Filmes por gênero

O IMPORTANTE É AMAR (1975)

L'important c'est d'aimer
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: L'importante è amare (Itália)
That most important thing: Love (Estados Unidos)
Lo importante es amar (Espanha, Peru)
Nachtblende (Alemanha)
Najwazniejsze to kochac (Polônia)
A szeretet a legfontosabb (Hungria)
Tärkeää... on rakastaa (Finlândia)
Vigtigst er at elske (Dinamarca)
Главное - любить (União Soviética)
Pais: França, Itália, Alemanha
Gênero: Drama, Romance
Direção: Andrzej Zulawski
Roteiro: Christopher Frank, Andrzej Zulawski
Produção: Albina du Boisrouvray, Léo L. Fuchs
Design Produção: Jean-Pierre Kohut-Svelko
Música Original: Georges Delerue
Fotografia: Ricardo Aronovich
Edição: Christiane Lack
Figurino: Catherine Leterrier
Maquiagem: Didier Lavergne, Massimo De Rossi
Efeitos Sonoros: Jacques Gérardot, Daniel Couteau, Maurice Laumain, Jean Nény
Nota: 8.6
Filme Assistido em: 1976

Elenco

Romy Schneider Nadine Chevalier
Fabio Testi Servais Mont
Jacques Dutronc Jacques Chevalier
Claude Dauphin Mazelli
Roger Blin Pai de Servais
Gabrielle Doulcet Madame Mazelli
Michel Robin Raymond Lapade
Guy Mairesse Laurent Messala
Katia Tchenko Myriam, uma prostituta
Nicoletta Machiavelli Luce, esposa de Lapade
Klaus Kinski Karl-Heinz Zimmer
Paul Bisciglia Assistente de direção
Henri Coutet Pai de Jacques
Andrée Tainsy Mãe de Jacques
Jacques Boudet Robert Beninge
Robert Dadiès Médico no hospital / Ator no teatro
Georges-Fréderic Dehlen Ator no teatro
Jack Jourdain Victor
Claude Legros Manuel Rosenthal
Kira Potonie Mulher de Messala
Nadia Vasil A realizadora
Sin May Zao A vietnamita
Gérard Zimmermann Léonard

Prêmios

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Atriz (Romy Schneider)

Festival Internacional de Cinema de Taormina, Itália

Prêmio de Melhor Atriz (Romy Schneider)

Indicações

Prêmios César - Academia das Artes do Cinema, França

César de Melhor Design de Produção (Jean-Pierre Kohut-Svelko)

César de Melhor Edição (Christiane Lack)

Festival Internacional de Cinema de Taormina, Itália

Prêmio Golden Charybdis (Andrzej Zulawski)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Servais Mont, um repórter fotográfico, conhece uma jovem atriz que, para sobreviver, participa de filmes pornográficos. Nesse primeiro encontro, não há clima suficiente para criar um vínculo real entre eles. Afinal de contas, ela também tem um apego profundo por seu marido, Jacques, um palhaço triste que vive em um mundo interior, cuja fantasia esconde muito sofrimento.
 
Para ajudar a jovem, Servais patrocina uma peça, na qual ela desempenha o papel principal e, para obter os recursos necessários, ele se torna amigo de Mazelli, um chantagista que o faz tirar fotos muito especiais. No entanto, a peça é um fracasso. Nadine, ao perceber os verdadeiros motivos que o levaram a procurá-la, se oferece a ele, que, no entanto a rejeita. 
 
Por outro lado, Jacques tenta reagir contra o desespero que o prejudica, mas temendo que o amor de Nadine seja, na realidade, piedade, ele comete suicídio. Sua morte parece separar Nadine e Servais. Infelizmente, ele agora se recusa a se curvar às exigências de Mazelli, mas o chantagista se vinga ao corrigi-lo severamente, e é para um homem ferido e doente que Nadine, finalmente, consegue exprimir seu amor.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Andrzej Zulawski, a partir de um roteiro por ele escrito, juntamente com Christopher Frank, "O Importante é Amar" é um filme baseado em um romance de Christopher intitulado "A Noite Americana".
 
Na direção. Zulawski realiza um excelente trabalho ao procurar fazer com que as emoções de seus personagens fluam de forma bastante intensa, no que é ajudado pela boa fotografia de Ricardo Aronovich e pela excelente música de Georges Delerue. No elenco, Romy Schneider brilha em um de seus papéis mais marcantes, seguida pela boa atuação de Fabio Testi.
 
CAA