbia British Productions e Keep Films em 1965. Sua trama, baseada num romance de Joseph Conrad, é marcada por muita aventura, contando com todos os ingredientes do gênero: ambiente exótico, personagens antagônicos, morte e ação.

Na direção, Brooks realiza um ótimo trabalho, no que é ajudado pela excelente fotografia de Freddie Young, indicada ao Prêmio de Melhor Fotografia Britânica. Por outro lado, embora não tenha sido premiado, Peter O'Toole está simplesmente fascinante no papel principal, seguido pelas boas atuações de Eli Wallach, Paul Lukas, Curd Jürgens, James Mason e Akim Tamiroff.

CAA